sexta-feira, novembro 30, 2007

MANO A MANO


Está cerrada a luta pelo título de Melhor Comentador de Futebol lançada pelo BnA. Rui Santos está a correr de trás para a frente e ameaça já o líder António Tadeia. Rui está a 8 votos de Tadeia e leva Jorge Batista na cola. João Querido Manha está a ficar para trás.
Continuem que vão bem.

ONDE ESTÁ O WALLY?

VAI FORMOSA E BEM SEGURA



Já andava algum tempo a pensar em falar na Inês Gonçalves e uma passagem pelo Bola na Mesa avivou o assunto. Sim, concordo, é um verdadeiro canhão, não foi por acaso que o meu colega P. Santos, nos tempos da NTV, a baptizou de Pocaontas. E não, não concordo que a Inês a apresentar o programa da Champions da RTP retire brilho aos comentário do Tadeia. Aliás, que importância têm esses comentários se o assunto é a Inês.

Não sei se ela sabe muito, pouco ou nada de futebol.

O que sei é o que todos sabemos. Mais palavras para quê?

CRISE PROFUNDA

Hoje houve uma espécie de levantamento de rancho no Bessa. Os jogadores do Boavista retardaram em uma hora o início do treino matinal alegando continuar, ESTA ÉPOCA, com 2 meses de salários em atraso. Joaquim Teixeira, o novo presidente do clube, apareceu no fim do treino e explicou que nada foi resolvido devido à transição de poderes que está a ser efectuada. Não é uma boa notícia. Poder não paga dívidas. Dinheiro, sim. E cada vez menos estou a ver um clube que tem esta época uma média de 3.833 espectadores por jogo pode sair do buraco onde se meteu, com um passivo na ordem dos 70 milhões de euros. Só mesmo alguém que lhe consiga dar asas porque isto com caldeiras e produtos químicos pode não ir lá.

NÃO ACREDITO NISTO MAS HÁ QUEM GOSTE


O PROFESSOR K.

"Carlos, são dois maços de SG Ventil, por favor"!
Há misturas realmente explosivas. Sobretudo quando se juntam dois incontinentes.

Primeiro, Carlos Queiroz armado em dono do Manchester United a perorar sobre Miguel Veloso.

Depois, Filipe Soares Franco a dar demasiada importância às palavras do homem que descobriu porcaria na FPF e que inventou um projecto para o futebol português.

Para fechar, Queiroz, com "Z" refira-se, insinuou que Soares Franco bebe uns copos e que há que ter em conta a hora a que fala. Não foi o primeiro a ir por este caminho mas não lhe fica bem. No mínimo, devia respeitar o clube que um dia lhe deu uma superequipa com a qual pouco ou nada o ex-seleccionador da África do Sul e dos Estados Unidos nada conseguiu fazer, até ser asilado pelo apostador escocês.

Como diz um amigo meu, tudo isto começou a descambar quando as pessoas se convencerem que os professores de ginástica afinal são catedráticos de motricidade humana e de periodização táctica.

quinta-feira, novembro 29, 2007

NOTÍCIAS DE UNHAIS DA SERRA

Foto recente do novo empreendimento da IMB Hotéis, composto por Hotel & Medical SPA, Centro Termolúdico, Balneário Termal e Centro de Congressos, a inaugurar, em Unhais da Serra, com vista para a Torre, no início de 2008. Mais uma prova de que os portugueses sabem fazer. Vamos lá ver é se a neve aparece...

TEMPOS MODERNOS

Era uma vez uma aldeia onde viviam dois homens que tinham o mesmo nome: Joaquim Gonçalves.
Um era sacerdote e o outro, taxista. Quis o destino que morressem no mesmo dia. Quando chegaram ao céu, Săo Pedro esperava-os.
- O teu nome ?
- Joaquim Gonçalves.
- És o sacerdote ?
- Năo, o taxista.
Săo Pedro consulta as suas notas e diz:
- Bom, ganhaste o paraíso.
Levas esta túnica com fios de ouro e este ceptro de platina com
incrustaçőes de rubis.
Podes entrar.
- O teu nome ?
- Joaquim Gonçalves.
- És o sacerdote ?
- Sim, sou eu mesmo.
- Muito bem, meu filho, ganhaste o paraíso.
Levas esta bata de linho e este ceptro de ferro.
O sacerdote diz:
- Desculpe, mas deve haver engano.
Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote!
- Sim, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e...
- Năo pode ser! Eu conheço o outro senhor.
Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre!
Subia os passeios, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensőes policiais.
E quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ele recebe a túnica com fios de ouro e eu.....isto ?
- Năo é nenhum engano - diz Săo Pedro. Aqui no céu, estamos a fazer uma gestăo mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.
- Năo entendo!.
- Eu explico. Agora orientamo-nos por objectivos. É assim: durante os últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar. Resultados! Percebeste? Gestăo por Objectivos
!

» um contributo de António Duarte (Unhais da Serra)

MAU MAS CONTORNÁVEL

Confesso que depois de ver Lisandro na palhaçada com Lucho, no número conhecido dos Três Estarolas, e Jesualdo a comemorar o golo do argentino com um gesto de breack-dance fiquei com uma pulga atrás da orelha. Sobretudo porque deu para perceber que ainda faltava muito jogo e que o Liverpool estava com a corda toda. De qualquer maneira, o FCP continua a liderar o grupo mas agora terá pelo menos de empatar para assegurar a presença nos oitavos-de-final da Champions. Se perder, será UEFA pela certa e até pode pior pois, pelas minhas contas, se perder e OM e Liverpool empatarem é o FCP que fica atrás pois tem actualmente um score de 6-7 contra 6-5 do Marselha e 14-5 do Liverpool, equipa que até se arrisca a ficar fora da Champions com o melhor score do grupo...
O 4-1 final de Anfield Road tem um travo de humilhação e vem provar também que as festas se fazem no fim, mostrando ainda à saciedade as diferenças qualitativas entre o futebol inglês e o que se pratica na nossa paróquia, onde apenas nos podemos gabar de estar no pelotão da frente no número de telemóveis por 1000 habitantes (quase ela por ela). Bem, podemos morrer à porta dos hospitais ou atropelados por um energúmeno mas temos sempre a possibilidade de telefonar antes à nossa mãe.

