segunda-feira, junho 29, 2009

UMA EQUIPA FANTÁSTICA

«Foto BLOG DO LEIXÕES
Javier Palazon, José Maria Mas,Américo Rui e Mário Gonçalves: o quarteto fantástico leixonense de bilhar às três tabelas. Nós somos campeões!

sábado, junho 27, 2009

NELO, PERDÃO, MANUEL

Nelo Vingada rendeu Manuel Cajuda e confessou-se surpreendido com a presença de tantos jornalistas na sua apresentação. Jornalistas e adeptos, acrescente-se, pois em Guimarães o conceito de conferência de Imprensa é lato, na linha da velha escolha pintadacostiana. É o que resta da tradicional ligação para além de Vímara Peres... Pois bem, Nelo Vingada parece ter convencido os adeptos embora tenha confundido alguns jornalistas, que viram no seu discurso alguma falta de ambição. Não me pareceu. Pelo contrário, ao recordar os títulos conquistados por Belenenses, Boavista e Wolfsburgo, o novo treinador vitoriano manteve aberta a possibilidade de lutar pelo título. Difícil, sim, mas não impossível, como o prova a história. Que é o que Nelo quer fazer nesta sua aposta em Guimarães. Uma aposta alta quer para si quer para os homens que o acompanham nesta foto (Emílio Macedo e Paulo Pereira), se bem que um deles seja um especialista nas mesmas na sua qualidade de excêntrico.

SAQUE DE BANDA

« um contributo de PEDRO COELHO

JJ IN LINE

Como estou numa de picar o ponto antes de mergulhar de novo no Portugal medieval, não posso deixar também de sublinhar a grande revelação de Jorge Jesus naquela entrevista ao jornal da terra queimada:
- O homem tem, lá em casa, duas televisões uma ao lado da outra.

Segundo explicou, uma está sempre a dar futebol. A outra passa genéricos.

Agora, digo eu, vai precisar de uma terceira para o canal Benfica. O José Carlos Soares não se importa de ficar entalado entre um jogo da III Divisão do campeonato brasileiro e os Morangos com Açúcar. Penso que até agradece.

TÓ OLIVEIRINHA


Desculpem qualquer coisa mas a minha vida académica, tal como a do António Oliveira, não me tem deixado muito espaço, para além do facto de estar a acabar um trabalho para a NASA. Mas tenho mesmo de assinalar a surpreendente entrevista precisamente de António Oliveira, ex-seleccionador nacional, à "Sábado", que acabei de sorver na mesa da minha cozinha, comendo uma salada de frutas enlatada que comprei no talho e fumando um "Davidoff" que ainda me está a atrapalhar enquanto bato no teclado.


Dessa entrevista destaco uma frase:


"Ainda tenho esperança de ver o Rui Cartaxana e o Emídio Rangel também no Diário de Notícias"


O resto, se quiserem, podem ler se comprarem a revista, onde Oliveira se confirma como um dos poucos "adiantados mentais" do nosso futebol.

segunda-feira, junho 22, 2009

A PROPÓSITO DE UMA GOLPADA

Insistem comigo para comentar a história de hoje de A BOLA, assinada por José Manuel Delgado, a propósito de uma assalto ao Benfica que estava a ser preparado por espanhóis tendo como testa de ferra José Eduardo Moniz. Não sei qual é o problema. Ninguém pensou que o Benfica ira vender a sua alma aos chineses quando se falou que estes estavam interessados em investir na SAD, um processo que acabou com uma multa aplicada pela CMVM, mais uma para o historial da SAD benfiquista. Como todos devem ter percebido, Luís Filipe Vieira não engana ninguém e paga as suas promessas. Com ele, e com os seus avales, o Benfica continuará a caminhar alegremente na ilusão de que poderá viver eternamente dos créditos do passado. O grande problema é quando a palavra passado foi substituída por passivo. Penso eu de que e não me chamo Jorge Nuno Pinto de Sousa, o tal amigo que continua a pagar as quotas aos associados portista Luís Filipe Vieira.

