sexta-feira, setembro 29, 2006

ACOSSADO


Num registo entre o miserabilismo e a inimputabilidade, Fernando Santos mostrou hoje, na conferência de imprensa habitual, que está longe de ser um treinador seguro no contacto com os media. Cada pergunta foi entendida como uma tentativa de agressão e cada resposta foi tudo menos um esclarecimento ou uma contra-argumentação. Santos encarnou o papel da fera ferida que está rodeada de caçadores.

Não é bom.

TUDO ISTO É FADO...

Pedro Mourão disse que nunca recebeu senhas de presença na qualidade de membro da Comissão Disciplinar da Liga. Vai-se a ver e até Dezembro de 2004, quando o Conselho Superior de Magistratura proibiu os juizes de receber retribuições estras, recebeu 4.788 euros de senhas de presença, num total de 11.239 euros relativos às senhas e a despesas efectuadas.
O mesmo senhor doutor juiz quando se transformou em presidente em exercício da CD promoveu quatro reuniões nas quais só ele próprio participou, para além do secretário da comissão.
Um matutino dá destaque hoje ao arquivamento do processo do major relativamente a suspeitas que envolviam também a empresa Metro do Porto, devido a um eventual favorecimento do empreiteiro Joaquim Camilo ao Boavista. Acontece que o processo foi arquivado há 4 meses e o próprio major falou desse arquivamento, numa conferência de imprensa realizada na Torre das Antas, onde a Metro tem a sua sede.
Mais grave ainda, a Lusa, que esteve presente nessa conferência, deu hoje eco à notícia matutina...

FINALMENTE


Acredite quem quiser. Está aberto o caminho para um novo ciclo do futebol português. Indeferida a providência cautelar de Rui Alves - que permitiu todo o folclore proporcionado por Leal Cunha, Mourão & Cebola -, Hermínio Loureiro tomará posse como presidente da Liga na próxima segunda-feira. Não sei muito mais mas aposto que o novo líder da Liga vai marcar bem a sua posição logo no discurso de tomada de posse, no qual poderá apresentar algumas ideias e projectos que desde logo farão tremer o famoso sistema. Pela primeira vez na sua história, o futebol profissional será comandado por alguém que vem de fora do sistema e isso na minha perspectiva é o melhor que lhe podia acontecer num momento em que o pior já aconteceu. Chegou a hora de acabar com as maçãs podres e, sobretudo, com a hipocrisia.

Acção!

Pobre país este onde vivemos

Desculpem qualquer coisinha mas já estou quase como o Prado Coelho, esparramando a minha vidinha neste espaço público de interesse privado. Quero falar outra vez do "sensacional" sistema escolar, ao nível do básico (palavra certa), que o Governo lançou este ano no jeito de programa piloto em alguns concelhos, onde as turmas passaram a ter aquilo a que designaram horário normal. A normalidade do serviço no fundo é isto mesmo: o ministério da Educação a passar a bola para a Câmara, a Câmara a devolvê-la ao ministério... Estive ontem à noite numa pequena sala de aulas apinhada de pais preocupados porque os seus filhos estão muito longe de ter a escola que merecem. Falo de Leça da Palmeira e da Câmara de Matosinhos, para que seja bem entendido. Fiquei a saber que aquela que é a escola modelo da freguesia não tem o sistema de gás inspeccionado e que um carro de bombeiros não pode dela aproximar-se em caso de incêndio. A milha filha, ainda com 5 anos, devia ter o seguinte horário: entrada às 9, almoço na escola entre o meio-dia e a 13.30, aulas dessa hora até às 15.30 e aulas de complemento escolar até às 17.30 horas, sendo essas aulas de educação física, artes plásticas, música e apoio ao estudo. Duas semanas depois do início das aulas, continuo a ter de ir buscar a garota para almoçar e fiquei a saber ontem que para a semana a miúda em vez de sair às 15.30 (uma hora bastante apropriada) vai sair à 3ª às 16.45 e às 4ª no chamado horário normal (17.30). Porque a Câmara ainda não colocou monitores e há uns barrotes perigosos nos contentores do parque público onde os miúdos vão almoçar, vou ter de continuar a deslocar-me mais duas vezes à escola para não deixar a Francisca morrer de fome. Se tudo isto não fosse grave, até teria alguma piada. Mas confesso que não achei graça nenhuma quando recebi esta semana a minha nota de pagamento do IRS e fiz contas ao dinheiro que o ano passado dei ao Estado português. Provavelmente, foi aplicado na contratação de uns tantos assessores para o vereador da Educação do meu concelho xuxialista. Ou na contratação de monitores muito incomodados pelo facto de este ano terem de dar apoio escolar...

quinta-feira, setembro 28, 2006

113

Pode não correr a mini-maratona de Lisboa (já lá vão quase 69 anos nas "pernas") mas está sempre presente. Às nove horitas lá estava JNPC para hastear a bandeira e assinalar o 113.º aniversário do FC Porto. Não é uma capicúcia como tanto gosta o presidente e com menos um era caso para alarme. Mas como no Dragão ninguém é supersticioso...

HOSPITAL CENTRAL

BnA teve acessos a documentos confidenciais que aqui revela em 5.ª mão a fundo:
SOKOTA - um calcanhar daqueles.
MICOLLI - nanotraumatologia minorca
MANTORRAS - joelho eusebiano
RUI COSTA - artitre
CARLOS MARTINS - birrite

quarta-feira, setembro 27, 2006

Seeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Se...
...o Ricardo Costa não tivesse jogado em Londres será que o FC Porto não perdia?
...o Adriano tivesse jogado no lugar do Postiga será que o FC Porto tinha ganho?
...fosse permitido a Jesualdo fumar será que o treinador teria estado mais inspirado que transpirado?
...o Pepe tivesse o penteado afro do Jô teria chegado à bola que Henry cabeceou para o primeiro do Arsenal?
... o Fernando Eurico, na sua primeira peça em Londres para a RDP, não tivesse cantado "Àrsenal, Àrsenal" será que a história seria outra?
...o FC Porto tivesse contratado o Hesselink vá negor não sei bem o quê seria hoje líder do seu grupo e Adriaanse continuava a ser um tipo algo excêntrico mas porreiro?
...o Pedro Emanuel estivesse no seu posto nada disto tinha acontecido.
...o Jorge Costa não continuasse a banhos na sua quinta de Penafiel queria ver o Henry a fazer tanta farinha

Se. Se. Se.

[desculpem, mas estou a ficar tonto]

Dia 2

Não foi propriamente muito auspicioso o "Dia 2" da Liga dos Campeões para os clubes portugueses. O Benfica parece que se contentou com o facto de ter equilibrado o jogo com o MU durante a primeira parte. O FC Porto recuou 20 anos no Emirates Stadium, evidenciando a inexperiência da maioria dos seus jogadores neste tipo de embate e mostrando que afinal quem tinha razão era Co Adriaanse. O Sporting, sobre a relva sintética, esteve menos mal, tendo conseguido pelo menos empatar o jogo com o colossal Spartak. Os leões somam 4 pontos, a que correspondem 900 mil euritos de bónus. Já dá para amortizar qualquer coisa. Aguarda-se pela prestação de Sporting de Braga (não vai ser fácil), Nacional (não será tão difícil assim) e Vitória de Setúbal (ainda há mialagres?).

Calisto (up date)


Henrique Calisto vai continuar pelo menos mais um ano no comando do Dong Tam Long Am, o bicampeão da V-League. O técnico está em Matosinhos a gozar merecidas férias e a matar saudades da terra que um dia terá a honra de tê-lo como PRESIDENTE DA CÂMARA. O mais difícil foi mesmo já ter sido PRESIDENTE DA JUNTA...

