AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, setembro 07, 2009

HOJE ESTIVE TODO O DIA A "FODERE"

Bancada de prensa: às vezes apetece pôr a cabeça no cepo
Hoje estive todo o dia a "fodere".
Concretamente, a cavar.
Em Lousada, com os meus colegas da FLUP, tentando explicar melhor uma "domus" romana.
É o meu escape para um quotidiano por vezes enfadonho.
Sim, eu sei que tenho uma profissão especial: pagam-me para ver jogos de futebol.
Mas todos devem concordar comigo que em muitos jogos é algo que se justifica perfeitamente.
De regresso à "realidade", deparo com um país em choque com a possibilidade de Portugal falhar o próximo mundial e com os habituais painéis de comentadores.
Continuo a entender que depois do Rui Santos é tudo paisagem mas a verdade é que no domingo passado adormeci a ouvir o meu querido ex-chefe de redacção in A BOLA.
O que se pode justificar com o facto de ter sido o curador de cinco miúdos com idades compreendidas entre os 8 e os 9 anos durante todo o domingo...
Mereci, por isso, passar o dia seguinte a "fodere", recuando dois mil anos de enxada na mão.
Ao contrário do que possam pensar, a minha vida não se resume ao que acontece no futebol. Sinto necessidade de repetir isto até no café aqui da rua. E até nas escavações sou por norma confrontado com as perguntas mais básicas sobre futebol e jornais desportivos, pois acham piada à presença de um jornalista desportivo naquele tipo de actividade.
É uma forma que encontrei também para relativizar o que acontece jornada a jornada. Não é uma desistência, é apenas uma forma de tirar a pressão possível a um ambiente dominado por esta.
Pelos jogos e pelas horas de fecho dos jornais que apertam.
Pelas sensibilidades feridas só porque não nos demitimos de relatar determinadas situações.
Pela própria trepidação das redacções.
Pela rotina.

Não me levem a mal. Um homem que passou o dia a "fodere" tem direito a dizer algumas baboseiras sobretudo se já dobrou as 47 Primaveras.

12 comentários:

Anónimo disse...

oh Eugénio, tás sempre fodido! mas até és um tipo porreiro.

Alcibíades disse...

Fodio, fodis, fodere. :)

PB disse...

troca de links?

Anónimo disse...

生活流行時尚給你無限歡樂與資訊,打擾了~謝謝!

整形資訊:
縫雙眼皮,整形,整形外科,果凍矽膠
電波拉皮,整形,果凍矽膠
婦女資訊:
試管嬰兒,婦產科,肉毒桿菌,不孕症
旅遊資訊:
台南旅遊,台南旅遊
高雄計程車,高雄計程車
墾丁包車,墾丁包車
高雄租車,高雄租車
日月潭旅遊,日月潭旅遊
日月潭包車,日月潭包車
高雄一日遊,高雄一日遊
墾丁旅遊,墾丁旅遊
墾丁一日遊,墾丁一日遊
墾丁旅遊網,墾丁旅遊網
高雄縣旅遊,高雄縣旅遊
阿里山旅遊,阿里山旅遊
服務資訊:
清潔公司,雲林,國民黨
張艮輝,雲林立委
瑜珈資訊:
瑜珈,瑜珈教室,瑜珈補習班
瑜珈教學,瑜珈教室,高雄瑜珈
行銷資訊:
網路行銷,網路行銷,網路行銷
seo,seo,seo
居家生活:
室內設計,室內設計作品
歐化廚具,系統櫃
系統傢俱,傢俱
裝潢,廚具工廠

Jeronimo Frasco disse...

Compreendo-o perfeitamente, quem teve Rui Santos como chefe de redação tem todas as razões para dizer que o andaram "FODERE".

Anónimo disse...

Desculpa lá mas essa tua opinião sobre o Rui Santos é demais: tens esse direito obviamente mas não deixa de ser inquietante! Sobretudo porque ele berra muito, de facto mas acerta pouco. Só para falarmos da Selecção e do Queirós, por exemplo. Será isso um fetiche ou apenas gostas de pagar favores com publicidade?

lYmp disse...

parabéns, meu velho. E continua a pôr o dedo na ferida, antes que to ponham no cu.

Adelino Santana disse...

Olha também já fui convidado para fazer isso, mas ao sol não me apanham lá, e além disso com 52 já me doem os joelhos, não aguento o dia todo.

Anónimo disse...

Podias ter escolhido outra foto. Foste logo descobrir-me em Santa Cruz de la Sierra, onde caiu Che Guevara.
Abraço,
João Esteves

Anónimo disse...

com 47 passas o dia a quê?? isso é que era bom... já nem podes com a enchada

AJ

Anónimo disse...

O Domingo Desportivo não devia regressar à televisão pública?

Passem no site que abaixo referencio, assinem a petição se concordarem e...divulguem.

Também era importante a divulgação por parte dos blogger´s.

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2009N374

Brasil Empreende disse...

Ola. Estou passando para convidar para conferir a postagem: “O número 1 da Seleção Brasileira” Estamos realizando, também, três enquetes e gostaríamos de contar com o voto de vocês.
Sua visita será um grande prazer para nós.
Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
Atenciosamente,
Sebastião Santos.