AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, junho 11, 2007

PEDALADA

A manchete de anteontem do "24 Horas" contava a história de um atropelamento em fuga. Entre os protagonistas, Fábio Coentrão, a primeira contratação do Benfica para a nova época. Lê-se a notícia e verifica-se que tudo aconteceu na marginal de Vila do Conde quando Coentrão e os amigos pedalavam, repito, pedalavam num daqueles carrinhos que enxameiam os nossos calçadões.

PS - Será que Coentrão vai ter o patrocínio da "Remax" e que pretende mudar o nome para Pedro?

3 comentários:

Aperta Azeite disse...

O SISTEMA ficou mesmo com uma grande azia por ter operdido Coentrão para o Benfica.

Primeiro foi o FC Porto a dizer que o Fábio "não tem perfil desportivo", mas só depois de falhar a sua contratação.

Agora é um pasquim do Quim Oliveira a inventar estórias contra o rapaz.

Conclusão: os abutres ficaram podres por falharem esta contratação para o Benfica e perderem assim a hipóteses de facturar milhões numa futura transferência milionária.

Anónimo disse...

E o cuentras parece ter o cabelo cortado assim como à tesourada...

Lá o Vila era pobre.
Mas não terá o Benfica sete euros pa dar ò barbeiro da azinhaga?

amélie

Anónimo disse...

INVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM ININVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ESINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO INVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO INVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEE DOENTEE DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTE UM INVEJOSO E DOENTEINVEJOSO ES UM INVEJOSO E DOENTEVEJOSO E DOENTE