NEREIDA


Nereida, capa da última "Interviú", avisa as miúdas de Madrid: "Tremam!" Ele lá sabe do que está a falar.

sábado, junho 20, 2009

FACTOR Q

Não há José Eduardo Moniz mas há Carlos Quaresma.
LFV que se cuide pois este homem tem atrás de si grandes reforços.

sexta-feira, junho 19, 2009

ERA MUITA FUTRE

Foi este homem que realmente fez José Eduardo Moniz recuar na intenção de se candidatar à presidência do Benfica. É nestas alturas, sobretudo, que tenho saudades do Blog da Bola...

quinta-feira, junho 18, 2009

NADA DE NOVO NA PARVALHEIRA


O mercado está ao rubro enquanto Sócrates, surpreendentemente, baixa a crista.
Cissokho volta à ordem do dia porque, ao que parece, alguém deu com a língua nos dentes.
José Eduardo Moniz pondera candidatar-se à presidência do Benfica e ameaça os milhões que Vieira ali atravessou.
O Sporting prepara mais uma "chilena".
Rui Alves está em Itália a fazer subir o preço de Nenê.
Carlos Pereira não fica a chorar pois também vai vender um jogador ao FC Porto, o filho do antigo benfiquista Abel Campos.
Beto lá acabou mesmo por ir para o FC Porto e aposto que o Rui Santos sorriu quando ouviu esta notícia.
Em Guimarães é intenso o tráfego e Cajuda mais uma vez falou de mais.
No Sp. Braga, chegou a hora de facturar e Domingos inesperadamente deixou de ser O Treinador. A vingada serve-se fria.
Os restantes rezam apenas para que a Liga aprove os pressupostos.
Ah, claro, Bruno Carvalho inaugurou uma nova ponte área Porto-Lisboa a bordo do "Aigle One". Objectivo: entrar para o Guinesse na condição de proto-candidato com mais ideias parvas por dia.

EAGLE ONE ON AIR

domingo, junho 14, 2009

5 ESTRELAS

A melhor manchete sobre o romance do momento. Perdão, disse romance...

MAIS UMA PÉROLA LEONINA

Tem 19 anos, é natural de Peniche, joga com a camisola 10 e dá pelo nome de Diogo Rosado. Vi-o jogar sábado, no Olival, e fiquei esclarecido. Cá está um médio de ataque de alto valor calórico e com 1,85 metros de altura. Dois pés que não enganam, visão de jogo, dribling inato... Pode ter sido um jogo excepcional aquele que fez perante o FC Porto mas algo me diz que o Sporting tem aqui mais uma pérola em estado puro.

sábado, junho 13, 2009

RONALDO SÍMBOLO DA CULTURA LUSA


Como muito bem recordou recentemente Almiro Ferreira, o meu jornalista preferido do JN e da Gandra-Herzegovina, Ferguson disse um dia que à mafia de Madrid não vendia sequer um vírus. Pois bem, o Manchester United acaba de vender o madeirense Cristiano Ronaldo por 94 milhões de euros e nesse entretanto o pessoal tem-se preocupado em fazer contas: quanto vale CR 7 em ouro, quantos Ferraris se podiam comprar com esse dinheiro, quantas criancinhas de Etiópia se podiam alimentar... Ao que eu posso acrescentar, como resultado de uma conversa com um responsável por uma OMG, que um simples euro pode pagar a educação de uma africano durante três dias, o que me deixa abismado pois pago todos os meses 500 euros pelo colégio da minha filha depois de ter desistido do ensino público ao fim de 9 professores em dois anos de escolaridade no 1.º ciclo. Sobre este negócio há dois pensamentos mais comuns: uns consideram que é uma barbaridade de dinheiro em tempo de crise; outros dizem que o negócio do futebol é assim mesmo e que as emoções não têm preço (o último que vi a defender esta tese foi Josep Blatter, o vetusto presidente da FIFA).

Eu sei que não querem saber a minha opinião para nada e se querem é para depois puderam destilar veneno na caixa de comentários.

Mesmo assim, arrisco.

