AGORA ESTOU AQUI

sábado, dezembro 12, 2009

APITO FINAL

A ignorância o sectarismo são, de factos, dois problemas sérios. Uma patologia crónica em algumas redacções. Compreendo essa malta: também eu tenho de comprar leite para a minha criancinha!
O JOGO de hoje, sobretudo na sua edição Norte, que curiosamente nem é a que surge na Internet, faz um estardalhaço com o que considera o FIM do Apito Dourado no que concerne ao FC Porto e a Pinto da Costa.
Há aqui claramente um erro de perspectiva.
Já se sabia o que ia acontecer ao processo do envelope e também o que tinha acontecido com o processo da fruta (este só chegou à instrução). Esta decisão da Relação está longe de ser uma surpresa.
Sem querer assumir o papel de juiz, penso que ficou claro o que aconteceu. JP era mesmo Joaquim Pinheiro. A fruta era um sonorífero. E Augusto Duarte foi a casa do presidente para desviar o pai dos maus caminhos.
O que é preciso não esquecer é que o Apito Dourado esteve longe de ser um processo de consequências pífias.
No caso particular do presidente do FC Porto, valeu-lhe uma pesada multa e uma suspensão que está no seu cadastro.
No caso concreto do FC Porto, a perda de 6 pontos por tentativa de corrupção e um processo complicadíssimo na UEFA, onde esteve em sérios riscos de ser excluído da Champions.
Vá lá, Platini já percebeu que o FC Porto não é batoteiro. Não sei quem lhe meteu esta ideia na cabeça. Ou será que também ele foi influenciado por essa seita de jornalistas "comprados" pelo tal clube de Lisboa? Essa ralé infecta que tem sonhos eróticos com a Carolina e que só descansará quando o FC Porto estiver nos distritais...
Como eu percebo esta indignação!
Sobretudo quando vem do homem da fruta... E de outros, ditos colegas. Os mesmos que durante a fase quente do processo começaram a assobiar para o ar ou tiveram consultas no dentista na hora de pegar no caso. Ou que só o amplificaram quando, de facto, este começou a dar cambalhotas nos meandros da justiça.
Sei perfeitamente como custa estar bem com quem está lá em cima. Os benefícios são, porém, muito superiores aos custos.
O mais difícil é sempre mantermo-nos à margem do sistema. É o assumir de uma marginalidade perigosa mas que, porém, nos consola.
Na parte que me toca, o que deixei de ganhar e o que perdi não é mais nem menos que o saldo da minha conta bancária e o eventual peso da minha consciência.

PS - Não queria deixar afirmar também que a Imprensa do regime de certa forma compensou a Imprensa que aproveitou o caso para agradar DESCARADAMENTE ao clube (Benfica) que vende mais papel. Porque se uns foram grosseiros no seu sectarismo, outros foram delgados na sua independência. Mas, lá está, "manda quem pode, obedece quem tem juízo..."

22 comentários:

Anónimo disse...

Que AZIA, AZIA do tamanho do mundo !!!

E o que vão fazer ( se existem) os "apitodependentes" ???!!!

Sobre os castigos "desportivos" È melhor não falar e aguardar pelas decisões dos Tribunais Administrativos, mas prepare-se...

Depressa comprar KOMPENSAN.
Ah, uma caixa não chega.

Anónimo disse...

Muita gente a Norte e sobretudo no GrandePorto, conhece bem os defensores do"centralismo/colonialismo" ???!!!

dragao vila pouca disse...

Tardaste, mas não faltaste. Tu és demasiado badameco para seres importante e como é óbvio, não perdeste nem ganhaste nada, mas perante um Xito da Justiça dos Tribunais, das Togas Negras sobre as Togas vermelhas encardidas, continuares a agarrar-te às decisões do advogado da liga, significa que ainda não engoliste o elefante todo e ainda vais ter de sofrer mais uns tempos...

Quanto a estares à margem do sistema...não me faças rir!

Toma um comprimido que isso passa...

Anónimo disse...

Mas afinal, quem escreveu as ultimas 30 paginas do "eu carolina" ???
É que a Prof.Fernanda Freitas, ao que parece, já afirmou não ter sido ELA ?!