PS - Note-se que Calisto foi campeão outra vez a jogar em 3x5x2

mais um markl



Por estas e por outras é que a BLOGOSFERA tem tanta graça. Nuno Markl tem um blog dedicado a vandalismo nos seus anúncios aos cafés Delta e, obviamente, teria de acabar equipado à Leixões. Juntando-se assim à galeria de notáveis que torcem pelo 4.º grande, com Rodrigo Guedes de Carvalho à cabeça, ou não tivesse vestido a camisola do nosso GLORIOSO e centenário (sem ser a martelo) club.

terça-feira, setembro 26, 2006

FeLIPE FLOP


Por razões de imperativo profissional só vi o Arsenal-FC Porto. Um jogo que teve momentos confrangedores, tal a supremacia evidenciada pelos "gunners". Sendo o FC Porto uma equipa com a cultura táctica do pressing, por espantoso que possa parecer ontem recuou sempre que o seu adversário tinha a bola e não atacou o homem que a controlava. Uma atitude típica de um estreante na Champions que defronta um grande europeu no seu estádio. Para ajudar à "festa", Jesualdo entrou com dois defesas-esquerdos e foi precisamente por aí que o Arsenal entrou para ganhar o jogo. Quanto ao Benfica, é uma laranja já muito espremida e pouco mais havia a fazer perante um Manchester em bom momento. O problema não está em Fernando Santos mas sim na flagrante falta de qualidade do plantel, ao contrário do que tem sido vendido sobretudo pelo presidente dos encarnados.

HIP-POP

No parque de estacionamento da Casa da Música, no Porto, houve este fim de semana uma "rave" de hip-pop. A minha filha só tem 5 anos mas já curte a onda e até tem duas sessões semanais do estilo numa escola de dança de Matosinhos. É lá com ela. O que me surpreendeu na incursão à cave do quadrado imperfeito da rotunda foi o espectáculo dado por um puto magrinho com roupa de um tipo gordo como eu que encostou a boca ao microfone e debitou sons entre os gutural e o imperceptível, levando a galera ao delírio. Não desgostei. Retirei-me com a sensação de que estou a ficar velho e certo de que o tempo dos festivais de música nos prados onde pastam vaquinhas também já passou. Nada como um bom parque de estacionamento feito por um arquitecto holandês onde não se cobra para estacionar e onde podemos ficar com a sensação de que estamos algures entre a Lua e Marte, num asteróide perdido no espaço frequentado pelos homens e as mulheres do futuro. Os mesmos que já praticam uma nova linguagem que hoje pude descobrir no paredão da praia de Leça: "M. k te ama mt pk n pd viver 2?"

segunda-feira, setembro 25, 2006

Só visto!

UM INACREDITÁVEL PANEGÍRICO A LFV A ABRIR O ESFÉRICO DE HOJE, COMO ACABO DE VER NA NET. OS DEUSES DEVEM ESTAR LOUCOS.

GAZETA DOS DESPORTOS


Um tal Jorge A. Vasconcellos e Sá, que se intitula mestre Drucker School e PhD Columbia University (???????), surgiu no "Semanário Económico" a perorar sobre a "Gazeta dos Desportos", a minha primeira equipa no jornalismo. Lembrou ainda, como exemplo de uma estratégia falhada, que no cocktail de apresentação do jornal desportivo fundado em 1981 e extinto em Dezembro de 1995 foi dito que a 'Gazeta' iria disputar um a um os leitores de 'A Bola', então dona e senhora do mercado dos desportivos. É verdade que a 'Gazeta' fechou mas ainda durou uns anitos e tendo como concorrentes 'A Bola' de que aqui se falou, 'O Jogo' do cada vez mais poderoso Joaquim Oliveira e o "Record", que foi o jornal que, bem vistas as coisas, comprou a 'Gazeta' no início do Verão de 1994, quando este jornal tinha às quartas-feiras tiragens superiores a 200 mil exemplares. A direcção do jornal que custou ao sr. Berardo cerca de 400 mil contos foi entregue ao ilustre e badalado escritor sempre emergente de seu nome Francisco José Viegas, que ali apareceu com a sua comandita de frequentadores do "Snob". Em menos de um ano estes senhores com grande saída nos meios jornalísticos e culturais deram cabo do que muitos andaram a tentaram construir durante 13 anos. Fica reposta a verdade porque uma mentira repetida muitas vezes pode ser perigosa e ainda há muitos sobreviventes desse pseudo desastre que é atirar um barco contra o único icebergue num raio de 200 quilómetros num dia de sol radiante...

NOVIDADES NA BLOGOSFERA

Dois blogues altamente recomendáveis
oleaodaestrela.blogspot.com
e
diariodeumquiosque.blogspot.com

O primeiro é de um sportinguista a sério e de um jornalista que sabe usar a sua ferramenta (o que é raro). O segundo não sei de quem é mas é bem capaz de ser mais fiável a medir audiências e vendas de jornais e revistas que qualquer sondagem da Marktest ou auditoria da APCT

domingo, setembro 24, 2006

LFV tem concorrência

Reparem no estilo.

Na determinação.

No controlo.

Até tem apelido de craque.

E nome de treinador.

Carlos Quaresma, da Suécia para
os postes de iluminação da Luz.

Vieira vai ter concorrência.

E não é para os apanhados...

É o Benfica no seu melhor

5 apontamentos

O Sporting venceu nas Aves com um golo de Alecsandro, o gordo. Os leões ainda se assustaram com uma bola no poste mas, conforme rezam as crónicas do reino, de resto teve a situação sob controlo. Ou não fosse este um jogo entre a selecção das Maldivas e a selecção do Japão.

O FC Porto soma e segue no campeonato. Diga-se o que se disser, Anderson está a ser o motor da equipa. Segurança defensiva (sobretudo entre os postes), imensas soluções no miolo e alas bem abertas dão para disfarçar alguma insuficência no eixo central do ataque. Um mal quase geral.

O Benfica está condenado a correr atrás do prejuízo. Não é uma forma boa de começar sobretudo quando o campeão arranca forte e o leão também faz por isso. A desvantagem psicológica de ter um jogo a menos deveria ser anulada rapidamente e não nas calendas gregas...

Pois é, o célebre processo disciplinar do juiz Mourão vai acabar na gaveta. Marítimo e U. Leiria contestaram-no dentro do prazo e a Comissão Disciplinar da Liga tem competência para instaurar processos mas não tem para analisar contestações. Não deixou, porém, de ser um bom tema para os ressabiados cronistas de fim de semana...
Esta "história" de um alto quadro da PJ que avisou Pinto da Costa que ia ser detido, em Dezembro de 2004, é um boato que já tem barbas. Não passa disso mesmo. Surpreendente é, isso sim, a aleivosia do lance pseudo jornalístico. Nada de surpreendente, também.

sábado, setembro 23, 2006

SLB

5 pontos perdidos em 9 possíveis. Eis o que se pode chamar um COLOSSAL início de campeonato. Vá, empataram com o Copenhaga na 'Champions'...

sexta-feira, setembro 22, 2006

O REGRESSO


"O futuro treinador do Interclube (Romeu Silva foi despedido à semana passada alegadamente em conflito com a direcção) poderá ser novamente de nacionalidade portuguesa, noticiou ontem a imprensa lusa. Com efeito, o conhecido Manuel Fernandes (55 anos), tudo indica, deverá assumir um compromisso com o clube angolano nos próximos dias, faltando apenas limar algumas arestas. O referido técnico que não dirige qualquer equipa há quase dois anos (treinou o Penafiel no início da época de 2004/05), irá encontrar o Inter no segundo lugar do Girabola (a onze pontos do líder destacado 1º Agosto) e na última posição da fase de grupos da Taça CAF, com três derrotas em igual número de encontros.Refira-se que Raúl Quinanga, adjunto de Romeu Silva, tem assumido, provisoriamente, o comando técnico dos polícias nos últimos dias. Agora, cederá o lugar à antiga glória do Sporting e do futebol português. "
in JORNAL DE ANGOLA

A frase da semana


"NÃO SE META COMIGO!"
Valentim Loureiro, na SIC, para LFV

BOJARDA

Esta história do colosso do futebol europeu e mundial é...antiga. Mas LFV continua a usá-la. Que o Benfica tem potencial, isso toda a gente sabe. Mas vai uma grande distância até ser uma potência do futebol europeu. Ou nacional.

quinta-feira, setembro 21, 2006

ai que saudades...