FALTOU UM GOLO

...para o Benfica continuar a sonhar com a Champions. Uma grande exibição frente a uma superequipa não chegou. O Benfica quando muito poderá entrar na fase final da Taça UEFA, caso vença na Ucrânia (o que não será fácil). Acordou tarde o Glorioso, deixando nos seus adeptos um amargo de boca, sobretudo depois da exibição de ontem, quando mostrou que afinal a águia tem asas para voos de alta altitude.

100 ANOS

Como diz o Papa do futebol, largos dias têm 100 anos. Os da história do meu Leixões - que ontem assinalou a data centenária - tiveram sempre os dias, as semanas e os meses certos. Não precisamos de recorrer aos serviços do Topo Giggio para acelerar a nossa história. Nem de outras coisas... Embora com atraso, cá fica uma imagem da nossa história, a velhinha sede do Leixões, a Rua Roberto Ivens. Para quem não sabe, e eu não sabia até o Alberto me contar a história, uma antiga casa assombrada. As famílias que ali viveram duraram pouco tempo no primeiro andar. Pratos que se partiam, bebés que não existiam que choravam e árvores que mudavam de sítio foi o suficiente para que duas famílias ali não permanecessem mais de 3 meses. O Leixões por ali se sedeou durante muitos anos, com o ringue que conhecíamos por Filatético, onde eu joguei basquetebol (mini, obviamente). Mais tarde, o pavilhão foi baptizado de Siza Vieira, em homenagem a um grande atleta leixonense que morreu a treinar quando foi esmagado por uma placa de ferro. Era o irmão do arquitecto português mais premiado. O Leixões é assim: nem assombrações nem acidentes o podem parar!

quarta-feira, novembro 28, 2007

NECESSIDADES

» Um contributo de Pedro Coelho

MANEL, VOLTA, TÁS PERDOADO


Fechado o "enquete" sobre o sucessor de Scolari, BnA cede algum material de trabalho ao ex-governador civil de Aveiro. Manuel José é, numa amostra de 161 opiniões, claramente o preferido daqueles que chapinam neste charco, com 39% das preferências. Segue-se Carlos Queirós, com 23%. Curiosamente, Manuel Cajuda, mesmo de muletas e cadeirinha de rodas, ganhou ao sprint a José Mourinho: 19% contra 17%. Acredito que o último lugar de Mourinho se deve sobretudo ao cepticismo dos tugas quanto às opções a curto prazo do "The Special One", que já disse estar apenas interessado na selecção dita de todos nós quando passar a barreira dos 50 anos. Outro nomes podiam ser aqui chamados mas penso que estes são os mais expressivos. Fica o nosso contri...bruto.

terça-feira, novembro 27, 2007

ESTE PAÍS TODO ILUMINADO*


Portugal é o país que vacila entre a excelência intelectual de Vasco Pulido Valente e o snobismo simplificador do escritor Miguel Sousa Tavares?

Não.

Este é o país que vacila entre a prestação ao banco e um passeio às Caldas do Gerês.


O resto é palha.


Aliás, a biografia de VPV sobre Henrique Paiva Couceiro diz tudo quanto a este arte de ser português, como um dia lhe chamou Alberto Pimenta, quando tinha tempo de antena. É ver aí o Portugal que virou do século XIX para o XX quase uma fotocópia do Portugal hoje. É ver aí a raça do povo portuense, que conseguiu restaurar a monarquia durante 25 dias antes da longa noite de um fascismo tão brando que tanto podia durar 48 horas, 48 dias, 48 semanas, 48 meses ou 48 anos. Calhou durar 48 anos.


* CÁ ESTÁ O PRIMEIRO PRETEXTO PARA O HOMEM DA COCA-COLA

FALEMOS DE FUTEBOL

Punk, amigo, posso dizer-te que o dia começou praticamente com um tacho de arroz de marisco no Bar Azul, ali com o mar da Boa Nova à nossa disposição, hoje chão e azul, como o famoso bar que ali resiste e onde se pode jogar matrecos no exterior e comer caracóis e caracoletas no interior.
Posto isto, vamos ao que interessa. Não vou falar da violência dos gangues juvenis em Paris - fica à tua consideração, Moreira - nem da dona Manuela Eanes a defender que as criancinhas também têm direitos e podem acusar os seus papás nos tribunais. Nem vou falar da sondagem do corta-fitas sobre o melhor colunista portuuguês pois nem é bom falar numa coisa que não inclui o melhor português nas colunas de um jornal brasileiro (o João Pereira Coutinho, o pobre, claro). Também podia falar de mais uma expulsão no PCP mas a verdade é que isto já não é notícia - como as cimeiras entre Israel e a Palestina com um palhaço no meio ou o novo operador de rede móvel que os CTT vão lançar no final de Dezembro (é o 022, disse-me, obviamente em off-record, o meu carteiro).

Ok, há um canibal em Sintra e foi preciso uma explosão para se perceber que os prédios portugueses são mal construídos.

Mas vou falar só do Manchester United. Que esteve a perder e, com toda a tranquilidade, deu a volta ao resultado, mostrando a diferença que existe entre um clube desta dimensão e outros que trazemos por casa elevados a píncaros apenas fruto da nossa imaginação.
E vou falar também daquele jogador, Had, de um país do segundo mundo que no final pediu humildemente a camisola ao jogador que carimbou o triunfo dos ingleses - não por acaso Cristiano Ronaldo, produto apenas bruto das escolas do Sporting.

Hoje só quero falar do Manchester United. A equipa da minha filha Francisca. Do meu primo Miguel. Do meu tio António. E de metade da minha rua...sobretudo a que outrora torcia por um clube que se perdeu entre o Sporting e Portugal.