O último livro que li foi "A Primeira Aldeia Global", de Martin Page. Um livro sobre a gesta dos portugueses ao longo da história. Confesso que houve partes em que me vieram as lágrimas aos olhos. Não sei o que fizeram a Page durante os oito anos em que viveu em Portugal, os últimos da sua vida, mas deve ter sido coisa boa para que não tenha dúvidas em nos colocar como uma espécie de super-homens da História do Mundo. Só mesmo lendo o livro é que conseguem perceber a dimensão disto.

Por isso, quando vejo Cristiano Ronaldo a rebentar com a escala das transferências e a correr para Los Angeles para ser papado pela Paris Hilton, puxo um Davidoff Gold, olho para as estrelas, deixo-me envolver pelas primeiras brisas de Verão e concordo com Page. Nós portugueses, que colocamos a Madeira a arder durante dois anos quando a quisemos povoar, somos verdadeiramente surpreendentes.

Eu como português revejo-me em Cristiano Ronaldo, no menino madeirense que veio com uma mala de cartão para Lisboa e que se fez craque no Sporting. No craque que zarpou para Manchester e aí ganhou tudo o que tinha para ganhar - inclusivé a confiança do intratável senhor Ferguson.

Mas não gosto só do Ronaldo. Também gosto da mãe do Ronaldo, do padastro, das irmãs, do cunhado e de toda a comandita que o rodeia.

Também gosto do Jorge Mendes, que acaba de ganhar seis milhões de euros com a transferência, e que há pouco mais de dez anos era apenas o dono de um clube vídeo e de uma discoteca em Viana do Castelo.

Eu sei que pode não ser muito politicamente correcto estar aqui a patrocinar esta "obscenidade" que começa no valor do negócio e acaba nos entrefolhos da menina Hilton.

Ok, não importa.

É por causas de histórias como a de Ronaldo que percebemos como é possível que "arigato" seja uma corruptela do nosso "obrigado". Sim, porque quando a Europa descobriu o Japão já lá estavam há muito tempo os portugueses e já se comia tempura, um dos poucos comestíveis pratos da comida nipónica de influência...portuguesa!

Esta notoriedade de Cristiano Ronaldo é histórica. Curiosamente, só os portugueses parecem continuar a não percebê-la. Mais uma vez.

sexta-feira, junho 12, 2009

JESUS DE BENFICA


6 razões que justificam a contratação de Jorge Jesus como treinador do Benfica:



- Nunca se deve menosprezar um treinador que se chama Jesus e que tem um adjunto chamado Quaresma.


- Finalmente o Benfica terá alguém capaz de dar mais pontapés na gramática que Luís Filipe Vieira.


- O Benfica de certa forma junta-se às comemorações do Cristo-Rei.


- Preço das casas na urbanização Marisol contraria tendência em baixa do mercado imobiliário.


- O Benfica deixa de ser um cemitério de treinadores e quando muito este que chega carregará apenas a sua cruz.
- A Rádio Renascença passa a poder justificar todas as emissões alargadas das 22.30 horas mesmo se coincidiram com o dia 13 de Maio.


PS - Hoje registei mais uma mensagem subliminar de Jesualdo Ferreira dirigida a Jorge Jesus, depois de ter dito que esperava mais do Sp. Braga na época transacta:
"Algum do dinheiro que tenho nos bancos não desapareceu..." (in "Visão")

COISAS REALMENTE COMPLICADAS

Para aqueles que acham complicado o futebol sobretudo nesta época aconselho que acompanhem a defesa da tese de doutoramento sobre "SEMÂNTICA ASPECTUAL E NOMINAL CONTRIBUTO DAS EXPRESSÕES NOMINAIS PARA A CONSTRUÇÃO ASPECTUAL DAS FRASES", marcada para a próxima semana, na FLUP.

Depois disto, qualquer conferência de Imprensa de Jorge Jesus é um exemplo de clareza semântico-semiótica.