Já que aqui se falou no João Bonzinho...vieram-me à memórias algumas dos melhores momentos da minha "carreira", precisamente quanto tive oportunidade de, com 25 anos, chefiar ao lado do João a redacção da "Gazeta dos Desportos". Aconteceu mais ou menos por esta altura do ano mas em 1986, quando da redacção da Poço dos Negros mais de meia redacção debandou para o "Semanário Desportivo" (dirigido por João Manha). Ficaram meia dúzia de putos na redacção e foram eles que tocaram o barco para a frente com um entusiasmo e uma paixão irrepetíveis. E com resultados. O homem da tasca do rés-do-chão é que não gostou muito da brincadeira, pois depois de fechado o jornal a malta aproveitava para jogar ping-pong e futebol com bolas de papel sobre o soalho demasiado flutuante. O decano da equipa era o Viriato Mourão, sempre o último a fechar a sua página do "internacional", enquanto a maralha preparava a rede para o ping-ping. Bem vistas as coisas, era uma redacção de canalha mas com muita qualidade. O José Meireles com as suas cachas e o seu bom espírito, capaz de fazer as perguntas mais estúpidas e de obter as respostas mais espectaculares. Não sabia muito de bola mas até dava jeito que fosse assim. Tínhamos depois o João com os seus rasgos para a primeira página e as notícias do Benfica. E o Luís Graça indo a todas com um brilhantismo que nunca mais vi em ninguém pelas redacções por onde passei. Juntou-se a nós depois a Alexandra Tavares-Teles numa equipa na qual o Mário Pereira também era pau para toda a obra e fazia o papel de paizinho daquela malta. O maquetista era outro craque - o Virgílio Neves - e também ele fazia o favor de aturar as nossas nóias e as nossas noitadas. Na fotografia, o Óscar Saraiva e o Amílcar Teixeira não podiam fazer uma dupla melhor - o Óscar e o Bonzinho eram os residentes, pois eram mais as noites que dormiam no sofá da redacção que em casa. Mas nada daquilo teria funcionado se não fosse o Armando Santos, arquivista, avozinho e até autor de algumas manchetes.

Foi um tempo lindo.

quarta-feira, setembro 20, 2006

NOTÍCIAS DA CASERNA (2)

Na RTP continua o jogo das cadeiras. Carlos Daniel demitiu-se do cargo de sub-director da informação alegadamente por ter sido ultrapassado nos relatos dos jogos da selecção, onde agora o titular é Hélder Conduto (aqui já elogiado logo na sua estreia). Não sei muito bem o que têm os jogos da selecção a ver com a direcção da informação da RTP mas se calhar tem. Segundo O JOGO, terá sido o próprio Gilberto Madaíl a pedir a Almerindo Marques, presidente da RTP, para afastar Daniel dos jogos da equipa de Scolari e depois de todos nós. A RTP pode não ser recoveira do Governo mas a FPF é outra história, penso eu de que. Curioso: só um elemento da equipa de Daniel, no Porto, não se demitiu. O vice-presidente do sindicato só pôs o lugarzinho à disposição. Enquanto isso, consta que Rui Loura está a preparar as malas para se juntar à equipa lisboeta da RTP, ele que foi uma das vítimas da última reestrutação de Daniel. Como diz o povo, onda que vai é onda que volta.

NOTÍCIAS DA CASERNA (atualizadas às 14.10]

"Rolou a cabeça" do n.º2 do jornal da Travessa da Queimada. João Bonzinho sai para entrar José Manuel Delgado. Serpa continua como director, Santos Neves passa a assumir mais o cargo de subdirector, Delgado será o director adjunto, ao lado de Fernando Guerra. O pivot da chefia continuará a ser Rogério Azevedo - o último jornalista a entrevistar o grande Best - e Alexandre Pereira continua ao seu lado depois de a sua demissão não sido aceite. Segue-se na hierarquia João Pim Pim. Um reforço poderá vir do "24 Horas" (a confirmar).
PS - O "rolar de cabeça" é obviamente simbólico...pois, como já o disse alguém na zona de comentários, todos nós temos direito a sopas e descanso ou vice-versa.

Portugal versus França [uma versão livre]

[do meu amigo Jorge Punk, uma "emigra" como tantos outros, chega tarde este contributo para a nossa auto-estima em relação aos franceses]
Portugal é muito melhor que a França e se não acreditam podem ir levar no real traseiro. O café em Portugal custa à volta de 50 cêntimos e é bom, na França custaentre 1 euro e 1 euro e meio e é uma merda. quando falamos em português não fazemos boca de broche.A Torre Vasco da Gama pode ser mais pequenina mas ao menos não enferruja. A Torre Eiffel não tarda nada tá toda comida.Lisboa nunca perdeu uma candidatura aos Jogos Olímpicos. Paris ainda recupera da azia por terem perdido a organização do JO de 2012 para Londres(logo Londres!). Portugal não precisou de ajuda para espancar os espanhóis sem dó nempiedade; quando os alemães invadiram a França os franceses nem piaram e precisaram de ajuda dos ingleses e dos americanos.O nosso treinador é um homem a sério, com bigode e tudo. O Domenech tem um ar de bicha que não pode mais.O Zidane tem cara de cu e o Figo não.O Henry parece uma menina e é titular. O Nuno Gomes parece uma menina mas está no banco.Pastéis de Belém são muito melhores que croissants. Em Lisboa não se queimam carros à noite.Super Bock é muito melhor que Kronenburg. Ainda por cima, a Kronenburg é fabricada em Estrasburgo, na Alsácia, uma região que parece mais alemã quefrancesa (eu sei, eu morei lá!) Experimentem mandar um UMM contra um Renault, Peugeot ou Citröen e logo vêmquem manda!Se os franceses fossem assim tão bons eu tinha lá ficado a morar. E ao fimde 6 meses quis vir-me embora.Paris é tão bonita, tão bonita, que a princesa Diana disse que preferiamorrer a ter de passar lá mais uma noite. O metro de Paris é velho, feio e cheira mal.Os franceses são tão asseados que foi preciso inventar os perfumes. A ideia que aqueles gajos têm de uma revolução é andar por aí a cortarcabeças ao pessoal. Nós fazemos as coisas civilizadamente e quase não há tiros. Mas também, não admira de um país que aboliu a pena de morte em 1981. Nós não andamos por aí a rebentar bombas nucleares na casa dos outros. AFrança fez carradas de testes em Mururoa e quando ficou satisfeita propôs um acordo para banir os testes nucleares.Paté sabe a merda. O Roquefort cheira pior que os pés de um maratonista depois de correr.O Roquefort cheira pior que os pés do Zidane, que de certeza cheira mal dos pés.Champagne é bebida de rotos. Homem a sério bebe cerveja. Perceberam?

terça-feira, setembro 19, 2006

Quiz 'Apito Dourado' [só para especialistas]