DIATRIBES

Ao que consta, o treinador Manuel Machado "agarrou o pescoço" do denominado agente FIFA Serafim Gamboa. Aconteceu no NorteShopping. Parece que o treinador se "passou" com as basófias do empresário, sobretudo quando este se auto-responsabilizou pelo facto de Machado ter ido treinar o Nacional da Madeira. É a vida, como diz alguém que eu conheço. É no que dá este cocktail que mistura dirigentes, empresários e treinadores, numa tal amálgama que por vezes não conseguimos distinguir uns dos outros. Acontecendo até vermos dirigentes que se confudem com empresários e empresários que se confundem com dirigentes. Aliás, a prova disso mesmo é quando os dirigentes deixam de o ser e passam a ser empresários e vice-versa. Também podemos acrescentar alguns jornalistas que viram empresários e depois dirigentes. Enfim, uma puta de uma confusão! É natural, por isso, que de vez em quando até os próprios percam a noção da realidade. No caso, parece-me que a Manuel Machado apenas saltou a tampa face à incontinência de um empresário que o grande público não conhece mas que os nossos dirigentes conhecem bem e Amuneke ainda melhor depois de ter recebido uns tantos sms. Com isto não estou a dizer que Serafim, como o nome indica, é um anjo ou até um demónio. Estou apenas a dizer que no nosso futebol a última fronteira há muito tempo que foi derrubada...

segunda-feira, novembro 26, 2007

PRIMEIRO REFORÇO

Foi apresentado agora mesmo. Álvaro Braga Júnior será na prática o director desportivo do Boavista. É um reforço. Perde-se o melhor comentador desportivo da nossa rádio, ganha o Boavista o reforço de um dirigente que já passou pelo Boavista, para além de Sporting, Farense, Imortal, Benfica, FC Porto e Rio Ave.

Boa sorte, Álvaro.
PS - Aconteceu no Bessa. Um grupo de notáveis vitorianos, encabeçado por Pedro Xavier, pediu bilhetes à direcção do Vitória, esta pediu a Joaquim Teixeira, este disse que sim e os notáveis ficaram à espera. Esclarecido o assunto, sobre a hora do início da partida, ficou-se a saber que "o senhor presidente da SAD não autoriza que se cedam convites". Quem manda ainda no Boavista, afinal?

FLOPS BENFIQUISTAS*


1ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- KING
2ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- HASSAN
3ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- NELO
4ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Rushfeldt
5ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- QUIM BERTO
6ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- TAHAR
7ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- PRINGLE
8ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- GARY CHARLES
9ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- DUDIC
10ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- EL HADRIUI
11ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- GEORGE JARDEL
12ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- PEIXE
13ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- BOSSIO
14ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- LUIS CARLOS
15ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- TOTE
16ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- MARCELO
17ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- PAREDÃO
18ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- TAVARES
19ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- EDILSON
20ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- THOMAS
21ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- AILTON
22ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- CANNIGIA
23ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- STANIC
24ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- EDNILSON
25ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- CRISTIANO
26ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- TONI
27ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- PORFIRIO
28ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- ARMANDO
29ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- AKWA
30ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- RONALD GARCIA
31ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- PAULO NUNES
32ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- DONIZETTE
33ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- GASTON TAUMENT
34ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- LEONIDAS
35ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- STEVE HARKNESS
36ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- GLEN HELDER
37ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- RUI ESTEVES
38ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- SIMANIC
39ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- ABAZI
40ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- ALEX (CENTRAL VENEZUELANO)
41ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- PAULÃO
42ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- PAULÃO(ANGOLANO)
43ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Panduru
44ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Cristiano
45ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Alex
46ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- André
47ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Uribe
48ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Bermudez
49ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Iliev
50ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Luis Gustavo
51ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Mauro Airez
52ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Jamir
53ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Jorge Soares
54ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Ronaldo
55ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Pembrige
56ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Escalona
57ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Rojas
58ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Sabry
59ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Toy
60ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Sergio Nunes
61ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Chano
62ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Cabral
63ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Julio Cesar
64ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Pesaresi
65ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Paulo Pereira
66ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Eder
67ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Zé Roberto
68ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Marinho
69ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Clovis
70ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Valdir
71ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Marcos Alemão
72ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Scott Minto
73ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Marco Freitas
74ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Nandinho
75ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Zack Thorton
76ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Lúcio Wagner
77ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Saunders
78ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Cadete
79ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Okunowo
80ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Macharidis
81ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- carlitos
82ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- João Manuel Pinto
83ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Amaral (Português)
84ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Kinkin Fonseca
85ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Marco Ferreira
86ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Beto
87ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Alcides da Venda
88ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Kariaka
89ª GRANDE CONTRATAÇÃO--- Moretto


* em em dez anos


Um (valioso) contributo de Ricardo Campos

sábado, novembro 24, 2007

EXAGEROS

Um cliente referiu o facto de aqui se ter dado pouco destaque ao europeu de futsal. Eu explico porquê: custa-me estar a falar de uma competição na qual a Itália, favorita ao título, se apresenta com 14 brasileiros naturalizados.

HAVIA LUZ NO MAR

Mas as 17.45 apagou-se. Ficou a lua.
Uf, voltou (18.03)
Tenho-vos a dizer que antes de vir para aqui passei pela casa Santos, onde me bati com uma sandes de iscas de bacalhau e um frisumo de laranja, pela módica quantia de 2,15 euros.
PS - Mais um empate para o Leixões, mais dois tiros no porta-aviões leonino. O meu amigo Luís Paulo veio de Famalicão e viu-se à nora para encontrar a entrada para o estádio - ele e mais umas centenas. No final, em conversa com o Fernando Correia, guru dos relatos radiofónicos, dei-me conta da sua desilusão em relação ao Sporting e à falta de talentos que acompanhem Veloso, Moutinho e Liedson. Ainda cheguei a casa a tempo de ver Luisão marcar de calcanhar no Calhabé e o sorriso de Domingos transformar-se numa cabeçada no acrílico que reveste o banco. O Benfica segue com a estrelinha, o Sporting que afinal desde o inicio da época lutava apenas pela Taça UEFA (Bento dixit, com tranquilidade) continua a perder lastro...

