AGORA ESTOU AQUI

domingo, janeiro 17, 2010

VIDA DIFÍCIL

Com o FC Porto a 12 pontos de Sp. Braga e Benfica, restou a Pinto da Costa dar o dito por não dito e contratar Ruben Micael. Desde logo garantiu uma baixa no próximo adversário do FC Porto. O resto logo se verá.

15 comentários:

GeracaoBenfica disse...

isso é alguma especie de previsão?

é que quem está a 12 é o Sporting... o FCP está a 6 "apenas".

Anónimo disse...

Peçanha, guarda-redes do Marítimo, mostrou-se em declarações à Sporttv irritado com a arbitragem de João Ferreira, no final da derrota (0-5) em casa com o Benfica:

«Fizemos o jogo que nos deixaram fazer. Infelizmente quando um jogador ou um treinador vem aqui criticar o árbitro, é castigado e é multado. Mas o que fizeram hoje connosco foi brincadeira. Nós trabalhamos com seriedade, somos obrigados a respeitar os árbitros e toda a gente, mas quem nos respeita? Todos nós estamos sujeitos a errar, eu hoje errei no quinto golo, não estou a colocar em causa a seriedade de ninguém, mas exijo respeito. É o trabalho de muita gente que está a ser colocado em casa e exijo respeito por esse trabalho. Temos de parar para pensar o campeonato português, porque não vejo estas coisas em mais nenhuma Liga... se o árbitro não errasse o resultado não seria este. Não ouvi o que se passou na expulsão do Olberdam, mas ouvi o que se passou na expulsão do Robson. O árbitro não sabia quem colocou a mão na bola, ou se tinha havido mão na bola, mas o Cardozo foi ao ouvido dele dizer que o Robson tinha dado mão. Isto é inadmissível.»

Anónimo disse...

a 6 .n a 12

Luís Miguel disse...

12?sao apenas 9!mas qtos mais melhor!

Cumps.

Anónimo disse...

O João: percebem ou querem que faça um desenho

«Fiquei surpreendido com coisas que aconteceram hoje» - Van der Gaag
«O que fizeram connosco foi brincadeira
Temos que parar para ver o campeonato português. Não vejo isto noutras ligas» - Peçanha



É inacreditável, mas já era previsível.
O João Ferreira sabe-a toda.
Numa molhada, de costas, entre vários brasileiros, escolhe um à sorte e mostra-lhe um vermelho directo por ... palavras?!
Aimar (ou Di Maria - desculpem não conhecer os nomes dos bois) estava fora de campo a ser assistido, o árbitro manda-o entrar sem que ninguém se aperceba e sorrateiramente este vai por trás do jogador do Marítimo e rouba-lhe a bola e ... já sabem....
A voragem por ajudar os lampiões é tanta que expulsa mais um jogador do marítimo e depois diz que se enganou e expulsa outro... Foi preciso o Cardozo ir-lhe dizer ao ouvido: "Olha lá, expulsa aquele..."
Mas isto é mais uma VERGONHA! É inacreditável!
Soube agora que durante e semana, uma equipa anti-doping foi ao Funchal investigar os jogadores do Marítimo e que hoje, após o jogo vai voltar a analisar os jogadores do Marítimo.
Acho muito bem que se façam controlos após os jogos, mas antes e depois à mesma equipa? E quantas vezes foram os vampiros investigar o "sangue" lampião?


RESUMO do campeonato das goleadas:
9 penalidades a favor dos lampiões
68 !!! cartões amarelos 'oferecidos' a adversários dos lampiões
13 !!! expulsões de jogadores das equipas adversárias dos lampiões

In Kosta do Alhabaite

LAM disse...

Eureka! como diria o Arquimedes, ou Foda-se! como diria S. Tomás depois de meter os dedos na tomada e constatar que nem só existe aquilo que vemos. Afinal havia petróleo no dragão.

Anónimo disse...

deus e falcão saberão


desde as primeiras horas da madrugada de sábado que o assunto tem vindo a ser soprado, cada vez com mais força, até ter chegado às páginas dos jornais: falcão terá obtido o golo do empate para o 'fc do porto', na partida frente ao 'paços de ferreira, com a mão.

revi ontem várias vezes o lance gravado em 'hd' bem como me socorri de fotos e vídeos que abuntantemente correm na net sobre o tema.

a conclusão a que cheguei, a minha, imparcial e o mais objectiva possível, é de que não consegui chegar a conclusão nenhuma: pareceu-me que não foi com a mão mas...também poderá ter sido.

nem com o 'olho de falcão' seria possível dizer se houve mão de falcão, concluiria

mas devo acrescentar o seguinte: a inexistência de qualquer reacção no momento do golo quer por parte do guarda-redes quer dos outros dois defesas pacenses - só hoje, tarde e a más horas, é que pizzi que estaria nos antípodas do lance, junto à grande área do 'porto' vem dizer que o golo é com a mão - constituem o melhor contributo para a tese de que o golo terá sido marcado com a cabeça.
in ABoronha

Anónimo disse...