1. Quem são a Patrícia, a Dane e Gabi?
2. Que antigos árbitros fizeram parte da comissão de peritagem nomeada pelo Ministério Público?
3. Como considerou o procurador Carlos Teixeira as justificações de PC para o caso da fruta?
a) Inverosímeis.
b) Credíveis
c) Falsas
4. Quem é o "engenheiro máximo"?
5. De que conversaram Pinto da Costa e Augusto Duarte antes do Beira-Mar-Sporting?
a) Sobre o estado do tempo nos Açores
b) De nada
c) Comentaram o último filme de Manoel de Oliveira
6. Quem era JP?
a) Jacinto Paixão
b) Joaquim Pinheiro
c) Jorge Pinto
7. Quem é o padre da freguesia das Antas?
8. Onde fica o café "Ferreira"?
9. Quem é o autor da frase "manda quem pode, obedece quem tem juízo"?
10. O filho de Martins dos Santos subiu mesmo, tal como o prometido, à 2.ª categoria?
11. Quem é o presidente honorário do Boavista, segundo Carlos Teixeira?
12. Quem é o observador de árbitros, cujas iniciais são PC, que contactava os árbitros que ia observar antes mesmos destes serem nomeados?
13. Quem era o funcionário da Liga que todas as semanas dava a um presidente a lista dos jogadores em perigo de exclusão?
14. Quem é o "Espadachim"?
15. Quem se intitulava o chefe da banda?
16. Quem era o elemento do CA da Liga que recebia garrafas de champanhe de um presidente?
17. Quem era o presidente conhecido como 'Bolsos Rotos'?
18. Quem foi o colaborador de 'A Bola' que foi ouvido como testemunha?
19. Quanto custou o balcão frigorífico do Núcleo de Árbitros do Baixo Tâmega?
a)1000 euros
b) nada
c)15 euros
20. Quem foi o árbitro que pediu sapatos modernos e um relógio com 3 cronómetros?
Tabela de pontuação:
20 respostas certas: Prémio Carlos Teixeira
18-20: Prémio Capitão Major
15-18: Prémio você está atento
10-15: Prémio ler jornais é saber mais
5-10: Prémio não vale ler só o Destak , Metro e os 3 desportivos
0-5: Prémio você não vive neste mundo

Prémios da jornada 3

1. PRÉMIO 'SE O RIDÍCULO MATASSE'. O Sporting a ameaçar, mas só mesmo a ameaçar, protestar o jogo com o Paços devido ao facto de o árbitro ter marcado um pontapé de baliza depois de assinalar uma falta.
2. PRÉMIO 'AGARREM-ME SE NÃO VOU EMBORA'. Luís Filipe Vieira em mais um episódio da novela "Ser presidente do Benfica é mais importante que ser primeiro-ministro e benfiquista".
3. PRÉMIO 'PODEM ENCOMENDAR AS FAIXAS AO JORGE COSTA'. Três tiros, três melros do FC Porto. E sem ser preciso forçar a nota.
4. PRÉMIO 'ESTÁ TUDO INVENTADO NO FUTEBOL, O MELHOR É FICAR QUIETINHO". Para Carlos Carvalhal, que mexeu 5 pedras da equipa que ganhava.
5. PRÉMIO 'TAMBÉM FOI COM UM TELEFONEMA ANÓNIMO QUE COMEÇOU O PROCESSO CASA PIA". Para o presidente do Portimonense. Ou melhor, do que resta da sua presidência e do pouco que sobra do Portimonense.
6. PRÉMIO 'O CULPADO SOU EU E NÃO O TIPO QUE ESTÁ AO MEU LADO'. Para Carlos Brito, um treinador fora do seu 'habitat'.
7. PRÉMIO 'CABALAS & CONLUIOS'. Para a persistência de Fiúza em não pagar os ordenados a quem trabalha e não joga.
8. PRÉMIO 'VOLTA, PIMENTA, ESTÁS 100 VEZES PERDOADO". Para os 13 mil adeptos do Vitória que viram o Penafiel ganhar no "Afonso Henriques".
9. PRÉMIO 'AS CHAMUÇAS NÃO ENGORDAM'. Para Mário Jardel, a propósito das 100 chamuças que entraram no balneário do Beira-Mar na comemoração do 33.º aniversário de Super Mário.
10. PRÉMIO '4 POR CENTO DE RATING'. Para Rui Santos e o seu "Tempo Extra".

segunda-feira, setembro 18, 2006

O HERÓI DA JORNADA


A jornada 3 vai ficar para a posteridade como a da piscadela de olho de Ronny, por ora o melhor marcador do campeonato.
Não me parece que a sua habilidade tenha custado 3 pontos ao Sporting, quando muito custou um...
Mas adiante. Só para acrescentar que o futebol também é malandrice. Não queiram fazer do "association" um espectáculo manipulável pela tecnologia.
Não faltam coveiros ao desporto-rei - os famosos arautos da desgraça e da moralidade - mas a verdade é que a bola continua a rolar. E a "coisa" tem ainda mais piada e graça quando aparecem bacanos como o Ronny a chutar com o pé que têm mais à mão. O que está longe, mas muito longe, de ser um caso de polícia.
Um esclarecimento: o árbitro João Ferreira não "está" no "Apito Dourado", o capitão da força aérea é até um dos poucos árbitros que não está lá, não sendo arguido ou candidato a tal.

PÉROLAS

Na rádio: "Este n.º3 da Naval é tão alto que era capaz de me rebentar a despensa".
Na TV: "O jogador x esteve esta semana gripado"

Meus amigos, controlem-se. E tenham cuidado com as mudanças de óleo.

domingo, setembro 17, 2006

SPORTING-PAÇOS (5 apontamentos)

1. A presença de muita juventude leonina nas bancadas. O futuro está assegurado.
2. A desinibição do Paços na 1.ª parte e a forma como bloqueou a saída do ataque planeado do Sporting.
3. A malandrice de Ronny no golo que marcou e o erro do árbitro e do fiscal de linha mais próximo (Serafim Nogueira).
4. A má racha de Liedson, o senhor 2 milhões de euros/ano.
5. Alecsandro e Bueno - os dois juntos não valem uma perna do Deivid.

Ups, o que é isto?

Hoje bem se pode dizer que Ronny marcou em Alvalade com o pé que tinha mais à mão.

sábado, setembro 16, 2006

APITADELAS

Pela primeira vez desde que foi espoletado o "Apito Dourado" - tirando umas declarações avulsas de Gilberto Madaíl no início do processo na sua fase pública -, um magistrado dos órgãos disciplinares desportivos (o famoso Pedro Mourão) pronuncia-se no sentido de colocar o caso sobre a alçada da justiça desportiva (ver "O Sol"). É um dado interessante numa fase em que a última jogada da defesa já foi lançada - a declaração da inconstitucionalidade da lei que pune a corrupção desportiva. E ao contrário do que disse Maria José Morgado, sempre bem informada mas desta vez nem por isso, não foi só José Guímaro que foi condenado pela lei em vigência. Um tribunal madeirense também já se pronunciou sobre um caso relativo aos escalões secundários. Mas giro, giro foi ver José Guímaro afirmar que caso esta tesa vença será ele o primeiro a pedir uma indemnização por danos pessoais causados pelo sistema judicial. Noutras circunstâncias, daria para rir. Nas actuais, nem por isso.
ps - quanto ao Sporting e ao seu aparente não envolvimento nas "apitadelas", continuamos à espera para ver sobretudo o que aconteceu em relação a projectos já extintos.

sexta-feira, setembro 15, 2006

Masturbação


Sou fã, na "Fox", de "Rescue Me", a série sequela do 11/9 que tem como protagonista Denis Leary (em destaque na foto), o Tommy. Não tanto pelas histórias mas mais pelo ambiente que a série cria. Um grupo de homens com as suas tensões, a sua profissão de risco e os vícios comuns. A 3ª série promete ainda mais, pois conta com a Susan Sarandon. Num dos últimos episódios, os bombeiros fizeram um concurso de pilas. Ganhou o morto mas ficámos a saber que não se deve medir a pixota dos tomates até à cabeça e que 15 centímetros já é um tamanho que não envergonha ninguém. Mas surpreendente mesmo foi ver, no "Relatório Kinglsey", um tipo de passar de posição de ponto morto para a de projecção espermatozóica em apenas 10 segundos. O que me levou a pensar numa espécie de "Jogos Olímpicos do Pénis", com a apresentação do João Kléber. Dava para quase tudo.

