AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, julho 21, 2009

A NOSSA LIGA

Não há muitas expectativas quanto ao próximo Campeonato Nacional.
Expurgado o Estrela da Amadora, outras equipas ligadas à máquina enfrentam uma época difícil. Metade do pelotão está em claro défice, exposto, exausto, debilitado, frágil, nivelando o campeonato perigosamente muito por baixo.
Cada vez é claro que 16 equipas é demasiado se quisermos uma competição digna desse nome.
Apenas uma das duas regiões do país, a da Madeira, está a conseguir manter duas equipas num nível acima da média, o que é um esforço apenas possível porque existe Jardim há muitos anos na Pérola do Atlântico. Os Açores estiveram quase a recuperar a posição perdida e são grandes candidatos a uma vaga.
Quanto ao resto do país, é o que se conhece.
No Porto, pulmão comercial e industrial do país, Salgueiros e Boavista saíram de cena. Resta um Leixões tocado para a frente graças à engenharia financeira de um homem (Carlos Oliveira) que pode ser apertado em breve pelas malhas da política.
Vila do Conde lá conseguiu manter o seu Rio Ave, sempre com o dedo de Mário de Almeida. A Póvoa, com outra massa crítica, vive numa crise da qual não dá sinais de poder sair.
O Paços de Ferreira, por seu lado, é provavelmente a única equipa portuguesa com uma gestão racional e sobrevive também por isso, ajudando também o facto de ter apostado num treinador que sabe o que faz. Não é um Ikea que acaba com a tradição dos marceneiros.
Em Braga, a gestão de Salvador está também algo dependente do que vai acontecer a Mesquita Machado nas próximas eleições. Pela primeira vez o alcaide bracaraugustano treme e teme.
Em Guimarães, Emílio Macedo joga a sua última cartada, cada vez mais pressionado pelos históricos do clube, ou seja, por Pimenta Machado. O clube não consegue resolver o seu passivo e não tem "massa" para ambicionar mais, estando a correr claramente atrás do seu rival minhoto. Do que é sintomático o sublinhar do presidente, durante a apresentação, quando lhe perguntei se corria por um dos primeiros quatro lugares ou cinco. "Cinco, cinco", frisou bem o líder vimaranense. Esclarecedor, pelo menos para mim.
Curiosamente, em pézinhos de lã a zona centro parece sobreviver à crise.
Aprígio Santos continua a alimentar a Naval graças também a uma aposta firme em Ulisses Morais, um Jorge Jesus mais musculado e um homem que respira futebol.
Em Coimbra, capital estratégica da nação desde Afonso Henriques, as chamadas forças vivas continuam a contribuir para alguns problemas do clube mas José Eduardo Simões tem sabido resistir às ofensivas inofensivas.
Mais abaixo, em Leiria, João Bartolomeu conseguiu mais um milagre. O "Cigano", está visto, não pode ser menosprezado, O Grupo Lena também vai dando uma ajuda enquanto a presidente da Câmara faz uma cura do Apito...
Na capital e nos seus termos, para além de Benfica e Sporting resta o Vitória de Setúbal - provavelmente a equipa primodivisionária mais dependente da "máquina", a viver uma vida artificial. Uma equipa que não pode dar nem um passo em frente nem um à retaguarda pois anda na borda de dois abismos.
Ok, o Algarve está de volta. O que se saúda. O reino dos Algarves tem por si só capacidade para manter uma equipa estabilizada neste escalão mas está retalhado por rivalidades e a crise também já ali chegou. Veremos se é desta que se afirma na I Divisão.
Quanto ao interior do país, é a desolação que se conhece. Vamos ver se o Desportivo de Chaves consegue subir mais um degrau pois trás-os-montes merece futebol de primeira. Nas beiras, a única esperança reside na Covilhã - o que é pouco, quase nada. O Alentejo, esse, demitiu-se desta guerra há muito tempo.
O panorama não é animador. Talvez por isso tivemos há pouco tempo Pinto da Costa a falar numa Liga europeia. De facto, o FC Porto há muito tempo que está acima desta mediocridade. É o oásis deste deserto.

34 comentários:

Valdemar disse...

Uma liga Europeia?

Mas continuavam a emprestar legiões de jogadores às equipas da liga nacional? É que o objectivo da coisa deixava logo de fazer sentido.

E os apitadores da tal liga Europeia? Seriam influenciáveis?

Não caríssimo e ingénuo Queirós. Pinto da Costa nunca fará o FCP jogar numa liga dessas: mais vale ser o reizinho da melhor equipa entre as medíocres, como lhes chama, do que um medíocre entre as melhores.