A VISÃO NEGRA DE RUI MOREIRA


Apesar de ser um homem muito condecorado, Rui Moreira desde há muito tempo que vem mostrando ser também um adepto do blogosfera. Foi, pois, sem surpresa que lemos, no Portistas de Bancada, um "relatório" seu sobre as contas do FC Porto. O "dono" do Palácio da Bolsa, no Porto, uma das jóias patrimoniais da Invicta, assume-se cada vez mais como potencial candidato à sucessão de Pinto da Costa, embora o facto de ser "paineleiro" possa não ajudar muito (ver o que aconteceu a Pôncio Monteiro). Diz Moreira, no PdB, que a situação económica da SAD do FCPorto para o futebol - sim, pois existe outra para o basquetebol - é "muito negativa". Segundo o presidente da Associação Comercial Portuense - não confundir com a Associação dos Comerciantes Portuenses da dona Laura - vive-se "uma situação aflitiva", com os custos de pessoal a não baixarem o previsto, e ainda a 4 milhões de euros do projectado, e com dívidas na ordem dos 50 milhões de euros também a ensombrarem as contas. Note-se que Moreira não fala de cor, fala na qualidade de membro do Conselho Superior do FC Porto e depois de ter acesso às contas e aos planos para a próxima época. Esclarece ainda que o FC Porto conseguiu, no último exercício, mais valias de 24 milhões de euros com a venda de jogadores, aqui não incluindo a mais valia de Pepe (28.7 milhões de euros) e também não entrando os 6.7 milhões de euros que o FC Porto pagou pelo restante de 50 % do passe de Lucho. Lamenta Moreira que face a um valor do plantel estimado em 80 milhões de euros, o mercado de capitais continue a não acreditar neste potencial, de aí resultando uma capitalização bolsista na ordem dos 30 a 40% do valor referido. As acções do FC Porto, aliás, estão próximas de um mínimo histórico, estando a ameaçar descer da marca dos 2 euros (recorde-se que, há já alguns anos, o mercado abriu com os papéis a valerem 5 euros). É este tipo de análises que, infelizmente, não conseguimos ler nos sítios onde elas deveriam ser feitas. Rui Moreira habituou-nos à sua frontalidade e tem a coragem para ler os números como estes devem ser lidos. E é assim também que se vai fazendo o caminho...

A realidade das SAD portugueses que operam no negócio futebol é, aliás, fácil de retratar. As socidades continuam despesistas (com mais despesas que receitas) e só conseguem ter resultados medianamente positivos quando vendem jogadores. E depois? Bem, é uma maneira de chegar lá, mas o risco sobe...

OS HERÓIS DO MULTIUSOS


Num tempo em que, na sua forma endémica, a hipocrisia campeia, as notícias sobre homens livres que abrem o coração e a alma independentemente do contexto e de eventuais castigos são sempre reconfortantes. Homens que falham como os outros homens mas que não se escondem nos seus complexos, nas suas tristezas, insuficiências e perfídias. Homens simples. Com memória. Com histórias. Com o "carácter agudo" de que Pulido Valente fala quando escreve sobre Paiva Couceiro, herói português do início do século XX (que já lá vai). Ora, nos tempos que correm um "carácter agudo" é algo de bestialmente perigoso para os defensores da ordem estabelecida, onde vivem numa hierarquia complicada mas na qual se sentem confortáveis. Reparem que não estou a falar de nada, estou a falar de tudo. Não sabemos o que aí vem mas bom não deverá ser. A competição é feroz e a literatura de cordel sobre os diversos métodos para vencer na vida desprezando qualquer valor humano fazem temer o pior. Haja esperança nas novas gerações, se estas porventura conseguirem abstrair-se dos sms, dos computadores e das praxes académicas. Confesso: é uma esperança apenas teórica, que permanece como uma chama de vela que tenta manter-se acesa no meio de uma tempestade. Ok, é sábado, saltei cedo da cama, não encontrei novidades nos jornais e o melhor que consegui foi tomar o pequeno almoço com o canal História, vendo um documentário sobre os vinhos da Califórnia que agora podemos comprar no Lidl por 2,5 euros. É penoso viver num país que acha que é importante discutir a presidência da RTP e onde prédios de papel quase implodem devido a uma simples explosão de gás. O país das refinarias radioactivas (sim!), dos presidentes de Câmara refugo dos refugos da política, dos parlamentares que tentam disfarçar carecas com 3 fios de cabelo na testa, dos falsos juízes, do capitão Roby e da Dona Branca, da "Catherine Deneuve" e das fotocópias, dos militares que saem apenas dos quartéis em protesto salarial (como, afinal, em Abril de 1974), da pequena Maddie e do pequeno Rui Pedro, dos meninos da Casa Pia que dão o cuzinho, dos pseudo deuses da economia que fazem o que querem dos ministros, do aplauso ao monocromatismo de uma estação como a Sic Notícias, do monopólio das transmissões futebolísticas...enfim, resumindo tudo numa frase de Luís Marçal, durante a transmissão do Portugal-Espanha, em futsal, daquele país de "heróis do Mar de quinhentos" que se transformou no "país dos heróis do multiusos" (de quinhentinhos) pouco antes de se apanhar a ganhar por 2-0 e começar a jogar para trás até perder nos penáltis. Confesso, Luís, pode não ter sido uma parábola feliz - mas acertou na mouche!

PS - A Filipa serve apenas como elemento decorativo. Também está bem.