Aqui no FCP, para existir petroleo é preciso vender.....

aNNoNNimo disse...

Que Deus te "oiça"...!

Anónimo disse...

O auxiliar António Vilaça

O árbitro auxiliar que anulou o golo ao Falcao no último jogo - o sr. António Vilaça - é o mesmo que no dia 14/01/2009, no jogo Rio Ave x Sporting (0-1) para a Taça da Liga, não assinalou um fora-de-jogo de quilómetros do Vukcevic, o qual beneficiou de uma posição irregular para dar a vitória ao Sporting a dois minutos do fim do jogo.

Anónimo disse...

«Fiz o favor de ouvir o senhor Hermínio Loureiro e vi que é um homem sem ideias, sem programa nenhum. Na Liga, o senhor Hermínio Loureiro não tem nenhum apoio do Benfica e nunca o teve. O Benfica não vai votar no senhor Hermínio Loureiro, mas sim onde vai haver regeneração, na Comissão Disciplinar e na Comissão de Arbitragem».

Vamos lá advinhar de quem são estas palavras ???!!!...

António Pista disse...

Newsletter Semanal #6

Blog Águia de Ouro

Com um Benfica cada vez mais forte, e cada vez mais com um único concorrente ao título na presente edição da Liga Sagres, o Sporting de Braga, o futuro avizinha-se risonho para a equipa de Jorge Jesus!
Contínua para votação o onze da década do Sport Lisboa e Benfica, os melhores jogadores que passaram entre 2000 e 2009 pelo Benfica estão para votação numa táctica de 4-4-2. Vote no onze que pensa que marcou a década do Sport Lisboa e Benfica.

Posts Anteriores:

- Veia Goleadora
- Seremos Campeões!
- Batalha importante...
- Calendário...
- Líderes ex-aequo...
- Fenomenal
- O Onze da década

http://aguia-de-ouro.blogspot.com

Anónimo disse...

Carolina Salgado

Entrevista ao SOL já foi entregue ao Tribunal do Porto

Felícia Cabrita, jornalista do SOL, enviou hoje ao Tribunal de S. João Novo, no Porto, uma cópia da gravação da entrevista que Carolina Salgado nega ter dado ou autorizado (com áudio)


Em quase três horas de entrevista, as afirmações feitas pela ex-companheira de Pinto da Costa contrariam as que fez depois no seu livro e no processo Apito Dourado.

Carolina Salgado negou no Tribunal de S. João, no Porto – onde está a ser julgada por difamação, por causa do livro Eu, Carolina – ter dado ou autorizado qualquer entrevista à jornalista do SOL, Felícia Cabrita e a Ana Sofia Fonseca. A pedido do tribunal, onde já tinha ido depor no dia 25 de Novembro, a jornalista enviou hoje uma cópia dessa entrevista, feita em finais de 2006 e presenciada por Fernanda Freitas (que escreveu o livro de Carolina), a propósito de uma biografia de Pinto da Costa (publicada na revista deste semanário em 11 de Novembro desse ano).

Em julgamento estão seis processos, com origem em queixas movidas por Carolina Salgado e pelo presidente do FC Porto. Pinto da Costa é arguido num processo, por alegadas agressões a Carolina, em 6 de Abril de 2006, após a separação do casal. Nos restantes processos, Carolina responde pelos crimes de difamação de Pinto da Costa e do seu advogado Lourenço Pinto (por causa do conteúdo do livro Eu, Carolina), de incêndio nos escritórios deste e ainda por tentativa de ofensa à integridade física do médico Fernando Póvoas.

Na entrevista ao SOL, Carolina fez declarações contraditórias com as que veio a publicar um mês depois no livro (publicado em Dezembro de 2006). Por exemplo, no livro, nomeia ora Lourenço Pinto ora Joaquim Pinheiro (irmão de Reinaldo Teles) como as pessoas que avisaram Pinto da Costa de uma busca judicial no âmbito do ‘caso Apito Dourado’, que o levou a fugir para Espanha. Na entrevista, porém, Carolina nunca refere o nome de Lourenço Pinto. Além disso, Carolina relata que teria sido Pinto da Costa a «dar a ordem» para «limpar» o antigo vereador socialista de Gondomar, Ricardo Bexiga.

Depois de Felícia Cabrita ter prestado declarações como testemunha, no passado dia 25 de Novembro, Carolina Salgado afirmou ao Tribunal: «Não dei autorização para entrevista nenhuma nem para ser gravada». O Tribunal decidiu então pedir a gravação da entrevista para eventual junção ao processo – o que Felícia Cabrita fez hoje.

SOL

Anónimo disse...

Baixa no Nacional !?...
Então não estamos no mercado de compra de jogadores até o dia 31 deste mês...
Baixa precisas tu por sanidade-mental.

O PORTO É GRANDE VIVA O PORTO.

Anónimo disse...

Então eugénio, o Rubem Micael foi apenas para fazer uma baixa no Nacional ou é um jogador acima da média??? Agora que passou um mês o que acha?