De que outra forma se alimentaria o ego das gentes do Porto?

Fica aqui a promessa: eu Sportinguista, serei streaker no hipotético primeiro jogo dessa tal liga realizado no estádio do Dragão. Nem que tenha 80 anos à altura.

Tenho dito.

zefidalgo disse...

Adorei a frase "...no Porto, pulmão comercial e industrial do País..."!
Pode dizer-nos em quanto (impostos) o Porto e toda a região Norte contribuem para o enriquecimento e engrandecimento de Portugal?
Se me dissesse, no Porto e na zona Norte, zona onde mais se explora os trabalhadores e onde existe o maior indice de analfabetos, aliado à maior densida de Ferraris, Mercedes, BMW's etc eu acreditava!
No distrito de Setúbal estão localizadas as industrias que mais contribuem para a riqueza nacional no entanto só um clube resiste na 1ª liga...dizer que Setúbal pertence a Lisboa equivale a dizer que o Porto é a capital de uma provincia Espanhola, vossa grande ambição desde a guerra 1383/1385 em que aquele desgraçado do Nuno Alvares Pereira vos furou os intentos...

carlos disse...

Portugal devia ter na 1ª divisão 12 equipas com o campeonato a 4 voltas, tipo Escócia.

Mas depois iam ser 44 jogos e os clubes eram capaz de se começarem a queixar de fazerem muitos jogos...

Anónimo disse...

Ó Zégalgo:perdigueiro "vira latas".
És um ex-Magrebe.
Se não fosse os verdadeiros
portugeses do Norte;ainda hoje
andavas a vender Tapetes.

O PORTO È GRANDE VIVA O PORTO.

Anónimo disse...

Apenas 2 notas para um post que poderiater sido escrito por um atrasado mental, se calhar é

- 16 equipas a mais, deve ser mesmo, por este andar é fazer só com 3 em 40 voltas

- Setubal na capital ? e o Belenenses ? é de onde ? de Vila Nova do Assobio ?

Já vi chamar tudo do Geninho e ele nem pia

Deve estar habituado e levar e calar, o papa manda e ele baixa as orelhinhas

Anónimo disse...

A guerra civil das das «máfias» lisboetas e centralistas

Jornal PRIVADO: Ponta & Mola

Como se percebe, os chamados partidos do «arco do poder», pela mão de algumas das suas proeminentes figuras, vão a todas - cada qual a mais canalha acção de abarbatamento de fundos e património. E quem paga? São sempre os mesmos: uma classe média cada vez mais depauperada, os trabalhadotres que auferem salários de miséria, os empresários sérios que cumprem os seus compromissos. Os outros, aqueles que tudo têm à custa do roubo e do trabalho alheio, safam-se sempre!
Blogue norteamos

Allez Sporting disse...

vale a pena ver a pagina de comentários dos leitores da Marca sobre a trasnferencia do Javi Garcia.
Fartam-se de gozar com a agremiação ridicula da 2º circular.

http://www.marca.com/2009/07/21/futbol/equipos/real_madrid/1248166861.html

Allez Sporting disse...

vale a pena ver a pagina de comentários dos leitores da Marca sobre a trasnferencia do Javi Garcia.
Fartam-se de gozar com a agremiação ridicula da 2º circular.

http://www.marca.com/2009/07/21/futbol/equipos/real_madrid/1248166861.html

zefidalgo disse...

Rapazito anónimo, como nasci no norte, sinto-me à vontade para falar do que sei...
Aguardo que me respondas com factos, rapazote ;-)

Anónimo disse...

Quem diz que o Braga depende de Mesquita Machado não sabe o que fala. Aconselho-o a ver as actas e contas na próxima Assembleia para assim não falar por alto como fez neste post

Anónimo disse...

Quem diz que o Braga depende de Mesquita Machado não sabe o que fala. Aconselho-o a ver as actas e contas na próxima Assembleia para assim não falar por alto como fez neste post

Anónimo disse...

"carlos disse...
Portugal devia ter na 1ª divisão 12 equipas com o campeonato a 4 voltas, tipo Escócia"


Já o disse e escrevi em vários blogues, que para mim o melhor seria reduzir o campeonato a 12 clubes com uma 1ª. volta de 22 jogos para escolher os 6 primeiros que em seguida numa 2ª. fase,iriam disputar o título de campeão e os lugares para a Liga Europa. Os últimos 6 (dos 12), também disputariam uma 2ª. fase à parte, para se saber quem iria descer de divisão.No final da época, todos (os 12)teriam disputado 32 jogos.Só mais 2 que no sistema actual.E tudo com maiores receitas, porque sobretudo os grandes disputariam 4 jogos entre eles.

