AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, agosto 25, 2009

CHOQUE E ESPANTO (actualizado)

Um segundo antes do abalroamento. Carolinha está encostada à parede, do lado esquerdo, e a sua advogada Raquel Dantas atravessa a rua, conseguindo passar à frente do carro, que logo a seguir vai bater em José Carmo. Outro repórter-fotográfico consegue escapar do embate, junto à posição do condutor. As imagens podem ser vistas no site da RTP.

NO DIA
Comunicado da FC Porto – Futebol, SADNa sequência de factos ocorridos à saída do Tribunal de S. João Novo e uma vez analisados os relatos da Comunicação Social, vem a FC Porto – Futebol, SAD esclarecer o seguinte:
1 – Ao final da manhã de hoje, e terminada mais uma sessão de um julgamento a decorrer no Tribunal de S. João Novo, o veículo conduzido por um motorista da FC Porto – Futebol, SAD arrancou como sempre tem sucedido nestas sessões;
2 - Poucos instante após o início da marcha, surgiu na via pública, vindo de entre os carros estacionados, um aglomerado de jornalistas, sem que, todavia, os ocupantes se tenham apercebido de mais do que um pequeno e usual contacto com o retrovisor da viatura, face à escassa largura da rua;
3 – Foi, portanto, com espanto que, ao chegar ao Estádio do Dragão, a FC Porto – Futebol, SAD foi confrontada com as notícias de um alegado «atropelamento». Nas mesmas informações referia-se ainda um eventual abandono da ocorrência e uma pretensa desobediência à autoridade;
4 – É rigorosamente falso que qualquer agente da autoridade tenha, em algum momento, sido detectado a dar ordem de paragem de local visível para os ocupantes do veículo;
5 - Da mesma forma, é rigorosamente falso que qualquer um dos ocupantes da viatura se tenha apercebido que o referido «toque», normal nestes aglomerados recorrentes à saída de tribunais, tivesse provocado qualquer dano material ou físico;
6 – A FC Porto – Futebol, SAD lamenta esta situação, mas reforça que em momento algum os ocupantes do veículo se aperceberam da ocorrência mediatizada.
NO DIA SEGUINTE
No seguimento de análise aos relatos da Comunicação Social acerca de uma ocorrência que envolveu um veículo do FC Porto, à saída do Tribunal de S. João Novo, vem o Conselho de Administração da FC Porto – Futebol, SAD recordar o seguinte:
1 - Apesar das tentativas de intoxicação da opinião pública, com escritos e ditos incongruentes, a força das imagens prevalece e permite desenhar e comprovar aquilo que, de facto, se passou ontem;
2 – Como pode constatar-se pelas imagens (momento 1), o veículo do FC Porto arrancou de forma contida e iniciou de imediato um demorado processo de travagem, prolongado até à curva à direita, uma vez que surgiram vários fotógrafos de entre os carros estacionados;
3 – Estranha-se, portanto, que o Sindicato de Jornalistas fale em «marcha acelerada». E estranha-se ainda mais aqueles que se referem a «atropelo», quando são precisamente os seus profissionais que atropelam o civismo das regras de trânsito, lançando-se precipitadamente para a via pública (momento 2);
4 – As imagens permitem ainda perceber (momento 3) a queda de alguém na retaguarda da viatura do FC Porto, em posição imperceptível para os seus ocupantes;
5 – É igualmente inequívoco que o agente da autoridade que aparece nas imagens (momento 4) está sempre posicionado por trás da viatura, portanto, se emitiu qualquer sinalética (não é visível em momento algum), jamais esta podia ter sido percepcionada pelos ocupantes do automóvel;
6 – Por fim, é falso que a pessoa pretensamente atingida tenha ficado caída na rua, uma vez que se levantou de pronto e correu rua abaixo, praticamente à mesma velocidade do veículo (momento 5).
Os sublinhados são meus
E AGORA, UMA VERSÃO MUITO FIEL DOS ACONTECIMENTOS. AQUI:

29 comentários:

Futebol Clube Cesarense disse...