LAPIDARES de MANUEL MACHADO (1)

«A aceitação do resultado é uma posição de razoabilidade.»
Leiria, 24/1/2007

sexta-feira, novembro 23, 2007

OREMOS

Um contibuto de António Duarte (Unhais da Serra)
Ó meu rico Santo António
Meu santinho Milagreiro
Vê se levas o Zé Sócrates
P'ra junto do Sá Carneiro
Se puderes faz um esforço
Porque o caminho é penoso
Aproveita a viagem
E leva o Durão Barroso
Para que tudo corra bem
E porque a viagem entristece
Faz uma limpeza geral
E leva também o PS
Para que não fiquem a rir-se
Os senhores do PSD
Mete-os no mesmo carro
Juntamente com os do PCP
Porque a viagem é cara
E é preciso cultivar as hortas
Para rentabilizar o percurso
Não deixes cá o Paulo Portas
Para ficar tudo limpo
E purificar bem a coisa
Arranja um cantinho
E leva o Jerónimo de Sousa
Como estamos em democracia
Embora não pareça às vezes
Aproveita o transporte
E leva também o Menezes
Se puderes faz esse jeito
Em Maio, mês da maçã
A temperatura está boa
Não te esqueças do Louça
Todos eles são matreiros
E vivem à base de golpes
Faz lá mais um favorzinho
E leva o Santana Lopes
Isto chegou a tal ponto
E vão as coisas tão mal
Que só varrendo esta gente
Se salvará Portugal
E como o carro vem vazio
E é preciso poupar
Traz de volta o nosso tio
O Professor Salazar
E para este não vir sozinho
Mais um ou dois não faz mal
Por também fazer falta
Traz o Marquês de Pombal!

VÁ, DÊEM UMA MÃOZINHA*

É um desafio que deixo a este vasta e variagada clientela: mandem as vossas postas, as vossas fotos de telemóvel, os vosso vídeos, lixo informático, cachas, cartas de amor, curiosidades. O editor agradece e assim pode descansar um bocadinho.


Tudo para o e-mail: eugeniokeiros@gmail.com


* que não é penálti


O RAPAZ DE QUEM SE FALA


Fiz uma aposta com uns amigos. É a seguinte: quanto tempo vai durar Paulo Barbosa como empresário de Miguel Veloso? Nenhum dos meus amigos se chama Jorge ou tem por apelido Mendes.


quinta-feira, novembro 22, 2007

NÃO TENTE FAZER ISTO NA A 1

MAIS UM DO J. PUNK, O NAZI


SABES QUE ESTÁS A VIVER EM 2007 QUANDO...
1. Acidentalmente introduzes a tua password no microondas.
2. Há anos que não jogas paciências com cartas de papel.
3. Tens uma lista de 10 números de telefone para falar com a tua família de
três pessoas.
4. Envias um mail ou ligas-te ao Messenger para conversares com a pessoa
que trabalha na mesa ao lado da tua.
5. A razão porque não falas há muito tempo com alguns familiares é
desconheceres os seus endereços electrónicos.
6. Usas o telemóvel na garagem de casa para pedir a alguém que te ajude a
levar as compras.
7. Todos os anúncios da TV têm um site indicado na parte inferior do ecrã.
8. Se te esqueces do telemóvel em casa, coisa que não tinhas há 20 anos,
ficas apavorado e voltas para buscá-lo.
10. Levantas-te pela manhã e quase que ligas o computador antes de tomares
o pequeno-almoço.
11. Conheces o significado de lol, tbm, qdo, xau, msm, dps...
12. Não sabes o preço de um envelope comum.
13. Para ti ser organizado significa ter vários bloquinhos, uma agenda
electrónica ou coisas do tipo.
14. A maioria das anedotas que conheces, recebeste por mail (e ainda por
cima ris-te sozinho...).
15. Dizes o nome da firma onde trabalhas quando atendes o telefone na tua
própria casa (ou até mesmo o telemóvel!).
16. Marcas o "0" para telefonar de tua casa.
17. Vais para o trabalho com preguiça quando o dia ainda está a clarear e
voltas para casa quando já escureceu de novo.
18. Quando o teu computador pára de funcionar, parece que foi o teu coração
que parou.
19. Estás a ler esta lista e estás a concordar com a cabeça e a sorrir.
21. Estás a concordar e tão interessado na leitura que nem reparaste que a
lista não tem o número 9.
21. Foste verificar se é verdade que falta o número 9 à lista e nem viste
que tem dois números 21.
22. AGORA ESTÁS-TE A RIR CONTIGO MESMO...
23. Já estás a pensar para quem vais enviar esta mensagem.
24. Provavelmente agora vais clicar no botão "Reencaminhar"...
É a vida... Fazer o quê? Foi o que eu fiz também...
POR ISSO SABES QUE ESTÁS A VIVER EM 2007

PONTO DE ORDEM

Como já todos entenderem, o filtro de comentários neste blogue é bastante suave, pois o autor entende que a liberdade de expressão nem sempre acaba quando começa o respeito pelos outros. De qualquer maneira, há limites para tudo. E continuo a achar extraordinário que alguns comentadores, conhecendo como conhecem o autor e o contexto em que se movimenta, continuem perplexos com o facto de algumas postas irem parar ao arquivo geral do BnA. Sinceramente, pensei que eram pelo menos um bocadinho inteligentes...

BnA fala com Ana Malhoa sobre futebol

BnA - Obrigado Ana por teres acedido responder a algumas perguntas nossas...
ANA MALHOA - De nada, querido. Sei que és meu fã desde o Buereré.
BnA- É verdade, confesso. E durante muitos anos tive uma foto tua colada no meu computador, até que a informática a mandar retirar...
AM - Mas porquê? Não tenho vírus, filho.
BnA - Olha, não interessa. São uns tipos muito complicados. Adiante: diz-me lá quem é o teu jogador preferido para além do Cristiano Ronaldo?
AM - Aquele do pénis esquisito...
BnA - ????
AM - O Nani.
BnA - Mas conheces a peça?
AM - Não, só de ouvir falar...
BnA - Pois, consta.
AM - Às vezes ponho-me a imaginar como será...
BnA - Bem, Ana, voltando à pergunta...
AM - Ah, desculpa, tava a imaginar... Gosto muito do João Pinto mas respeito a Marisa.
BnA - E treinadores?
AM - Sem dúvida nenhuma, o Manuel Machado. Aquela bigodaça pimba...
BnA - Achas que há corrupção na arbitragem?
AM - Que ideia! Gosto muito dos árbitros, sobretudo aquelas das coxas grossas....
BnA - ????
AM - O da fruta.
BnA - Andas informada...
AM - Tenho de conhecer o meu público!
BnA - Quanto ao Scolari...
AM - Adoro. Para além do bigode, claro, faz-me lembrar aquele actor de Hollywood que faz sempre papéis de mauzão. Gostos deles assim.
BnA - Consideras-te a maior sex symbol portuguesa?
AM- Depois do Zé Castelo-Branco, sim.
BnA - Se estivesses no lugar daquela pivot da SIC que em directo apanhou com um telespetador a dizer que ela era boa como o milho e que ia tocar um pívia em sua honra, o que terias feito?
AM - Tirava as cuecas, como agora. O prazer é sagrado.
BnA - Finalmente, o que pensas da Carolina Salgado?
AM - É minha amiga, conheci-a em Silicone Valley.
BnA - Obrigado, Ana, sabes que podes continuar a contar com a minha dedicação pois és boa e até estava tentado a, se deixares, bem...