ESTEJAM ATENTOS

Classificações

Terminou oficialmente a época em Portugal com a realização da Final da Taça de Portugal que foi bem arbitrada pela equipa de arbitragem da A.F. Porto, chefiada pelo árbitro internacional Paulo Costa.
Agora todos os árbitros portugueses, aguardam a divulgação das suas respectivas classificações da época.
Uma vez mais, as classificações finais vão ser divulgadas, sendo em seguida homologadas também pela Federação Portuguesa de Futebol.
É um assunto que não interessa aos outros intervenientes do espectáculo e do produto futebol, esquecendo-se que o acto de classificar com rigor e transparência, vai moralizar o sector pragmático da arbitragem e posicionar nos lugares cimeiros da classificação os melhores árbitros.
Não há competição desportiva oficial que dispense uma equipa de arbitragem.
É ela que faz respeitar as regras do jogo e oficializa os resultados.
Colocados acima dos competidores, os árbitros apresentam-se sozinhos perante todos os outros intervenientes do acto desportivo e são frequentemente alvo de jogo cruzado de criticas e denúncias que não dignificam a prática desportiva.
Porque os árbitros são indispensáveis em qualquer competição, há que considerar a sua presença e actividade nos recintos desportivos com o mesmo rigor e objectividade que se exige nos seus julgamentos.
É indispensável transformar a maneira de “ver” o árbitro.
Transformar é sempre um processo lento de etapas sucessivas que também tem de começar pela elaboração de uma imagem diferente daquela que tem ficado nas classificações dos árbitros. Há que ter a convicção de que se pode fazer muitíssimo mais a favor da arbitragem e do sistema de classificações dos árbitros do que se tem feito até hoje.

Aproveito para desejar a todos os leitores Boas Férias.

quinta-feira, junho 11, 2009

MEUS AMIGOS, VEJAM ATÉ AO FIM



Só um cheirinho. Este homem quer integrar Cabo Verde na Europa e escreveu um livro no qual descobriu um código do codigo de Dan Brown, afirmando que ali se fala de Porto do Graal.

quarta-feira, junho 10, 2009

SANHUDICES FATAIS

AS CONVERSAS QUE TRAMARAM O VIZELA
Antes do jogo. Sanhudo conversa com Benjamin Castro dirigente do Vizela:
BC – Posso estar à vontade para domingo?
PS – Então não podes porquê?
BC – Eu é que estou a perguntar...
(...)
PS – Podes, podes (...) dorme descansado.
BC – (...) Depois a gente conversa; tá bem?


Depois do Fafe-Vizela:



BC – (...) os gajos de Fafe (...) três penalties (...)
PS – (...) até reclamaram quatro.
BC – (...) o árbitro esteve muito mal; três penalties, não marca nenhum...
PS – (...) Puta que o pariu!
(…)
PS – (...) há ali aquele lance; quando a bola bateu no braço; a primeira vez bate no braço (...) mas a segunda vez (...) eu ia marcar falta; ó pá, mas quando olho para os pés dele, ele está aí um palmo dentro da grande área (...) eu vi, ó pá, mas os gajos a foderem-me a cabeça atrás — penalty!, penalty!, penalty! — (...) e eu levo o apito à boca (...) e vejo o jogador dentro da área. Foda-se! Esta merda é casual também! (...) Não marquei nada (...) e depois tive que fazer aquele filme todo (...) os vossos jogadores também estavam a abusar um bocadito (...)
BC – Ah! Mas aquele segundo amarelo (...)
PS – Ó pá, não sabia que ele tinha amarelo.
(…)
PS – (...) senão aquela merda ainda ficava mais incendiada.
(…)
PS – (...) houve uma vez que eles puseram-se em frente dos jogadores e ele chutou contra eles e a bola saiu pela linha lateral e eu até mandei fazer o lançamento (...)
digo eu, já não é livre; é lançamento, foda-se; você não tinha nada que chutar a bola (...) e eu tinha que cravar cartão amarelo ao vosso jogador.
(...)
PS – Eu era, eu era para dizer ao vosso xerife a ver se havia possibilidades de aí, o, se algum está ligado à construção ou a alguma coisa de hotelaria, que era para ver se ajudava aqui o núcleo com alguma coisita (...)
BC – (...) que é preciso para hotelaria?
PS – (...) precisava de um data show mas isso é caro.
BC – O quê?
PS – Um retroprojector (...) uma arca refrigeradora (...) também é um bocadito puxado (...) pedi um orçamento (...)
BC – (...) E construção civil o quê?
PS – (...) já arranjei quase tudo (...) agora o lamparquet (...) não, o flutuante (...) fica-me por 1400 contos equipar o auditório (...) agora eu digo assim, vou ligar ao Castro a ver se há lá, se algum director tem alguma, alguma empresa disso, ou de informática (…)
BC – Não, não tenho (...)
PS – Eu tenho que me desenrascar noutro lado; tenho que foder algum (...) senão esta merda está-me a arder na carteira (...)
BC – Depois conversamos sobre isso, está bem?