Adicionamos o teu blogue às nossas listas, e solicitamos que faças o mesmo para melhor divulgação de ambos.

:)

www.desportocesarense.blogspot.com

dragao vila pouca disse...

Comunicado da FC Porto – Futebol, SAD

Na sequência de factos ocorridos à saída do Tribunal de S. João Novo e uma vez analisados os relatos da Comunicação Social, vem a FC Porto – Futebol, SAD esclarecer o seguinte:

1 – Ao final da manhã de hoje, e terminada mais uma sessão de um julgamento a decorrer no Tribunal de S. João Novo, o veículo conduzido por um motorista da FC Porto – Futebol, SAD arrancou como sempre tem sucedido nestas sessões;

2 - Poucos instante após o início da marcha, surgiu na via pública, vindo de entre os carros estacionados, um aglomerado de jornalistas, sem que, todavia, os ocupantes se tenham apercebido de mais do que um pequeno e usual contacto com o retrovisor da viatura, face à escassa largura da rua;

3 – Foi, portanto, com espanto que, ao chegar ao Estádio do Dragão, a FC Porto – Futebol, SAD foi confrontada com as notícias de um alegado «atropelamento». Nas mesmas informações referia-se ainda um eventual abandono da ocorrência e uma pretensa desobediência à autoridade;

4 – É rigorosamente falso que qualquer agente da autoridade tenha, em algum momento, sido detectado a dar ordem de paragem de local visível para os ocupantes do veículo;

5 - Da mesma forma, é rigorosamente falso que qualquer um dos ocupantes da viatura se tenha apercebido que o referido «toque», normal nestes aglomerados recorrentes à saída de tribunais, tivesse provocado qualquer dano material ou físico;

6 – A FC Porto – Futebol, SAD lamenta esta situação, mas reforça que em momento algum os ocupantes do veículo se aperceberam da ocorrência mediatizada.

CONTINUAS A SER SEMPRE A MESMA MERDA.

Anónimo disse...

O Corporativismo ( e não só...) a funcionar ?!

Anónimo disse...

Motorista não desobedeceu a ordem de paragem
PSP EXPLICA QUE A ORDEM DADA PELO AGENTE NÃO FOI EXPLÍCITA


A PSP do Porto explicou, esta tarde, que não terá existido desobediência por parte do motorista de Pinto da Costa que hoje abalroou um repórter fotográfico à saída de mais uma sessão do julgamento que opõe o presidente dos dragões a Carolina Salgado.

"Não foi um sinal de paragem explícito do agente. O agente ia a acompanhar Carolina e o condutor resolveu sair de lá com pressa e tocou no fotógrafo", assegurou à agência Lusa fonte da PSP do Porto.

----


A PSP, não fala de "fuga" e fala em "toque".

Anónimo disse...

O jornalista tava na passadeira?

aNNóNNimo disse...

Até o desgraçado do polícia, teve de dar o dito por não dito...
Cá pra mim lembrou-se do - entre muitos outros - "tratamento" dado ao Adriano.
Palermo no seu melhor!Não faltaria se o plumitivo fosse de Lisboa!

Anónimo disse...

A PSP, não fala de "fuga" e fala em "toque".

É pá, o Adriano teve mais azar, só foi "tocado", porque não conseguiu fugir...!

Anónimo disse...

Nota da direcção: Não queremos ser juízes
00h30m
O fotógrafo José Carmo, dos quadros do Jornal de Notícias, fazia ontem o seu trabalho tentando recolher imagens junto ao tribunal onde Pinto da Costa e Carolina Salgado tinham sido chamados. No final da audiência, apercebendo-se da saída do carro que conduzia Pinto Costa e outras pessoas, José Carmo tentou fazer uma foto. Foi, porém, embatido pelo carro e caiu. A viatura não parou, nem mesmo a um sinal de um polícia que assistiu a tudo.