O SOL VAI NASCER

Dele se diz que quando nasce é para todos. Duvido.

Dele também se diz que é o astro-rei. Acredito.

Dele ainda se diz que vai ser um semanário de sucesso. Vamos ver.

Certo, certo só que vai valer a pena comprar o primeiro número. O rei Sol do futebol português será "dissecado" (salvo seja, pois tal poderia ser feito em família) por Felícia Cabrita.

Quem? Mas quem havia de ser? JNPC!

quinta-feira, setembro 14, 2006

As contas do leão


O SAD do Sporting anunciou ontem os seus resultados relativos ao exercício 2005/2006. Os leões fecharam com 314 mil euros de lucro, para sermos simplistas na análise de contas que os relatórios divulgados muitas vezes disfarçam com linguagem técnica. Estou apenas a falar do resultado líquido, que é o que resulta da soma do resultado operacional (vendas versus custos operacionais), do resultado financeiro (juros recebidos e descontos versus juros pagos e rendimentos) e do resultado extraordinário (custos e proveitos inesperados ou apenas pontuais, como por exemplo mais valias devido a alienação de património. Importante dado a reter o facto de nestas contas entrarem os 18 milhões de euros relativos à obrigações escriturais que o Sporting colocou em bolsa. Para uma SAD no limite da sobrevivência, não são bons números, se tivermos também em conta que durante este exercício o clube vendeu 6,3 milhões de euros (produto craque de futebol) e comprou 15,6 milhões de euros, embora grande parte deste capital com vista à época já em curso.

FIÚZA, o cromo


Como muito bem observou o meu amigo Leirós, no seu mardematosinhos, eis como António Fiíza com a mão direita manda uma mensagem aos adeptos do Gil e com a esquerda se dirige aos senhores Cebola, Mourão e Afonso.

PLENO


Duas vitórias na Liga, uma vitória com 2 golos marcados e zero sofridos na primeira mão da primeira eliminatória da Taça UEFA. O Sporting de Braga de Carlos Carvalhal promete.

PETROVIC


Ontem, 4ª feira, tive oportunidade de conviver quase durante 2 horas com Petrovic, o novo treinador do Boavista, durante um convívio organizado pelo clube do Bessa, no qual também participou João Loureiro. O momento foi aproveitado para dar a conhecer melhor aos jornalistas que contactam mais com o Boavista o novo treinador. Primeira impressão: "Petro", como é tratado no clube, está entusiasmadíssimo com a missão que lhe foi confiada. Primeira certeza: quer um Boavista com muitos jogadores portugueses, jovens, mas não define metas altas. Segunda certeza: a sua máxima é "se jogarmos bem vamos perder algumas vezes mesmo a jogar bem mas iremos ganhar muitas mais". Ainda a apreender a realidade futebolística portuguesa, Petrovic apresta-se para concluir o último ano do FIFA Pro, o mais avançado curso de treinadores. Ele que foi o primeiro estrangeiro a tirar o curso de treinadores da Federação holandesa. Espera-se que tal seja suficiente para José Pereira, o presidente do sindicato dos treinadores portugueses, não levantar qualquer incidente de suspeição sobre as qualificações do homem, vindo falar dos cursos de 4.º nível da nossa FPF nos quais ninguém chumba...nem por faltas. Sinceramente, gostei do que vi e ouvi. Isto é, um treinador motivadíssimo, que "respira" futebol e que o pensa de forma positiva, numa lógica construtiva, no sentido do espectáculo. Palavras leva-as muitas vezes o vento mas parece que o Boavista acertou. Jesualdo naquelas bandas não passa de um incidente...

quarta-feira, setembro 13, 2006

A JANELINHA DO HONORATO

Desde Luanda, o maior especialista em PALANCAS NEGRAS vai escrever neste blog. As histórias do Girabola, dos Palancas e um cheirinho de África.


Ficamos todos à espera.

ZERO QUE VALE 2 PONTOS


Dois empates a zero, de FC Porto e Benfica, que valem 2 pontos (1 para cada equipa) e 300 mil para cada uma destas formações. Esperava-se mais do FC Porto e a vitória até podia ter sorrido aos dragões frente a um CSKA que esteve no Porto a pensar no pontinho - uma situação perfeitamente normal naquele local. Anderson deu mais uma vez "show" de bola mas voltou a acertar no poste, o miúdo tem de desatar o nó rapidamente... Do pouco que soube sobre o jogo de Copenhaga, o Benfica teve apenas uma oportunidade de golo e Quim fartou-se de defender. Fernando Santos faz o que pode para recuperar a equipa do trauma do Bessa. O empate acaba por ter um sabor doce. Veremos se mais tarde se confirma como um bom resultado, tal como o empate da selecção em Helsínquia.

PORTUGAL, ANO 2006


A minha filha Francisca foi esta semana pela primeira vez para a escola primária. Tal como o pai, começa a sua escolaridade dita obrigatória numa escolinha de Leça da Palmeira, ali pertinho do mar e dos lombinhos de pescada com molho de marisco dos "Viveiros da Mauritânia". Desde o 1 ano de idade que a Kika anda na escola porque os pais trabalham e têm horários no mínimo esquisitos. Até entrar no ensino público, os seus pais pagaram uma média de 350 euros por mês para terem a Francisca ocupada e bem tratada na sua escolinha (o "Iô Iõ", que, por razões óbvios, recomendo). Como entendo que a vida não se aprende em ambientes seleccionados, optei pelo ensino público. Bem-vindo ao sistema! Só para começar, a miúda, que devia ter horário alargado e direito a almoço, entra às 9, sai às 12, volta a entrar às 13.30 e sai às 15.30 horas. Ou seja, num só dia exige quatro viagens dos pais à escola e das 15.30 em diante fica com o resto do dia livre... Já sabíamos que não tratam bem o dinheiro dos nossos impostos. Mas é duro confirmar isso mesmo na pele e no osso.

AFINAL HAVIA OUTRO

Afinal...também José Veiga pedia uma ajudinha ao major para subir o então seu Estoril. Lá se vão as visões e as versões maniqueístas. No que também ajudou a intervenção do inefável Dias Ferreira no último "Dia Seguinte", no qual assumiu que enquanto dirigente do Sporting também fez os seus telefonemas. Há cada bimbo! Logo o Sporting que é um dos poucos clubes que não aparecem, salvo uma coisita muito menor, no megaprocesso "Apito Dourado", onde, como se vai sabendo agora com mais pormenor, graças aos arquivamentos e às certidões, valia tudo no capítulo das ofertas públicas de venda.

segunda-feira, setembro 11, 2006

peixeirada no Seixal

O que se passou ontem, afinal, na "caixa de treinos" do Benfica? Procuro, procuro...mas pouco encontro. Parece que a coisa esteve feia entre Vieira e um adepto encarnado que o abordou a toda a força. Mesmo muito feio... Segundo o que leio in "A Bola", numa caixinha no topo de uma página, o presidente do Benfica ameaçou os foto-jornalistas de nunca mais ali trabalharem caso publicassem imagens da altercação. Gostava de saber o que é que o sindicato dos jornalistas, de que sou sócio, tem a dizer deste incidente? Aposto que mais uma vez vai fazer de conta que nada se passou. Não é, pelo menos, inédito.
PS - A questão que mais uma vez aqui se coloca é a do interesse público de algo que se passa num âmbito privado, se bem que patrocinado por um banco controlado pelo Estado

domingo, setembro 10, 2006

Boavista-Benfica

[acho que ainda vai a tempo]
Os 3 secos do Boavista ao Benfica são sobretudo uma lição. LFV, que ficou em casa, conheceu o famoso efeito boomerang. Fernando Santos não conseguiu motivar os seus jogadores para o importante pontapé de saída - o "efeito Simão" aqui a entrar em campo também. A opção por 2 pontas-de-lança ao intervalo, quando perdia por 1-0, parecia válida mas o estado emocional dos jogadores do Benfica não deu para mais, perante um Boavista já à Petrovic, solto, a fazer um pressing alto e muito mais solto que na época passada. Foi limpinho, sem espinhas. Um golpe profundo na asa da águia em vésperas da Liga dos Campeões. Um jogo é um jogo mas este mostrou muita coisa...MÁ.