À conversa com um tal Miranda:


M – Eu soube que andou para aí um árbitro a foder o Fafe (...) que puta de ladroagem que aquilo foi (…) foi um gajo de Fafe que é meu amigo (...) que foi ver o jogo (...) e diz ele ó pá, se visse aquela merda, o gajo roubou... Mas ele não sabia que tinhas sido tu...
(...)
M – ... o gajo roubou o Fafe; ele devia estar bem comprado. E eu disse, ai os árbitros vendem-se? (...) estava a gozá-lo. Diz ele: (...) você havia de ver o jogo, penalty, o gajo ali dentro da área, derrubado, e o gajo siga, não é nada (...) pequenas faltas contra o Fafe marcava tudo.
(...) PS – Mas saí de lá em beleza; em beleza!
Pedro Sanhudo já não anda por cá e dificilmente irá explicar estas conversas em tribunal. Aliás, no que respeita ao Gondomar manteve o silêncio durante o julgamento do processo originário. O industrial da panificação de S. Salvador do Monte, especialista em pão de Padronelo, é uma figura simpática e em "off" explicou-me algumas coisas. O seu argumento principal é que apenas pedia coisas para equipar o Núcleo de Árbitros do Baixo Tâmega, com sede no Marco de Canaveses. Note-se que Sanhudo esteve uma época na 1.ª categoria nacional, tendo um dos árbitros apadrinhados por Avelino Ferreira Torres enquanto este foi presidente do Conselho de Arbitragem da A. F. Porto. Outro dos árbitros que também caiu no goto de Avelino foi, curiosamente, Rui Mendes, o homem que espoletou, com uma denúncia no MP, todo este processo...

terça-feira, junho 09, 2009

UPS, MAIS APITO DOURADO?!

Para os leitores de BnA a notícia das despromoções, por corrupção desportiva, de Gondomar e Vizela não foi uma surpresa.
Sinceramente, nos últimos dias comecei a acreditar que o Vizela ia só perder 3 pontos mas a CD da Liga não teve contemplações e interpretou as escutas entre o então chefe do departamento de futebol do Vizela e o árbitro Pedro Sanhudo como um "contrato" que acabou por ser consumado, a que se acrescentaram as queixas do adversário dos vizelenses, o Fafe, relativamente a três penalties que terão ficado por marcar contra o Vizela, nessa época um dos candidatos à subida.
Este processo ainda está para julgamento no tribunal de Gondomar, incluído num pacote de casos em que Pedro Sanhudo é o protagonista. O julgamento ainda não foi marcado pois o padeiro de Salvador do Monte foi para Angola trabalhar...
Quanto aos casos do Gondomar, já foram decididos no julgamento do processo originário. A CD da Liga foi apenas um pouco mais longe que o colectivo presidido por António Carneiro da Silva nas condenações que, no fundo, já vieram formatadas pelo Conselho de Disciplina da FPF.
Para quem diz que o Apito Dourado foi uma montanha que pariu um rato, começa a ser cada vez mais difícil falar do rato.
Vejamos as consequências:
- Condenações no tribunal de Gondomar a Valentim Loureiro, José Luís Oliveira e uma série de árbitros, a que se seguiram as respectivas penalizações desportivas, com a excepção do actual presidente da mesa da assembleia geral da Liga, que ainda recentemente vimos a cumprimentar energicamente Pinto da Costa na tribuna de honra do Jamor.
- Martins dos Santos e António Henriques condenados, em Gondomar, por corrupção desportiva, num caso relativo a um Marítimo-Nacional, ao qual o Marítimo só escapou porque Henriques na altura não era dirigente e não tinha quotas na SAD. O mesmo Henriques e Azevedo Duarte, antigo membro do Conselho de Arbitragem da FPF, condenados no tribunal de Santa Cruz.
- Boavista despromovido e com processo relativo ao jogo Boavista-Estrela ainda para julgamento.
- FC Porto duplamente condenado pela CD com a subtracção de 6 pontos por tentativa de corrupção. O caso FCP-Estrela morreu na instrução, o caso Beira-Mar-FC Porto faleceu em sede de julgamento mas ainda está em recurso.
- Uma série de árbitros suspensos pela CD da FPF.
- Um mega processo de adulteração das classificações dos árbitros para julgamento na Boa Hora, com Pinto de Sousa à cabeça.