As circunstâncias que envolvem estes casos à porta do tribunal são normalmente de grande confusão. Nem terá sido o caso: a maioria dos jornalistas ouvia o advogado de Carolina Salgado quando José Carmo se apercebeu da saída do carro e pretendeu fotografá-lo. Mas ainda que o condutor e os ocupantes do carro não se tivessem apercebido do embate - isso mesmo nos transmitiu um assessor de Pinto da Costa - já nos custa a entender que não tenham percebido nem o sinal de paragem de um polícia nem uma palmada que este terá dado no carro para que parasse. Aceitamos que possa ter acontecido tudo, menos que se deixe alguém caído sem assistência. Mas, como não queremos ser juízes, outros terão de averiguar o que se passou. José Carmo é jornalista profissional, estava no exercício de um direito que lhe assiste e o JN obviamente não permitirá que nem ele nem os direitos dos jornalistas sejam objectivamente atropelados sem que se apurem responsabilidades.

Luis disse...

A PSP e os Tribunais do Norte vão fazer o que lhes compete, dizer que não se passou nada e proteger os capangas de Pinto da Costa.

É uma vergonha.

Então mas não param ao menos para ver o que aconteceu? Onde está o civismo destas pessoas?

ENFIM.

Duarte disse...

e assim vai o "podre" futebol Portugues

Anónimo disse...

É por situações como esta, que se vão acumulando no futebol português, que vemos os estádios vazios no fim-de-semana...É pena...

http://rioave-fc.blogs.sapo.pt/

abraços

Ricardod disse...

O mais engraçado disto tudo é que, se fosse comigo, que não tenho antecedentes de processos em tribunal e tenhi um cadastro de condutor (quase) limpo, seria tratado com desconfiança e provelmente considerado arguido...
Já esta gente, que inclusivamente responde por processos de agressão e afins, tem toda a complascencia das autoridades porque "provavelmente não se aperceberam" que atropelaram uma pessoa, e ignoraram um policia que (vê-se nas imagens) correu atrás do carro, inclusivamente batendo no tejadilho...

É inacreditável...

Anónimo disse...

Incidente de pouca monta, se calhar com eventuais "culpas" repartidas, mas "cheirando" a PC e FCP... ???

Anónimo disse...

Ó pá ouve como sempre mau juiso do gajo do apito
A doença do apito não é nem pode ser previlégio dos árbitos.
Abaixo o apito
ORDEM IMEDIATA PARA A BÒFIA E OS ÁRBITOS COMEÇAREM A UTILIZAR ...C O R N E T A S
Já agora para isto ficar com norma á que dar PITOLAS aos árbitos

Anónimo disse...

Mentira e Difamção.

Por aquilo que me contarm;a culpa
foi do jornalista.

Não houve atropelamento nenhum.
O toque foi com o retrovisor.

Lamento o sucedido.

Mas Eugénio não inventes.

O PORTO È GRANDE VIVA O PORTO.

Anónimo disse...

Love Without Borders, in response to Taiwan's 88 flood, please go to my site ~ Thank you for blessing the whole world!

雲林山區立委補選國民黨提名參選人張艮輝,98/8/23於斗南成立服務處。當天誠心為88災民祈福,祈願蒼天福澤災民,能快速重建家園。

雲林立委候選人張艮輝於會場上表達一貫堅持的參選理念,「一份理想、2 個希望、 3大改變」,並藉盛會為台灣祈福,場上的台灣加油地圖由地方代表等數十人點燃230支蠟燭,代表為台灣加油並點亮台灣因受88水災所面臨的黑暗期,在點燃蠟燭的同時,張艮輝也宣讀為台灣祈福文表示願為台灣這塊土地承受所有苦難。

雲林國民黨雲林立委張艮輝>>>參考網站

Anónimo disse...