sexta-feira, setembro 08, 2006

IMPRESCÍNDIVEL

http://www.sportugal.pt/noticia.php?noticiaID=6547

GOLPE DE ESTÁDIO

O Benfica entregou na PGR a "box" que um anónimo deixou na casa de Luís Filipe Vieira, contendo os X-files do futebol português. O pobre do Souto Moura nem o seu desastrado mandato pode acabar em paz...

Penso eu de que


Pelo que li e pelo que sei das intercepções telefónicas da PJ que implicam Luís Filipe Vieira, o presidente do Benfica tinha uma convicção: o FC Porto estava a controlar tudo em termos de arbitragem e o Benfica estava a ser comido. Não consta que o Sporting, apesar do seu serviço de informações topo de gama, estivesse nesta corrida. É mais que estranho que o presidente da Liga andasse envolvido nestas guerras, no jeito de mediador, mas é o estilo de Valentim Loureiro, sempre em cima do acontecimentos, sempre a tentar estar de bem com deus e o diabo... Nota-se também alguma absessão de Vieira em relação ao poder do seu principal concorrente no controlo das situações mas a contradição surge quando Valentim e Pinto de Sousa concluem entre eles que "o FC Porto não precisa disto para nada". É certo: o FC Porto tinha, em 2003-04 uma grandíssima equipa. É evidente que no "Apito Dourado" há matéria suficiente para quanto mais não seja suscitar uma reacção das instâncias desportivas mas estas são o que se sabe, ou seja, um conjunto de magistrados escolhidos a dedo pelos clubes poderosos que têm uma palavra a dizer nestas nomeações. O resultado geral de tudo isto é confrangedor: revela um sub-mundo lamaçento e movediço. Vale que os jornalistas lá se vão esforçando para pôr cá fora o que a investição descobriu e o que os magistrados não quiseram assumir como tal. Mas, pergunto agora, será que algum dia será possível termos um futebol puro e verdadeiro? Não acredito.

PS - O TAF de Lisboa não atendeu o recurso do Gil sobre a providência cautelar. Resta aos galos jogar na Liga de Honra e...esperar pelo Tribunal europeu. Mourão, Cebola, Afonso e companhia podem festejar.

À escuta

(contexto: Benfica recebe o Belenenses na meia-final da Taça 2003/2004, jogo que venceu por 3-1, sob a arbitragem de João Ferreira. Paulo Paraty era o árbitro "preferido" mas tinha apitado o Belenenses para o campeonato e não podia voltar a dirigir esta equipa)

Luís Filipe Vieira (LFV) - Eu não quero entrar mais em esquemas nem falar muito...(...)
Valentim Loureiro (VL) - Eu penso que ou o Lucílio... o António Costa, esse Costa não lhe dá... não lhe dá nenhuma garantia?
LFV - A mim?! F.., o António Costa? F... Isso é tudo Porto!
VL - Exacto, pronto! (...) E o Lucílio?
LPV - Não, não me dá garantia nenhuma o Lucílio!
VL - E o Duarte?
LPV - Nada, zero! Ninguém me dá!... Ouça lá, eu, neste momento, é tudo para nos roubar! Ó pá, mas é evidente! Mas isso é demasiado evidente, carago! Ó major, eu não quero nem me tenho chateado com isto, porque eu estou a fazer isto por outro lado.(...)
VL - Talvez o Lucílio, pá!
LPV - Não, não quero Lucílio nenhum!(...)
VL - E o Proença?
LPV - O Proença também não quero! Ouça, é tudo para nos f...!
VL - E o João Ferreira?
LPV - O João... Pode vir o João. Agora o que eu queria... (...) Disseram que era o Paulo Paraty o árbitro... O Paulo Paraty! Agora, dizem-me a mim, que não tenho preferência de ninguém (...) à última hora, vêm-me dizer que já não pode ser o Paulo Paraty, por causa do Belenenses.
Pinto de Sousa - A única coisa que eu tinha dito ao João Rodrigues é o seguinte... É pá, há quinze [dias] ou três semanas, ele perguntou-me: "Quem é que você está a pensar para a Taça?"... Eu disse: "Estou a pensar no Paraty"...
VL - Bem, o gajo está f... (...) O Paraty então não consegues, não é?
PS - O Paraty não pode ser. (...) Até para os árbitros restantes, diziam assim: "É pá, que diabo, este gajo tem tantos internacionais e não tem mais nenhum livre, pá?!".(...)
VL - Eu nem dá para falar muito ao telefone, que ele começa para lá a desancar. (...) Mas qual é o gajo que o Porto não quer?! O Porto quere-os todos, pá! Qualquer um lhe serve!
PS - É... Por acaso é verdade...
VL - O Porto quer lá saber disso!
PS - Se é o Lucílio... Se fosse o Lucílio, era o Lucílio, se fosse o António Costa, era o António Costa...
VL - Ao Porto qualquer um serve!

LFV no seu melhor


[com um meio sorriso nos lábios, a resposta de Vieira, com sublinhados do dono desta loja]


"

São notícias curiosas...
Quero dizer que não sou arguido de nada, nunca fui testetmunha, nem nunca fui ouvido... Também nunca estive detido, só pelo trânsito.
Este é um dia bastante feliz para mim... Quando a toda a gente pensava que tudo era para arquivar... Ao longo destes últimos tempos tenho sido vítima de alguma perseguição mas quero dizer a todos que não tenho medo nem me vou calar.
O título (do "Público") não se coaduna com a notícia, curiosamente já o tinha recebido há 15 dias para estar calado... Como não respondo a cartas anónimas...
Não fui eu que telefonei para o senhor major. O Benfica nessa época foi muito prejudicado. Quando falou comigo, transmiti-lhe todo o meu descontentamento...
Curiosamente, de certeza que não lhe disse este árbitro porque lhe posso dar fruta ou porque lhe ofereço viagens.
Estou à vontade para todas as escutas que possam aparecer...
É possível porque sou alguém que pede a verdade. Tenho a noção que sou um alvo a abater mas não vou conseguir, não sou o dr. Ricardo Bexiga, não tenho medo. O Benfica não está sozinho na luta de branquear o futebol, ou seja, de limpar certas pessoas do futebol...
O Benfica vai constituir-se como assistente e de certeza absoluta a FPF e a Liga também
Aqueles que cometeram erros gravíssimos e que falsearam resultados devem ser penalizados. A minha consciência está completamente tranquila. Não tenho receio. A campanha está montada, os artistas nós conhecemos, esses artistas hoje são aqueles que já me fazem rir um bocadinho...
Disse que o apito ia mesmo apitar e ele vai apitar. Nós não nos vamos calar.
Não deixa de ser coincidencia o que sucede nas véspera de um jogo com o mesmo árbitro. Eu sei o que é um militar e sei o que é para eles os valores de ética. Por isso, quando o Benfica foi confrontado com determinado árbitro até por valores éticos disse que ele nos dava garantias. Isto é muito comum no futebol, haver acordos para árbitro... É natural que isso se dê, não me perguntem se é o mais correcto.
Quando se fala em telefonemas, não tenho dúvidas que o meu telefone está sob escuta. Ainda há poucos dias o sr. Major me telefonava a dizer que o presidente do Belenenses queria adiar o jogo com o Benfica... esta também deve estar nas escutas.
Revolta é o que sinto. O que disse ao major tanto digo ao 1.º ministro como ao PGR. Não queremos ser beneficiados, mas não queremos ser prejudicados. No documento que recebi – é muito papel e muita confusão para a minha cabeça – tenho a nítida sensação de que houve jogos falseados. O presidente do Benfica não recebe árbitros em casa nem janta com eles e não tem nenhum empresário a transportar árbitros e a servir a respectiva fruta.
Isto é algo que está montado porque quem não deve não teme. Eles não me têm ódio, têm medo de mim porque sabem que eu falo a verdade. Iremos avançar. (...) Quero deixar bem claro: o que está aqui não foi para favorecer o Benfica. Se tudo aquilo que eu já li, se tivesse só um centésimo não era condenado – eu estava grelhado. É difícil encontrarem uma figura como eu. Eu não tenho rabos de palha, eu não tenho medo. Eles têm que acreditar que não vale a pena intimidarem-me, enviando tudo o que me têm enviado e já me enviararam mais algumas coisas...