Ok, eram 81 certidões e muita coisa ficou pelo caminho. A PJ e o MP pescaram com rede larga e muito peixe fugiu. No entanto, a pescaria ainda deu alguns resultados. E não fica por aqui.

sábado, junho 06, 2009

BETTENCOURT e companhia

Não sei se repararam mas os três maiores maiores portugueses a seguir ao Automóvel Clube de Portugal têm presidentes com os famosos 'trinome' romanos: Jorge Nuno Pinto da Costa, no FC Porto, Luís Filipe Vieira, no Benfica, e José Eduardo Bettencourt, no Sporting. Recorde-se que Luís Filipe Vieira quando era presidente do Alverca era conhecido apenas por Luís Filipe. Não são casos únicos - temos José Eduardo Simões, na Académica, por exemplo - mas trata-se de uma amostra significativa. Com a particularidade de o novo presidente do Sporting tem um apelido fino, com dois "tt" lá no meio. O clube dos Viscondes tem de marcar sempre a sua linhagem. Na foto que o Record escolheu para a sua capa de hoje vemos também três homens em euforia. Aquele de que já se falou, Ernerto Ferreira da Silva e Eugénio Dias Ferreira. Ninguém diria, há um mês, que o conhecido paineleiro se juntaria nesta foto triunfal, ele que acabou por se contentar com um lugar na presidência da mesa da assembleia geral. O Sporting segue, por isso, numa fase consensual e embalado por esta onda pretensamente renovadora. É um sinal de vitalidade mas suspeito que vamos ter apenas mais do mesmo. Vale que um ex-inspector da PJ parece estar atento...

sexta-feira, junho 05, 2009

A TERTÚLIA LEIXONENSE DECIDIU...

Alguns dos jornalistas que esta época acompanharam o dia a dia do Leixões encerraram a época com um almoço no restaurante "Ondas sobre o mar", tendo como mote um grande tacho de caldeirada e um mais pequeno de pica no chão. Sob a presidência de Paulo Montes, que a meio do almoço teve de mudar de camisa, e inspirados pela figura afrodisíaca e mágica de Cristina Aguiar, os presentes acompanharam o carrinho de sobremesas com a eleição dos mais e menos da época. Cá fica o registo para memória futura.

JOGADOR DO ANO - Roberto Sousa (não foi por unanimidade).
PIOR JOGADOR DO ANO - Chumbinho (por unanimidade).
REVELAÇÃO DO ANO - Braga.
MELHOR GOLO - Zé Manel na Trofa.
PRÉMIO AFRODITE - Cristina Aguiar (por unanimidade).
MAIS SIMPÁTICO - Diogo Valente.
MAIS VAIDOSO - Beto.
METROSSEXUAL - Vasco Fernandes.
PROMESSA - Patrão.
ANTIPÁTICO - Rui Silva.
DIRIGENTE - Vítor Oliveira.
PRÉMIO DESINFORMAÇÃO - Sérgio Teixeira.
PRÉMIO TEMPO EXTRA - Hugo Morais.
PRÉMIO EM ATRASO - Carlos Oliveira.