E mais não digo.


BORA LÁ QUE É MUITA LOUCO!

Ainda vai a tempo. Atenção, é em Lisboa, na zona da (Luís) Graça!

FORÇA, TI MANEL




O Ti Manel é um treinador tão interactivo que até corre o risco de ser lesionado pelos seus jogadores, como aconteceu quando chocou com Moreno. As melhores, mister, pois sei que de vez em quando passa por aqui. Hoje, Cajuda orientou o treino de cadeirinha de rodas, o que está longe de ser um momento inédito da série "treinador handicapado", desde que António Oliveira orientou a equipa nacional, no Mundial da Coreia/Japão, de muletas.

A verdade é que em terra de cegos até um coxo é rei, não é?

O FABULOSO


Luís Fabiano passou pelo FC Porto como um cometa. O homem que aqui chegou com o epíteto de "O Fabuloso" apanhou a ressaca de Gelsenkirchen, durante dois meses viveu o drama de ter a mãe raptada e acabou por não justificar os ainda assim curtos 1,8 milhões de euros que o clube portista pagou por 25% do seu passe. Hoje em Sevilha, Fabiano voltou também ao escrete e até já marca, assim se provando que há jogadores que não triunfam muitas vezes porque são prejudicados por um contexto. No caso de Luís Fabiano, vários factores de juntaram para permitir que fracasse no FC Porto, algo que só hoje pode ser verificável. Não quero com isto desculpabilizar determinar contratações feitas no escuro, quero apenas dizer que esta, no Fabuloso, estava longe de ser um tiro para o ar.

PC e SCOLARI

A presença de Pinto da Costa, na companhia da filha Joana, no Portugal-Finlândia representa o início de uma trégua entre o presidente do FC Porto e uma selecção de Scolari em fim de ciclo. Sempre disse, e repito, que há mais coisas a unir o presidente do FC Porto e o seleccionador nacional que a separá-los. Aconteceu simplesmente que ambos têm personalidades fortes, tendo sido Scolari o primeiro a abrir a frente de combate quando arrumou Vítor Baía da selecção, antecipando, de certo modo, uma decisão do próprio FC Porto, se calhar até ajudando a acelerá-la. Parece-me que, independentemente da categoria e da carreia de Baía, hoje ninguém se pode queixar de Ricardo-guardador-de-balizas-da-selecção e de Helton-guarda-redes-do-FC Porto. Ninguém foi uma força de expressão, dou de barato.

TAMOS LÁ

Hoje, na minha tertúlia, estavam todos com Scolari. Para além de considerações tácticas, o colectivo percebia a fúria e a raiva do seleccionador nacional na conferência de imprensa que abandonou. Têm razão. O que estava em causa não era a qualidade do jogo produzido pela equipa portuguesa frente à retraída Finlândia mas sim o efeito da estratégia. Vamos a mais uma fase final de selecções, a segunda conquistada por Scolari, depois do Mundial 2006 e do vice-campeonato no Euro 2004. Querem mais? Repare-se: estivemos no Mundial de 66, só lá voltamos 20 anos depois, depois de um brilharete no Euro 84. Depois, com Oliveira, no Euro 96, em Inglaterra, também honramos a camisola e o mesmo aconteceu, com Humberto Coelho, no Euro 2000. Pelo meio falhamos o Mundial de 98 mas voltamos a estar no Mundial, em 2002, na Coreia/Japão, onde foi a desgraça que todos conhecemos e que o António Boronha tem fundamentado (e bem). Ou seja, a selecção portuguesa afirmou-se nos últimos dez anos como uma selecção de top, falhando apenas um apuramento em sete. O que é que querem mais? Scolari, já se sabe, coloca um ponto final no seu percurso no comando e Portugal após o Euro 2008 e o meu colega José Carlos Freitas então irá contar, em forma de livro, as histórias que apenas foram sussurradas (ficamos à espera, com ansiedade). Mas o que fica desde já é a marca Scolari. Não estou a falar da Caixa ou do dinheiro em caixa. Estou a falar simplesmente do carisma de um condutor de homens MUITO BOM e de um treinador que não inventa e que sabe ganhar. Obrigado, pois, Luís Felipe. Era apenas isto que te devíamos ter dito quando acabou o Portugal-Finlândia.

TOMA LÁ E EMBRULHA


O impensado desastre inglês pelo menos tira uma dor de cabeça à UEFA: os hooligans. Sim, porque eles existem, apesar de toda a exaltação à volta do "association", o tal campeonato maravilha que, com a sua política galáctica, falha apuramentos. Favoritos para a sucessão de McLaren? Os do costume: Jose Mourinho 4-1; Martin O'Neill 5-1; Luiz Felipe Scolari 7-1; Guus Hiddink 8-1; Fabio Capello 10-1; Stuart Pearce 12-1; Alan Shearer 12-1; Sam Allardyce 16-1; Marcello Lippi 16-1; Harry Redknapp 16-1; Alan Curbishley 16-1.