Anónimo disse...

" Anónimo disse...
Ó Zégalgo:perdigueiro "vira latas".
És um ex-Magrebe.
Se não fosse os verdadeiros
portugeses do Norte;ainda hoje
andavas a vender Tapetes"


Por aquilo que escreveste, vê-se logo que és racista e estúpido.Nem sequer conheces a história da tua região, por onde andaram os "magrebes".Vai a Braga e a Bragança e lá encontrarás vestigios deles. Se falares com alguém de Braga ou de Guimarães, eles dirão-te que os do Porto também são "magrebes". Na vida, somos sempre o "magrebe" de alguém e tu o racista, não foges à regra.Devias conhecer melhor a história da tua magnifica região, que não tem culpa da gentalha da tua espéce que lá vive e que tão mal a representa.

aNNóNNimo disse...

Mais um arrazoado de parvoíces e as caninas louvaminhas ao Pingo de Bosta e ao seu clube!
É de um triste, mas nada a que não estejamos habituados.

P.S. - Porque é que não contas a esses papalvos da Tripalhândia, como apareceu o $$$$$ para o Estrela pagar o seguro desportivo, antes do jogo da Taça de Portugal?

Anónimo disse...

Ena tantos "talibans centralistas"!!!!!!

Anónimo disse...

http://www.biologosnaarea.blogspot.com/

Fernando disse...

Tanto ressabiamento! Eu desculpo os Lisboetas porque nao teem culpa de estarem rodeados dos Senhores e dos seus carrascos deste Pais, mas nao queiram desculpar-se mandando para cima dos outros as culpas e pensarem que com as migalhas que vao apanhando lhes sao superiores.
Aos do Norte um conselho, apesar da vossa lovavel tempera que juntando a dos Alentejanos, sao o orgulho da nacao, nao menosprezem os menos dotados, porque eles teem capacidade de aprendizagem e amanhya poderao ate serem uteis ao Pais.

Fernando disse...

Tanto ressabiamento! Eu desculpo os Lisboetas porque nao teem culpa de estarem rodeados dos Senhores e dos seus carrascos deste Pais, mas nao queiram desculpar-se mandando para cima dos outros as culpas e pensarem que com as migalhas que vao apanhando lhes sao superiores.
Aos do Norte um conselho, apesar da vossa lovavel tempera que juntando a dos Alentejanos, sao o orgulho da nacao, nao menosprezem os menos dotados, porque eles teem capacidade de aprendizagem e amanhya poderao ate serem uteis ao Pais.

Anónimo disse...

O Zé Galgo:perdigueiro vira latas.

Se é assim como tu dizes,que nasceste no Norte; és um merdas
de um vermelho que não conheces
as origens.

Olha ó Renegado, fico por aqui.
não te respondo mais: só mereces
o meu desprezo.

O PORTO È GRANDE VIVA O PORTO.

joaquim agostinho disse...

"De facto, o FC Porto há muito tempo que está acima desta mediocridade. É o oásis deste deserto. "
Acho que é mais um eucalipto.

Anónimo disse...

Só para lembrar ao Géninho, que esqueceu um clube com 90 anos de história. C F "Os Belenenses"

Perafita Lavrense disse...

é só ciganagem, a sul! Marroquinada, arabiada, mistura de grunharia das ex colónias.

Sangue puro, só de Coimbra para cima.

zefidalgo disse...

quem se mete com putos acorda mijado, lá diz o velho ditado!
cresce e aparece puto....

zefidalgo disse...

Espanholito, para acabar com a conversa dedico-te um pequeno verso de mais um grande poeta setubalense(deve ser dos ares da Arrábida e do Sado), de seu nome António Boto:

Nunca levaste no cu,
Nem nas perninhas, aposto!
Mas um menino como tu,
Todo lavado, todo nu, gosto!

Gosto de fedelhos,
Vou-lhes ao cu,
Dou-lhes conselhos.

Enfim, gosto!!!

Anónimo disse...

