AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, dezembro 14, 2009

CARLOS DANIEL NA TERTÚLIA


9 comentários:

António Pista disse...

Newsletter Semanal #2

Blog Águia de Ouro

O Benfica manteve-se na liderança após o empate em Olhão!
Nesta semana no Águia de Ouro, todos os dias será feito um post de antecipação ao clássico, analisando os jogadores de ambas as equipas por posição. Também o Mundial da África do Sul estará em destaque com a conclusão da análise do grupo de Portugal.

Posts Anteriores:

- Agridoce
- Enorme e Especial!
- Desmistificando a Selecção da Coreia do Norte
- Esboçando um olhar pelo Mundial 2010
- Novamente Líder!

http://aguia-de-ouro.blogspot.com

Anónimo disse...

Pepe (volta) rápido

Porque é um grande jogador, faz muita falta à selecção e mesmo na posição em que teimam em duvidar que a desempenha de forma muito conseguida, a Pepe desejo as rápidas melhoras para ir ao Mundial. Este desafio não pode perder. Pepe rápido, igual a si próprio, corajoso e tenaz, evoluído e maduro, apoiado e acarinhado, encurtará a recuperação para ir à África do Sul. Porque merece, é capaz de fazê-lo e justifica a sua presença mais do que outros gabarolas.
in "portistasdebancada"

Anónimo disse...

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009
A MORTE DO APITO SALGADO

«O Tribunal da Relação do Porto confirmou esta semana a absolvição de Pinto da Costa, presidente do FC Porto, de uma acusação de corrupção desportiva activa no chamado “caso do envelope”, que partiu de uma certidão do processo Apito Dourado, reiterando assim a decisão da primeira instância.»


In Jornal on-line Público de 12.12.09



Chegou finalmente ao fim um dos maiores «abortos» em que o futebol português é fértil.


Durante cinco anos e oito dias, os invejosos, rancorosos e frustrados, socorreram-se de todos os meios ao seu alcance para denegrir e destruir a imagem do Futebol Clube do Porto e do seu presidente.

Foi o livro, supostamente escrito por autora de carácter duvidoso, abrilhantado por uma pseudo-jornalista, de carácter ainda mais incerto e patrocinado financeiramente pela personificação da transparência e verdade desportiva (de quem faz as coisas «por outro lado». Lado esse comprometido com o tráfego de influências); Foi o filme de um cineasta medíocre e oportunista que alimentou a ilusão, visando dois objectivos (associar-se à onda e tirar proveitos financeiros); Foi a manipulação da investigação (que chegou ao ridículo de ensaiar a testemunha principal) até à actuação pouco recomendável da PGR, que viu no caso uma oportunidade, numa altura em que a sua credibilidade caía no abismo, de a recuperar, entregando em bandeja de ouro, um troféu muito apetecido; Foi também a campanha orquestrada na Comunicação Social em geral, com o empenho particular do jornal correio da manhã (conhecido no meio como correio dos manhosos).

A toda essa "cambada" deve ser dedicado este desfecho. Tiveram o que eu esperava, uma derrota.

Mas, num país onde a justiça é lenta e pouco eficaz, jamais terão o que merecem. As injúrias, mentiras e humilhações por que fizeram passar um Clube com a dimensão do FC Porto mereciam uma punição exemplar.

«Parámos as investigações e não sabemos mais. O caso foi encerrado. Temos regulamentos agora que combatem os batoteiros. Agora tenho a certeza que não é batoteiro».

Estas palavras proferidas por Platini, revelam bem o carácter tenebroso de tão ridícula figura.

Incapaz de reconhecer a precipitação em que incorreu e pedir desculpa, ainda veio hipocritamente e com cara de «anjinho» fazer mais uma provocação. Com gente desta a superintender o futebol europeu, coitado do futebol!

in Dragãopentacampeão

Anónimo disse...

Já está disponível mais um número da Mundo Azul.
Vítor Hugo, emblemático portista, é a figura central desta edição. O ex-hoquista do FCPorto concede à Mundo Azul uma grande entrevista. Fica bem patente o seu amor pelo clube que sempre teve no coração. Destaco uma afirmação que ilustra muito bem o que é ser portista, quanto mais tentam nos derrubar mais fortes seremos:


- "Fomos a S. João da Madeira e recordo perfeitamente que se ganhássemos esse jogo recebíamos o Benfica e, em caso de vitória, fazíamos o primeiro título nacional. Éramos miúdos, tinha naquela altura 18 anos. Havia um ambiente impressionante, com imensa gente à nossa espera. O nosso Presidente vai a sair do autocarro e leva um soco. Os óculos voaram, ele caiu para trás e, perante a admiração de todos, quando se levanta sabe qual a foi a frase que ele disse? -
"Já ganhámos!".

Deuses da Bola disse...

Participa -

http://deusesdabola.blogspot.com/2009/12/1jornada-liga-de-prognosticos.html

Anónimo disse...

Carlos Daniel é um amigo de longa data. Com ele, profissionalmente, vivi alguns momentos inesquecíveis como, por exemplo, no EURO 96. É, seguramente, um garante de conhecimento e qualidade. Os Leixonenses vão gostar.

Carlos Severino

Anónimo disse...

Jorge Maia in Ojogo:


Uma questão de respeito


Numa entrevista publicada há alguns dias num jornal generalista, Daniel Alves, o lateral brasileiro do Barcelona dizia que, em Espanha, quando se fala do futebol português, "só há FC Porto" e acrescentava uma explicação para o fenómeno: "É a equipa que está sempre na Champions e todos os anos vende jogadores". Há cerca de uma semana, o FC Porto foi a Espanha impor a maior derrota de sempre nas competições europeias ao Atlético de Madrid no Vicente Calderón. Ontem, o sítio oficial do Real Madrid publicou uma sondagem sobre os potenciais adversários dos merengues nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões na qual o FC Porto aparece como o menos desejado. Ora, como dizia o poeta, isto anda tudo ligado. O respeito dos adeptos do Real Madrid foi conquistado a pulso pelo FC Porto com jogos como o que fez frente ao Atlético de Madrid, com mais de 15 presenças consecutivas na Liga dos Campeões e com a transferência regular de alguns dos melhores jogadores que passaram pelo futebol europeu nos últimos anos. Só por cá insistem em faltar-lhe ao respeito.

Pedro Magalhães disse...

O meu novo espaço,

Bola no Pé.

http://bolano-pe.blogspot.com

Anónimo disse...

Este Carlos Daniel é o Lampião
de Paredes ?!...então vai ser uma
tertúlia regada com verde carnes de
aves rapina e uma caldeirada de
peixe.
Com um jeitinho a convite do lampião de Paredes, ainda vai por
aí aparecer o Orelhas,com aqueles
discursos de bom português.

O PORTO É GRANDE VIVA O PORTO.