TUDO (5)


Tamos no Euro 2008. Custou mas foi. Um bom lance táctico de Scolari - aposta em cheio em Pepe e Meira a trinco ao lado de Veloso. No final, uma festa comedida dos jogadores. Simão, com azia, não falou. Ronaldo, embora com pressa, foi de uma simpatia extrema, apesar da patada que levou. Quaresma queixou-se dos adeptos e da crítica.

quarta-feira, novembro 21, 2007

TUDO OU NADA (4)

Vai ser sofrer até ao fim.

TUDO OU NADA (3)

Surpresa: Pepe no onze. Portugal vai entrar com o madridista, Bruno Alves, Fernando Meira e Miguel Veloso. Nuno Gomes estará no eixo do ataque. Mas o que é isto?

TUDO OU NADA (2)

Uma hora antes do jogo, eis Pinto da Costa a assomar na zona de imprensa, vindo da SAD, ali ao lado. O líder e criador dos dragões vai ver o jogo...

TUDO OU NADA (1)

A presença do Pai Natal, como se sabe cidadão da Lapónia, no Dragão uma hora e meia antes do jogo não é propriamente um bom auspício...

ÁGUEDA

Jogo das esperanças em Águeda e oportunidade para revisitar um local que já foi, embora de forma perene, de primeira. Um estádio bem remodelado com a desncessária pista de atletismo. Um jogo fraco. Uma Inglaterra bem mais poderosa que Portugal. Moutinho, em inferioridade física, não chegou. O empate final acabou por ser o pior dos males. Na equipa portuguesa, destaques pela positiva para o guarda-redes Ricardo Batista, que já não mora cá, para o central portista Nuno André Coelho e para a capacidade técnica de Paulo Machado. E pouco mais...
PS - O melhor acabou por ser o aperitivo: o leitão no João, pois não!

COUVES PRÒS XUXAS

Um contributo de J. Punk
Em Várzea de Meruge - Seia , Serra da Estrela - a população cansou-se de pedir ao presidente da Junta que reparasse o piso de uma rua.Vai daí, decidiu plantar couves nos buracos... e agradecer ao presidente xuxualista.

DIA DE PORTUGAL

É hoje, no Dragão, que Portugal decide a sua presença no Euro 2008. Um ponto basta mas a Finlândia precisa de ganhar... Todos concordam que a equipa de Scolari, e de quase todos nós, fez um percurso medíocre e só por isso chega a esta altura sem o carimbo no passaporte. A exibição contra a Arménia foi decepcionante, o resultado não. É o que peço mais uma vez. Espectáculo? Bah! Um empatezinho chega...enquanto, acredito, muitos estarão também a preparar as suas garrafinhas de espumante para festejar uma eventual vitória da equipa do país da Nokkia.

BIBOTA












Não são muitos os clubes europeus que se podem orgulhar de contar nas suas fileiras com um bibota de ouro. É o caso do FC Porto e de Fernando Gomes. Depois de mais de 15 anos de "divórcio" entre a instituição e o fabuloso goleador que marcou 288 golos em jogos do campeonato com a camisola azul e branca, finalmente foi feita uma trégua. Gomes foi chamado para festa dos 20 anos da conquista da primeira Taça dos Campeões, na época em que o n.º9 era capitão da equipa, tendo marcado golos decisivos na caminhada para Viena, onde não jogou porque fracturou a perna. Gomes acabaria por ser sair do FC Porto com um empurrão de Artur Jorge e outro de Octávio Machado e como pensava que não estava finito foi ainda jogar duas épocas no Sporting, onde marcou quase 40 golos. Só o tempo determina quem são os ídolos que perduram e parece que o tempo já confirmou Gomes como um dos grandes heróis do FC Porto. Ei-lo na passada semana, passeando no mercado de Pretória (África do Sul), onde esteve como convidado de honra da casa do FC Porto naquela cidade. Ao lado de Baía, Gomes assume-se cada vez mais como um dos embaixadores do portismo.




terça-feira, novembro 20, 2007

O DIA SEGUINTE

Ontem, no "Dia Seguinte" da SIC, Dias Ferreira aproveitou o tempo de antena para tocar num ponto importante. Recordando o caso Francisco Silva, que ficou conhecido por "Penalfielgate" e que foi uma cacha jornalística de João Freitas, hoje administrador do Boavista e então repórter de A BOLA, o conhecido advogado lisboeta referiu que os dirigentes da FPF preferiram analisar a ponta do icebergue, pois havia matéria suficiente para chamar alguns figurões do nosso futebol à pedra. Ainda hoje se está para saber, a outro nível, como é que um conhecido personagem de um clube grande apanhado nas escutas não foi constituído arguido. Perante algum embaraço de José Guilherme Aguiar, também Fernando Seara teve um bom momento quando comparou os níveis de corrupção dos árbitros de Viseu a outros. Sim, porque nada tem de especial um árbitro pedir 500 euros quando recebe apenas 50 euros da sua associação por cada jogo, está ao nível dos 1000 euros da tabela da I Liga e dos 25 mil de que falou, sabe-se lá porquê, Seara num programa que finalmente teve alguma vivacidade.

TÁ-SE BEM


Um contributo de J. Punk

segunda-feira, novembro 19, 2007

TATOO

Um contributo de José Manuel Simões Lopes Lucho, ainda tens de comer muita boroa.

SEMPRE ÀS ORDENS

http://o-andarilho.blogspot.com/2007/11/colquio-futebol-espectculo-desportivo.html

ESTES GAJOS SÃO IMPORTANTEssssss

Chegada do autocarro Galp Energia hoje ao Porto. Chovia e os adeptos que aguentavam à chuva foram defraudados. Polícias e seguranças deixaram os craques bem longe da populaça e dos jornalistas. Tantos curso de marketing e de relações públicas para isto...

RADICALISMO

Um contributo de António Duarte

AS MENINAS DO PREÇO CERTO


TESTE LINGUÍSTICO

Aí vai um desafio para quem quiser testar seus conhecimentos de língua Portuguesa. Trata-se de um teste realizado em um curso na AmericanAirlines. Na frase abaixo deverá ser colocado 1 ponto e 2 vírgulas para que a frase tenha sentido. PENSE antes de ver a resposta que está no final da página. Afinal, assim não seria um teste. Com esta nenhum americano ou brasileiro passa.