Tanta idiotice, tanta ignorância, tanta cegueira !!!! É incrivel como as pessoas não têm capacidade critica, para analisarem a realidade do País e do futebol. Em vez de olharem com sentido critico a gestão dos seus clubes, preferem fechar os olhos e proferirem os insultos e as desculpas do costume, é o sistem, os árbitros, as influências, etc. Foram, com certeza, os árbitros que andaram a vender os jogadores do Porto, que encaixou agora 70 milhôes de euros ! Os clubes da capital quanto facturaram ? Nada ! Porque o Porto contrata, para valorizar e vender. Os outros esbanjam dinheiro, que pedem emprestado, em jogadores que nunca vão vender a um preço superior ao que compraram. Veja-se o caso deste garcia, que está a ser a chacota da semana em Madrid.
Quanto ao Zé, que se diz fidalgo e do Norte, mas trata as pessoas de cá na 3º pessoa do plural,gostava que me dissesse, quais são as empresas de Setúbal, tirando a AutoEuropa ( que aí está localizada por intervenção do estado e não de qualquer privado investidor), que mais contribuem para a riqueza do País.Que me dissesse, qual a região que mais contribui para a balança comercial Portuguesa ? Que me dissesse, qual a região que mais impostos paga, se não contarmos com empresas e funcionários públicas ? Quanto a S.Nuno Álvares Pereira, CONDE DE BARCELOS........ bem acho que não preciso de dizer mais nada.
Carlos de Sottomayor

zefidalgo disse...

Bem assim de repente vou só enumerar algumas porque uma já citaste: Secil (cimento, queima de residuos toxicos), Inapa (fábrica de papel), Portucel (pasta p/papel), Setenave (estaleiros navais), Mague, Sapec, ArLiquido estas aquelas que me vêm assim de memória em Setúbal!
No distrito tem a Siderurgia Nacional, Refinaria de Sines das de maiores dimensões...
Este distrito tem uma equipa na 1ª Liga!
Quanto à lição de história...quem é que atribuiu o título de Conde de Barcelos a D. Nuno Alvares Pereira? E porquê? Contra quem além dos espanhois lutou D. Nuno? Contra a nobreza do Norte de Portugal que lutava por manter o poder contra o crescente desenvolvimento da burguesia lisboeta...
E não amigo, não trato ninguém mal nem tenho por hábito ser mal educado! Não renego as minhas origens e tenho o maior prazer em dizer que nasci em Aveiro!
Vivo em Setúbal porque foi para aqui que os meus pais me trouxeram quando tinha tenra idade. Continuo a ter familia no Norte e dou-me bem com toda ela, são pessoas espectaculares!
Mas existe na realidade uma grande diferença de mentalidade entre as gentes do Norte e do Sul.
Por último, concordo que o Porto é a equipa que melhores negócios faz e que mais capitaliza.
O meu nick corresponde ao meu nome

Anónimo disse...

Francamente este zéfidalgo, é uma
pessoa porca de argumentos.
Sem comentários.
A culpa é do sr Eugénio que mete
no seu blogue esta escória de gente.

Anónimo disse...

É uma vergonha o que o CDLiga
decidiu em relação ao jogo
de juniores na Academia do
Sporting contra o benfica.
Para atribuir o título ao
benfica decidiu esta palhaçada.

Isto é máfia vermelha ao estilo
Siciliano.

Anónimo disse...

Ò seu mouro de merda...
Deixa aqui os galaicos em paz e vai brincar com os alandaluzes e algarbianos teus irmãos...

Vai contar essa estorinha lusa a outro!!!

Viva o noroeste peninsular!!!
Viva o Porto!!!
Independência já!!!!

zefidalgo disse...

Olha não publicam a minha resposta porquê? Compraram um lápis azul?

Anónimo disse...

"Olha não publicam a minha resposta porquê? Compraram um lápis azul?"

Nao, apenas começaram a moderar merda neste blog. Ja nao era sem tempo. É que tu calado és poeta.

lima disse...

Claro que o Fc Porto quer jogar na liga europeia.

Os a´rbitros estrangeiros são muito mais competentes que os paixões e proenças benfiquistas!

Não é fruto do acaso que somos o clube português com mais títulos europeus!!

E não é por acaso que o slb é sistematicamente goleado na europa por olimpyakos, ucranianos de quem nem recordo o nome e turcos de 3º apanha.....coitados !

simon disse...

Podes crer,
muito mais competentes
que os mil paixões e proences,
além de outros, de entre os seis milhões
de doentes deste país bormelho
de salazarentes, boa, tia
joaquina, é boa!

Anónimo disse...

oh eugénio es mesmo cromo entao o braga depende de do MM e o RR ja disse que oferecia uma academia ao braga e construia um estádio para o mundial 2018.