Jota A. disse...

Ó Geninho, só faltou acabares o texto com um: A BEM DA NAÇÃO.

Só ACREDITO Na Justiça Divina _JNPdC dixit disse...

Trata-Te!
Que Azia!
Mais um "gajo lá de cima" ao serviço da Capital...
Questões de sobrevivência...não é`?

Anónimo disse...

... Eugénio meu grande badalhoco, tu sempre exageras-te naquilo que acreditas-te que tu e a tua corja de amigos poderiam retirar deste caso,agora ficas-te chateado, o pior é que ainda não acabou, vem ai a humilhação da liga e da federação nos tribunais, o que te vale é que o teu Benfica tem jogado bem á bola, mas ainda é cedo para atirar cartuchos ao ar ...

KOSTA DE ALHABAITE disse...

Este post revela algumas coisas do bacano que o escreve: uma enorme dor de corno para começar.
Depois, achar que justiça está vendida. Ai de nós se a justiça fosse a "sua". O FCP já tinha sido erradiado e Pinto da Costa fuzilado... Por fim, uma petulância arrogante por se achar melhor que os seus pares... Repare, se o Jogo fosse amigo o FCP, faria como faz a Bola: uma capa cheia a falar no assunto; assim, vem lá num cantinho a ver se fica bm com Deus e com o diabo.
E por falar no diabo, já sabe: o diabo que o carregue...

condor disse...

Incha,desincha e depois passa!Olhanense 2 apitadeiro 2!
Se houver justiça para a semana somos leaderes e eu vou comprar acções da farmaceutica que produz konpensan!

Anónimo disse...

domingo, 13 de Dezembro de 2009
Uma boa semana

Aos êxitos desportivos em Guimarães e Madrid, associou-se mais uma vitória na barra onde se dirimem os conflitos numa sociedade de direito, quando o tribunal do recurso do Porto não deu provimentos aos despachos do MP, sobre o processo do envelope.

Platini não pediu desculpas, mas de alguma forma deu a mão à palmatória sobre a leviandade das suas acusações. A gravidade das suas palavras pediriam mais, mas um gesto é um gesto e de alguma maneira veio confirmar que a UEFA acatou definitivamente o que a justiça portuguesa sentenciou, dando o seu infeliz dito como nulo e sem efeito.

O SLB (em nome da verdade desportiva), o MP (em nome da luta anti-corrupção) e Ricardo Costa (em nome da disciplina desportiva) o que têm para nos dizer? Se entendo o SLB e o Presidente do CD da LPFP que “egoisticamente” trataram de servir os seus próprios interesses, preocupa-me o modus faciendi do MP e do dream team criado para instruir a acusação, agindo à luz dos holofotes mediáticos e segundo uma agenda que se confundia com a do próprio SLB.

Demasiado dependente de gargantas fundas, de escutas e da promiscuidade entre os agentes da justiça e a comunicação social mais trauliteira, à frente da qual se posiciona galhardamente o CM, o MP tentou ganhar os processos na praça pública. O julgamento popular haveria de funcionar como uma forma de pressão sobre os tribunais que já tinham mandado arquivar os processos por falta de provas. A arrogância dos procuradores e a boa imprensa, não mascararam a ausência de provas e o contraditório apresentado em defesa dos acusados. As loas cantadas depressa se deixaram de ouvir. Aos funcionários públicos ao serviço da justiça não basta olhar para o umbigo e trabalhar para a Televisão. Exige-se exactamente o contrário. O PGR serviu-se do futebol, deixou-se apanhar na teia política e foi traído pela CS que o tinha posto num pedestal. Bem feito!

In reflexãoportista

Olhanense POWER disse...

mais uma derrocada SALAZARISTA em olhão! Nem a GAMAR foram lá, estes descendentes de SALAZAR!

anauraco disse...

A net tem estes contras,qualquer anormal escreve o que quer.Óh queiróz vai-te tratar.

anauraco disse...

Óh queiroz esqueceste de por no teu perfil,nos livros favoritos ,o livro da criolina.