PC NA NET


Pinto da Costa a dar a voz no remodelada site do FC Porto. Como a placa de som do meu computador se finou há algumas semanas e não sei ler os lábios, fica o convite para quem está tecnologicamente apto a dar um salto a http://www.fcporto.pt/ para depois me contar qualquer coisa... Se virem por lá o Labaredas, avisem, pois a época de fogos está quase a abrir e sou bombeiro voluntário, como já devem ter percebido.

UM TRIO DE DOIS

Mais uma do JOSÉ LIMA

AS EUROPEIAS


Domingo há eleições.
Os indígenas da "República Estúpida" de que falava António Sérgio, ou do "país de brutos", citado por Rodrigo alguns anos antes, vão escolher os seus deputados europeus. Mais uma vez PS e PSD disputam a vitória, enquanto Bloco de Esquerda, PCP e CDS correm por fora. As televisões têm-nos bombardeado com imagens desta triste campanha de feiras, tascas e comícios em cenário apoteótico. Para quem gosta de folclore, é algo de aceitável.
Até ontem não sabia em quem votar mas o "Expresso" ajudou-me ao sair hoje por causa de uma sondagem que dá a vitória ao PS, embora por margem mínima. Na página 13 deste semanário fiquei a saber que tenho 8 opções, reparem bem: 8!!!!!!
- Eduardo Correia, líder do Movimento Mérito e Sociedade (MMS).
- Carmelinda Pereira, do POUS.
- Quartin Graça, do MPT.
- Orlando Alves, do PCTP/MRPP.
- Laurinda Alves, do MEP.
- Manuel Magno, do Partido Humanista.
- Humberto Oliveira, do PNR.
- Frederico Carvalho, do PPM.

Felizmente, Carvalho está convencido que não vamos ter um rei, Oliveira faz suas as palavras de Nuno Melo, Magno reconhece a derrota ao afirmar que a grandeza nãos e vê nos números, Laurinda promete andar de moto até ser velhinha, Alves quer virar à esquerda a Europa, Carmelinda diz que os trabalhos são a salvação da economia, Graça está indignado com o IVA das fraldas para incontinentes quando comparado com as fraldas dos bebés e Correia quer que a CP permita que os passageiros viajem com as suas bicicletas.

Digam lá se estes candidatos não são muitos mais interessantes.

quinta-feira, junho 04, 2009

AQUI HOUVE GATO

Ver em: http://www.lavanguardia.es/deportes/noticias/20090604/53716785752/la-policia-investiga-los-fichajes-de-baia-y-dugarry.html

O FREGUÊS QUE SE SEGUE?


CIRCO DE VERÃO


Está visto que a obsessão de Pinto da Costa é o Benfica e que o Benfica continua a expor o flanco. O clube de Vieira & Costa não conseguiu guardar o segredo e o FC Porto pôs pés ao caminho e roubou-lhe Álvaro Pereira. Não tarda nada e vamos ter alguém do Benfica a afirmar que o clube nunca esteve interessado no jogador. Todos sabemos que estava e que mais uma vez foi ultrapassado na curva. Parece fácil. Não, é fácil.

Com LFV pela primeira vez apertado pela oposição, vamos ter um mês de fugas para a frente. O Benfica ameaça ser o rei das contratações enquanto Quique curte as praias da costa com a Orsi e Jorge Jesus hesita entre invadir também a sede do BPP ou começar a planear a nova época.

Mais uma vez o Benfica arranca para uma nova época envolvido nas trapalhadas que ele próprio criou. Como diria Artur Jorge, o circo está montado!

terça-feira, junho 02, 2009

UM BRUNO DO CARVALHO

Só mesmo o Benfica para ter como candidato à sua presidência o director do Porto Canal. Bruno Carvalho pode ter muitos defeitos e ser apenas uma espécie de candidato do queijo Limiano mas ninguém pode dizer que não tem coragem. Como ficou evidente no seu primeiro cartaz de camapanha, nada mais nada menos que a equipa do FC Porto a festejar o último título, com a subtil legenda com referência ao número de associado do FCP de LFV. Este Bruno pode não ter hipóteses mas lá que incomoda...