"

ISTO É GRAVE

Por indicação expressa da FIFA, a FPF informou os clubes que entraria em vigor, em 1 de Julho de 2005, um novo regulamento para a inscrição de jogadores - que permitiria ao Gil inscreve o "amador" mediante uma indemnização ao Lixa, como aconteceu - mas não o introduziu nos seus regulamentos. Ou seja, a FPF desrespeitou uma determinação da própria FIFAS. Não será isto pelo menso tão grave como Gil recorrer aos tribunais à revelia da FIFA onde o sr. Blatter ganha 2,5 milhões de euros de ordenado oficial por ano?
PS - Quanto à nota da FPF, só isto: o pior cego é aquele que não quer ver.

AFINAL...


Afinal...havia mesmo conversas "suspeitas" entre Luís Filipe Vieira e Valentim Loureiro a propósito de árbitros para jogos do Benfica.
Afinal...o sorteio dos árbitros tinha condicionantes que todos desconhecíamos, todos, bem entendido, para além das partes interessadas.
Afinal...o FC Porto "não precisava" dos árbitros na época em questão (2003/2004), na qual até foi campeão europeu
Afinal...o "Apito" não tocou apenas nas Antas
Afinal...quem se tramou foi o Sporting, que nessa época ficou a xuxar no dedo
Finalmente...será que a justiça desportiva dos Cebolas e dos Mortáguas vai acordar para esta sucessão de casos vergonhosos?

quinta-feira, setembro 07, 2006

FALÁCIAS


A época futebolística de 2003/2004, aquela que foi varrida pela operação "Apito Dourada", teve não apenas o FC Porto como campeão nacional (e europeu). O Benfica ganhou a Taça de Portugal e o Gondomar subiu à Liga de Honra. Das escutas directamente relacionadas com os jogos do Gondomar resultaram outras. Por exemplo, Valentim Loureiro viu interceptadas centenas de chamadas que fez e que recebeu durante toda a época. Pinto da Costa também acabou por integrar o clube. Mas, curiosamente, outras figuras que apareciam com frequência na "sala de cozinhados" não tiveram essa graça e as escutas que hoje existem e que lhes dizem respeito são apenas consequências de conversas com determinados "alvos" (é o termo técnico que se usa). Quem conhece o processo - e ninguém para além do procurador Carlos Teixeira o conhece na sua totalidade -, resulta uma ideia-mestra: toda a gente queria escolher os árbitros e os árbitros assistentes e quem tinha mais influência até tentava controlar os observadores dos mesmos, que são, como se sabe, os seus avaliadores, determinando subidas e descidas e as cobiçadas internacionalizações (não apenas dependentes da influência do senhor Michel Vautrot). Tudo isto é fado, por outras palavras condenável. Mas a verdade que o futebol português é isto mesmo há muito anos, mesmo antes da Liga começar a "organizar" os dois principais campeonatos. Os beneficiados são sempre os mesmos: os clubes mais influentes e poderosos. Querer ver neste grupo anjos e demónio é uma falácia. Ou uma tentativa de fuga para a frente...

ANJOS E DEMÓNIOS

Apita o comboio na estação da Luz?

quarta-feira, setembro 06, 2006

mas a notícia do dia é...

...ANTÓNIO FIÚZA PROCESSA EDUARDO PRADO COELHO POR ESTE LHE TER CHAMADO "MENTECAPTO". OU A PROVA DE QUE O FUTEBOL PROFUNDO JÁ ENTROU NAS CABEÇAS DOS INTELECTUAIS DESTA CHOLDRA.

BRUXO!

AFINAL SCOLARI É UM VISIONÁRIO. DEU MESMO EMPATE.

ENfim..

A notícia de hoje do DN sobre o Beira-Mar-Boavista é velha mas como o que está a dar é amplificar a campanha do Benfica...foi toda a gente a reboque. A SIC Notícias fez copy paste da notícia do DN e aceitou como válida a gralha no nome de Nuno Almeida, referido no papel como Nuno Almedeia, como se alguém se chamasse assim. É a informação "credível" que temos num país no qual os programas infantis passam em prime-time.

O JOGO PERFEITO


Uma oferta do Luís Vieira, do kukasblogspot.com, para os nossos clientes mais preversos e com genes latinos.

O que é que Vieira tem?


A famosa "box" que alguém colocou na soleira da porta da casa de Luís Filipe Vieira que só ele sabe onde fica contém o quê? Pelo que já deu para perceber, apenas as escutas do "Apito Dourado" que alguns jornais divulgaram e provavelmente os primeiros arquivamentos das 81 certidões enviadas pelo Tribunal de Gondomar para outros departamentos de investigação e acção penal. Atenção que disse investigação e acção penal mas não se entusiasmem com o nome, pois vale só por isso, toda a gente sabe que o MP nada investiga, apenas volta a interrrogar as pessoas sem levantar o rabinho dos gabinetes. Se é isto que Vieira tem, é pouco e vem atrasado. Se tem mais, que o mostre. Ou será que vai cair no ridículo de entregar na PGR os processos que o MP arquivou, ou seja, os processos que a PGR também arquivou. Se o presidente do Benfica não está satisfeito com os arquivamentos, só tem mesmo um caminho: constituir-se assistente e pedir para reabrir os processos. Simples.

terça-feira, setembro 05, 2006

o QUE é isto?

TRIPLAMENTE SURPREENDE: NÃO SÓ O SELECCIONADOR SCOLARI FAZ O SEU CONTRATO DEPENDENTE DA PERMANÊNCIA DE MADAÍL COMO TAMBÉM O TREINADOR DAS ESPERANÇAS, COUCEIRO, DIZ QUE SE MADAÍL SCOLARI SAIR ELE VAI TAMBÉM EMBORA. UMA VERSÃO BEM LUSITANA DA PESCADINHA DE RABO NA BOCA OU UMA FORMA INUSITADA DE ELABORAR CONTRATOS DE TRABALHO.