MARIA TOMA BANHO PORQUE SUA MÃE DISSE ELA PEGUE A TOALHA.

* um contributo de VÍTOR OLIVEIRA

domingo, novembro 18, 2007

MANUEL JOSÉ, O PREFERIDO

O inquérito aqui lançado, e que está longe de terminar, está a revelar uma clara preferência dos adeptos portugueses de futebol por Manuel José como sucessor do intratável Scolari (cujo enfado foi evidente sempre que, sábado, as câmaras naturalmente o focaram nos camarotes do Municipal de Leiria). O "faraó" recolhe 37% das preferências, disparando do pelotão quer por ora Carlos Queirós comanda com 21% de clicks. Bem perto, Cajuda (18%) e Mourinho (17%). Não sei se o score do "Special One" está a ser influenciado pelo facto de muitos intuirem que ele só quer pegar na selecção lá para 2017...mas gostava de saber, caso contrário podemos estar perante um curioso fenómeno!

DETALHES DECISIVOS

Os dois jogadores portugueses - Bosingwa e Hugo Almeida - que sábado colocaram Portugal a um passo (ou um ponto) da fase final do Campeonato da Europa têm traços comuns. Um deles, Bosingwa, é pedra nuclear do FC Porto (talvez mais a atacar que a defender), o outro passou por lá sem se conseguir afirmar como o matador da equipa mas rendendo 4 milhões de euros aos cofres portistas. Mais, ambos despontaram em clubes-mães-de-aluguer: Bosingwa no Boavista, Hugo na Naval. O segundo foi pescado mais cedo que o primeiro mas o protocolo é o mesmo e tem sido cumprido com sucesso pelo FC Porto, o melhor clube português a pescar à linha, chamando para o seu sector de formação jogadores que outros clubes formataram. São estes detalhes que muitas vezes fazem a diferença. No campo e na tesouraria. Apitos dourados à parte...

HONESTIDADE INTELECTUAL


Hélder Conduto e António Tadeia deram sábado à noite mais uma prova de grande honestidade intelectual num jogo que podia ter sido muito complicado se o árbitro inglês Mike Riley, um dos tais profissionais, tivesse assinalado, aos 34', uma grande penalidade contra Portugal, quando Ricardo mergulhou para a bola, não chegou a ela e acabou por derrubar com a cabeça um avançado da Arménia. Tadeia numa primeira análise entendeu que o jogador arménio se aproveitou do lance, Conduto desde logo deixou margem para dúvidas. Depois do intervalo, devem ter revisto o lance e, então sim, ambos concluíram que era motivo para grande penalidade. Nem sempre é fácil sobretudo quando os próprios jogadores se empenham mais em simulações que propriamente em jogar à bola, como é o caso sistemático de Ricardo Quaresma [no lance acima o árbitro assinalou falta e livre perigoso para Portugal] também quando usa e abusa das trivelas em vez de olhar para o exemplo de Bosingwa, pois é assim que se tira um cruzamento: cortando bem a bola para a área.

sábado, novembro 17, 2007

O BURACO [de 111 milhões de euros] DA PONTINHA


Quando se fala tanto em contenção de custos - sobretudo com pessoal... -, ficámos todos a saber que os quatro 4 quilómetros de auto-estrada que ligam a Buraca à Pontinha custaram 111 milhões de euros, muito mais que alguns estádio da zona Euro. Evidentemente, com isto o Instituto de Estradas, para onde enviaram o Almerindo depois de uma boa prestação de serviços na RTP (onde o seu despedimento acabou por ser, ironicamente, anunciado por José Rodrigues dos Santos), espera desviar 40 mil viaturas da Segunda Circular. Presumo que o empreiteiro que deu finalmente alguma pontinha à Buraca ou algum buraco à Pontinha ficou bem na vida, quanto ao tráfego automóvel dos lisboetas apenas se confirmou o que já sabíamos pelos noticiários: é um imperativo nacional enquanto pela província os autarcas se divertem a fazer rotundas (Viseu, Coimbra, S. João da Madeira, Tondela...ui, já estou tonto, tirem-me daqui!), a comer as secretárias e as mulheres a dias e a colocar painéis nas obras que irão inaugurar no dia de S. Nunca de madrugada depois da honrosa genuflexão ao poder central que às vezes lhes distribui umas tantas migalhitas...

APITO NO DOURO







Depois de duas noites mal dormidas e de 640 quilómetros, eis-me de regresso à base para rematar a primeira fase do Apito no Douro ou Operação Viriato ou Viseugate (escolham o nome que preferirem). Como todos perceberam, trata-se de arraia miúda mas o exemplo apesar de vir debaixo tem o seu valor. O Conselho de Arbitragem da AF Viseu não quis pactuar com mentiras e pôs pés ao caminho com a ajuda do treinador-polícia do Viseu e Benfica (cum raio, o Benfica tem de estar sempre metido nestas denúncias...), de um árbitro e de um dirigente. Só assim foi possível dois árbitros com as mãos na mesa (250 e 500 euros, respectivamente), bem assim como dois dirigentes do Sporting...de Lamego (ups!). Os quatro estão indiciados de corrupção desportiva, veremos se o caso não acaba como o do Aguiar da Beira, mas essas são contas de outro rosário, por ora o que vale é o efeito profilático. Nesse entretanto, deu para visitar a bela cidade de Tondela e também Parada de Gonta, a terra dos árbitros, onde também nasceu Tomás Ribeiro, estadista, escritor e jornalista do século XIX. Em frente ao tribunal de Tondela pude apreciar um dos mais belos monumentos à presença, desastrosa, dos portugueses na I Grande Guerra Mundial. Portugal reserva-nos sempre este tipo de boas surpresas. Não é preciso ir de charter para Cancun...




Por favor, não pisem os malmequeres!

  Ia escrever qualquer coisa sobre isto mas o João Freitas - um dos melhores jornalistas que conhece - tirou-me todas as palavras da boca. ...