26/08/2009
Comunicado da FC Porto – Futebol, SAD

No seguimento de análise aos relatos da Comunicação Social acerca de uma ocorrência que envolveu um veículo do FC Porto, à saída do Tribunal de S. João Novo, vem o Conselho de Administração da FC Porto – Futebol, SAD recordar o seguinte:

1 - Apesar das tentativas de intoxicação da opinião pública, com escritos e ditos incongruentes, a força das imagens prevalece e permite desenhar e comprovar aquilo que, de facto, se passou ontem;

2 – Como pode constatar-se pelas imagens (momento 1), o veículo do FC Porto arrancou de forma contida e iniciou de imediato um demorado processo de travagem, prolongado até à curva à direita, uma vez que surgiram vários fotógrafos de entre os carros estacionados;

3 – Estranha-se, portanto, que o Sindicato de Jornalistas fale em «marcha acelerada». E estranha-se ainda mais aqueles que se referem a «atropelo», quando são precisamente os seus profissionais que atropelam o civismo das regras de trânsito, lançando-se precipitadamente para a via pública (momento 2);

4 – As imagens permitem ainda perceber (momento 3) a queda de alguém na retaguarda da viatura do FC Porto, em posição imperceptível para os seus ocupantes;

5 – É igualmente inequívoco que o agente da autoridade que aparece nas imagens (momento 4) está sempre posicionado por trás da viatura, portanto, se emitiu qualquer sinalética (não é visível em momento algum), jamais esta podia ter sido percepcionada pelos ocupantes do automóvel;

6 – Por fim, é falso que a pessoa pretensamente atingida tenha ficado caída na rua, uma vez que se levantou de pronto e correu rua abaixo, praticamente à mesma velocidade do veículo (momento 5).

Porto, 26 de Agosto de 2009

O Conselho de Administração da FC Porto – Futebol, SAD

dragao vila pouca disse...

Comunicado da FC Porto – Futebol, SAD

No seguimento de análise aos relatos da Comunicação Social acerca de uma ocorrência que envolveu um veículo do FC Porto, à saída do Tribunal de S. João Novo, vem o Conselho de Administração da FC Porto – Futebol, SAD recordar o seguinte:

1 - Apesar das tentativas de intoxicação da opinião pública, com escritos e ditos incongruentes, a força das imagens prevalece e permite desenhar e comprovar aquilo que, de facto, se passou ontem;

2 – Como pode constatar-se pelas imagens (momento 1), o veículo do FC Porto arrancou de forma contida e iniciou de imediato um demorado processo de travagem, prolongado até à curva à direita, uma vez que surgiram vários fotógrafos de entre os carros estacionados;

3 – Estranha-se, portanto, que o Sindicato de Jornalistas fale em «marcha acelerada». E estranha-se ainda mais aqueles que se referem a «atropelo», quando são precisamente os seus profissionais que atropelam o civismo das regras de trânsito, lançando-se precipitadamente para a via pública (momento 2);

4 – As imagens permitem ainda perceber (momento 3) a queda de alguém na retaguarda da viatura do FC Porto, em posição imperceptível para os seus ocupantes;

5 – É igualmente inequívoco que o agente da autoridade que aparece nas imagens (momento 4) está sempre posicionado por trás da viatura, portanto, se emitiu qualquer sinalética (não é visível em momento algum), jamais esta podia ter sido percepcionada pelos ocupantes do automóvel;

6 – Por fim, é falso que a pessoa pretensamente atingida tenha ficado caída na rua, uma vez que se levantou de pronto e correu rua abaixo, praticamente à mesma velocidade do veículo (momento 5).

Continuas a ser sempre a mesma merda

Anónimo disse...

Meu caro Eugénio.

Admiro a paciência para manter este blog e para aturar os mentecaptos que populam este espaço e que por razoes clubísticas fanáticas ou porque a inteligência não lhes é um dom reconhecido ainda refutam os factos indesmentiveis de mais uma vez o presidente do fcp, meu clube, e o seu capanga mafioso terem envergonhado quem tem um pouco de civismo. o que eles fizeram é digno de um BICHO SEM VERGONHA. E O PORTO NