AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, agosto 25, 2009

JORNADA 2

Futebol com luz solar e bancadas cheias.
Foi na cidade do rei fundador.
Onde Nelo Vingada esteve a 5 minutos e meio de parar o Benfica de JJ.
Dentro das 4 linhas, o Benfica deu-se mal com um Vitória com três centrais e duplos laterais. Aimar e Saviola andaram perdidos, Cardozo parece ser o dono da bola nas bolas paradas e só a entrada de Coentrão agitou as hostes.
Nas bancadas, o descontentamento dos adeptos vitorianos desalojados era evidente, o que se agravou quando perceberam que Emílio Macedo estava a defender Luis Filipe Vieira.
Já todos sabemos que em Guimarães não há segundos sentimentos. É o Vitória primeiro, o Vitória a seguir e depois ainda o Vitória. Qualquer ambiguidade é tratada, pois, com revolta.

Enquanto isso, no Dragão houve 2 em 1. Ou seja, dois jogos pelo preço de um bilhete.

Contas feitas, Benfica e FC Porto terminaram os seus jogos com onze elementos e os seus adversários com nove.

6 comentários:

Anónimo disse...

O Benfica terminou como entrou, com 12.
Marcar um livre daqueles, no final do jogo, só mesmo para quem procura a vitória da sua equipa!

Pinto da Costa RUA disse...

Que comparação!
O jogo no dragão acabou com 9 jogadores do Nacional, porque os gajos do Nacional devem ter dito mts coisas ao árbitro! Só acho piada quando é o Bruno Alves a dizer, deve dizer coisas bonitas!
A moda da máfia agora é esta?
Não há vergonha!

Duarte disse...

é verdade!

nao era sem tempo que se via um ou outro jogo com luz solar :)

gabriel disse...

E os grandes estão decepcionando...pelo menos os brasileiros vem desempenhando papeis importantes nos grandes times

Aliás, se quiser saber sobre futebol brasileiro, passa no meu blog e comenta, cara:

http://esporteeevida.blogspot.com

Abraço ae!

Anónimo disse...

Entretanto decorre o julgamento onde Carolina é acusada de agredir o papa e o seu capanga। Ficamos hoje a saber que Carolina, a testemunha que o Tribunal de Gaia não considera credível, não contente por estas acusações de violência, saiu do julgamento e inopinadamente atropelou um jornalista, tendo de imediato fugido, desobedecendo a ordem policial, do local … O Tribunal de Gaia vai ficar feliz com estas notícias!

aNNóNNimo disse...

O teu último parágrafo é um BOM exemplo da MERDA de jornalismo que
fazeis.
Não passais de uns tristes, mas compreendo a vossa cobardia!
A qualquer momento podereis ser agredidos.