PRÓS E CONTRAS

Apesar dos problemas provavelmente de menopausa de Fátima Campos Ferreira, o regresso do "Prós e Contras", da RTP, foi uma satisfação. Sobretudo graças a Valentim Loureiro, o homem que domina o meio (TV) e que manipula a mensagem. Mas isso deixo para os comunicólogos que não sabem fazer reportagens mas que ganham a vida a dar aulas de jornalismo à custa de patetices tipo emissor-receptor. Já dei o suficiente para esse peditório... Adiante. No programa em questão, a surpresa foi mesmo mais uma intromissão de Luís Filipe Vieira, mas esta ao telefone. A Fátima não gostou que lhe estragassem o alinhamento e não deixou que oVL e LFV trocassem mais galhardetes a propósito de quem é que indicou quem para a panelinha da Liga. Gostei também da pose diletante de Gilberto Madaíl, esparramado na cadeira e com um certo fastio sempre que se viu o gume da faca. Acabou por dizer mais uma vez estar farto de ser presidente da FPF e que só queria ir para casa. Pela primeira vez teve razão. Atenção que estamos a falar de um presidente da FPF que aceita fazer com Scolari, como os dois já confirmaram, um contrato no qual o seleccionador fica com o direito de sair no caso de o presidente da Federação cair. Também esteve lá um tal Laurentino Dias, um rapaz de mãos pequenas mas físico possante e cabelo cheio de laca. Só estorvou pois obrigou os técnicos de som a constantes ajustamentos nos graves e a uma preocupação permanente por pensarem que o som estava a arrastar ou que tinha mesmo pifado numa daquelas longas pausas laurentianas. Deus nos livre. Falta só falar de José Luís Arnault, ministro não sei muito bem de quê da União Europeia, que apresentou o seu revolucionário "Livro Branco" como se tal fosse a melhor erva que pudesse estar disponível no festival de Paredes de Coura. Como toda a gente sabe, é sempre mentira, o vinho tinto da tasca do tio Manel dá muito mais moca. Arnault foi um daqueles rapazes que, com Barroso, se pirou para Bruxelas, não foi? Enfim, uma noite televisiva em cheio, com o bónus de por momentos ter sido possível ver as cuecas da Fátima (que infelizmente não eram vermelhas como vestido). Gosto dela, foi minha colega no CFJ, já no século passado, e continua trepidante, para não dizer outra coisa.

domingo, setembro 03, 2006

O GRANDE LÍDER DA CLASSE OPERÁRIA

O homem que, segundo conta PC, assistiu em 87 à final de Viena de cachecol azul e branco ao pescoço, visitou a Quinta da Atalaia, onde o jornal "Benfica", perdão, o jornal "Avante" organiza a sua festa anual. Que diabo é vermelho também já PC o disse há muito tempo, embore não conste que tenha ficha no PC...P. Falta dizer apenas que o grande sucesso da festa deste ano não foi LFV mas sim o prato do dia e da noite de uma das famosas tasquinhas: "polvo com molho de cebolada e batatas a murro". Também se serviam pratinhos do mesmo...

alguém engoliu um apito dourado?


Não deixa de ser interessante ver a FPF a recorrer...aos tribunais para invocar o "interesse público" em suspender uma providência cautelar. Confusos? Também eu. Com a FIFA mais uma vez a mostrar as suas garras - embora com algum "bluff" à mistura... -, não acredito que os gilistas recuem. Barcelos não é uma pequena cidade "lá do Norte", como já proclamam alguns cronistas, alguns deles até dignos desse título. A Maria da Fonte também não era apenas mais uma mulherzinha "lá do Minho" e por causa dela Costa Cabral foi à sua vidinha, em meados do século XIX... Tudo se passou não muito longe de Barcelons, na Póvoa de Lanhoso e o caso deu também origem a uma guerra civil que durou 9 meses - a famosa "Patuleia". Ora cá está material que os bons cronistas deste país, que os temos, podiam aproveitar para nosso deleite, em vez se se centrarem na gaguez do sr. Fiúza ou nos pareceres dos amigos do sr. Desleal. Mas o melhor ainda está para vir, com algumas surpreendentes revelações. Por exemplo, sabiam que os clubes que ficaram de fora da Liga de Hermínio Loureiro tudo fizeram para avançar com uma lista com Bagão Félix à cabeça? Precisamente, o mesmo ex-ministro que quis penhorar alguns clubes que agoram o queriam apoiar... Diz Vieira ainda que a Liga "é um polvo" mas esquece-se que o Benfica faz parte da actual direcção da Liga, que foi o Benfica que indicou o seu director-executivo e que foi também o Benfica que sugeriu Luís Guilherme para a Comissão de Arbitragem, isto é, sou eu a pensar. Mais, o próprio Luís Filipe Vieira votou recentemente no homem que designa como "engenheiro-chefe" para a presidência da mesa da assembleia geral da Liga, lugar até aqui ocupado pelo declaradamente benfiquista juíz Adriano Afonso. E com isto me despeço no fim deste tépido domingo.

sábado, setembro 02, 2006

PORQUE HOJE É SÁBADO

Do Arquivo Nacional da Torre do Tombo
SENTENÇA PROFERIDA EM 1487 NO PROCESSO CONTRA O PRIOR DE TRANCOSO(Autos arquivados na Torre do Tombo, armário 5,maço 7)
"Padre Francisco da Costa, prior de Trancoso, de idade de sessenta e dois anos, será degredado de suas ordens e arrastado pelas ruas públicas nos rabos dos cavalos, esquartejado o seu corpo e postos os quartos, cabeça e mãos em diferentes distritos, pelo crime que foi arguido e que ele mesmo não contrariou, sendo acusado de ter dormido com vinte e nove afilhadas e tendo delas noventa e sete filhas e trinta e sete filhos; de cinco irmãs teve dezoito filhas; de nove comadres trinta e oito filhos e dezoito filhas; de sete amas teve vinte e nove filhos e cinco filhas; de duas escravas teve vinte e um filhos e sete filhas; dormiu com uma tia, chamada Ana da Cunha, de quem teve três filhas, da própria mãe teve dois filhos. Total: duzentos e noventa e nove, sendo duzentos e catorze do sexo feminino e oitenta e cinco do sexo masculino, tendo concebido em cinquenta e três mulheres". [agora vem o melhor:]"El-Rei D. João II lhe perdoou a morte e o mandou por em liberdade aos dezassete dias do mês de Março de 1487, com o fundamento de ajudar a povoar aquela região da Beira Alta, tão despovoada ao tempo e guardar no Real Arquivo esta sentença, devassa e mais papéis que formaram o processo".

sexta-feira, setembro 01, 2006

PALHAÇADA

O Conselho de Justiça (?) da FPF, tal como se esperava, não atendeu o recurso do Leixões, que se baseava numa lacuna da lei que a Liga, soube-se agora, até reconheceu. Quis porém o CJ considerar que academicamente o que não estava lá - o tal ponto único - é como se estivesse, pois constava de artigo idêntico do Regulamento de Competições relativo aos clubes da Liga de Honra. Mas interessante mesmo é verificar que o CJ afirma a necessidade "premente de acabar com a confusão/barafunda/balbúrdia/quase anarquia que se instalou no futebol português na sequência do Caso Mateus, onde bem patente está a falta de autoridade das instâncias desportivas". Ou seja, o CJ descredibilizou de uma só penada tudo o que está a montante de si...ou se calhar mais um bocadinho.

HITLER NÃO É GAY


1 - Hitler, afinal, não era gay.

2 - Há bigodes que enganam muito.

3- A sua namorada era a Greta e não a Eva.

4- Hitler não tinha aftas.

5- Hitler gostava do que é bom.

6 - Hitler morreu com o pescoço partido.

MISTÉRIO

Link para os regulamentos da Liga (arbitragem, disciplina e competições) desapareceu em combate do site respectivo. Procura-se morto (de preferência) ou vivo. Dá-se recompensa extra a quem encontrar a adenda sob o ponto 4 do artigo 86.º do Regulamento de Competições, juntamente com 3 pacotes de pastéis de Belém.

Por favor, não pisem os malmequeres!

  Ia escrever qualquer coisa sobre isto mas o João Freitas - um dos melhores jornalistas que conhece - tirou-me todas as palavras da boca. ...