Anónimo disse...

As escutas estão aí e são verdadeiras.
Não queiram fazer das pessoas parvas....
E o que se veio a saber através do apito dourado é só a ponta do iceberg.

Natálio Santos disse...

Nesta pais vale tudo e de tudo para ilibar corruptos com ligações ao poder politico e judicial e prender inocentes, desde que se tenha dinheiro ou os conhecimentos necessários és livre de tudo fazer que ninguém te põe a mão em cima, mas se calhar em breve, quem sabe...???

Anónimo disse...

ficaste fodido?
mete rolhas!

Anónimo disse...

És um desventurado em muitas coisas
que escreves.
Se fosses esperto!... vias logo que
a rameira não dizia coisa com coisa
Achas que havia pachorra para um juíz estar a perder tempo com uma
mentirosa esquizofrénca.
Não digo que estejas ao serviço do Orelhas ! mas tens um ódio de morte
ao FCP até dizer chega.
Olha quem ficou com um cabeção de
feira,foi uma mal-trapilha que eu
conheço.
Eugénio dedica-te à pesca.

O PORTO É GRANDE VIVA O PORTO.

Petição disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
Revolucionar o Futebol profissional em Portugal, pela implementação de um novo modelo de gestão, financiamento e organização.

Petição em:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

zeportista disse...

Oh Geninho....estou feliz!Censurste o meu comentário ,,,à boa maneira do "antigamente" (sabes a que me refiro,não sabes?).Jornaleiros ou "moços de recado" como tu...há aos milhares na nossa CS...portanto és mais um ...atrasado mental ( será teu o reino dos Céus,,,,).
zé portista

Anónimo disse...

ó geno... cada vez pior...

tu que já estiveste na 1ª linha bloguista desportiva nacional, agora cada vez te afundas mais....

vou deixar de vir cá, não trazes nada de novo.

Anónimo disse...

Cada vez me convenço mais de que dizes merda em quantidades industriais propositadamente, para atrair mais gente a isto.

Anónimo disse...

" dragao vila pouca disse...
Tardaste, mas não faltaste. Tu és demasiado badameco para seres importante e como é óbvio, não perdeste nem ganhaste nada, mas perante um Xito da Justiça dos Tribunais, das Togas Negras sobre as Togas vermelhas encardidas, continuares a agarrar-te às decisões do advogado da liga, significa que ainda não engoliste o elefante todo e ainda vais ter de sofrer mais uns tempos...

Quanto a estares à margem do sistema...não me faças rir!

Toma um comprimido que isso passa..."



Pois! As derrotas no tribunais administrativos!...É isso!

E as escutas? O que é que dizes das escutas? Também foram inventadas?

Se foi esse o caso, porque é que os arguidos nunca contestaram
a sua veracidade? Tens explicações?

Quanto aos juizes, todos sabem como funcionaram neste caso.Costuma-se dizer que QUEM TEM CU TEM MEDO e eles tiveram-no.Primeiro, porque tiveram que proteger alguns dos colegas (ex:Mortágua e Gomes da Silva) que estão metidos nisso até às orelhas(segundo as escutas) e depois porque sabem bem o que costuma acontecer por aqueles lados, àqueles que dizem verdades que são contra os interesses de outros.Assim aconteceu a jornalistas(levaram no corpo) e a outros que tiveram que fugir para o estrangeiro.As reacções contrárias aos interesses de alguns pagam-se caro na área do Porto.Basta ler-se os jornais e verifica-se que por aqueles lados parece Chicago dos anos 30 do século passado, onde Al Capone e seus boys são substituidos por Pidá e companhia.

O branqueamento nos tribunais e o revisionismo a que se dedicam alguns portistas com acesso à imprensa, nunca conseguirá apagar da história do futebol português o que foi o reinado do vosso Pintinho na década que começou em 1984 e acabou (espera-se) em 2004, com a ajuda precisosa da A.F.Porto comandada por Adriano Pinto, muito bem apoiado pelo Valentim Loureiro.

Esses factos nunca mais se apagarão da memória colectiva do povo futeboleiro do País.Essa é que é a verdade!