Mais BC aqui: http://www.brunocarvalhopresidente.com/

PRESS À PORTER




Boa sorte, Nuno.
Que não te faltem crises comunicacionais para gerir.
Podem encontrá-lo aqui:

UMA MANHÃ VELHA NO S.JOÃO NOVO


Carolina Salgado faltou hoje ao julgamento na qual é ao mesmo tempo arguida e assistente. Pinto da Costa, esse, esteve lá, com um sorriso nos lábios, sobretudo quando a equipa de empregadas de limpeza do tribunal de S. João Novo começou a cantarolar, baixinho, "Pinto da Costa, olé". O gang da Ribeira andava por perto, sob forte vigilância, e pouco depois apareceu o guarda Abel. O coletivo de juízes parecia um conjunto rock com as cabeleiras compridas e Pinto da Costa não se sentou no banco dos réus por ainda estar a ser discutida a sua constituição como arguida, situação que o presidente do colectivo entretanto decidiu, indeferindo o requerimento do advogado de PC, o inevitável Gil Moreira dos Santos, que poderá ainda recorrer. O coletivo fez uma espécie de audiência preliminar e marcou a primeira sessão para 7 de Julho. Então, sim, teremos a oportunidade de ver Carolina, Pinto da Costa, Paulo Lemos, Afonso Ribeiro (motorista de PC) e Nuno Santos sentados no banco dos réus. A não ser que a doença de Carolina, exilada em Cabeço de Vide, seja grave...

PS - Falta dizer que este processo não é um processo mas um pacote de processos. Pinto da Costa, Lourenço Pinto e Fernando Póvoas acusam Carolina de ter mandado incendiar os respectivos escritórios, Carolina acusa Pinto da Costa e o seu staff de agressão. No mesmo pacote irá decidido um eventual crime de falso testemunho de Carolina durante a instrução do processo relativo ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora.

ARBITRÊS

O Pedro Coelho garante que este relatório de um árbitro de 1.ª categoria é verídico:

"O jogador da equipa visitada, Micolli, desmandou-se em velocidade tentando desobstruir-se no intuito de desfeitear o guarda-redes visitante. Um adversário à ilharga procurou desisolá-lo, desacelerando-o com auxílio à utilização indevida dos membros superiores, o que conseguiu. O jogador Micolli procurou destravar-se com recurso a movimentos tendentes à prosecução de uma situação de desaperto mas o adversário não o desagarrava. Quando finalmente atingiu o desimpedimento desenlargando-se, destemperou-se e tentou tirar desforço, amandando-lhe o membro superior direito à zona do externo, felizmente desacertando-lhe. Derivado a esta atitude, demonstrei-lhe a cartolina correspectiva."

LIMPINHO

CLIQUE PARA AUMENTAR Parece que alguém ficou com dúvidas quanto ao golo de Lisandro na final da Taça. Estas imagens colhidas por JOSÉ LIMA limpam todas as dúvidas, confirmando a arbitragem de Paulo Costa, Bertino Miranda e João Santos como EXEMPLAR.

segunda-feira, junho 01, 2009

MANTA ROTA


Estes 18 milhões de euros de prejuízo da SAD do Benfica, em apenas nove meses, portanto à razão de 2 milhões de euros por mês, fazem-me lembrar os 18 milhões de contos da avaliação de Mantorras feita por Luís Filipe Vieira. Está mais que visto que o Camilo Lourenço pode perceber tanto de economia como eu de alheiras de Mirandela mas ninguém pode dizer que não está a acertar...

Por favor, não pisem os malmequeres!

  Ia escrever qualquer coisa sobre isto mas o João Freitas - um dos melhores jornalistas que conhece - tirou-me todas as palavras da boca. ...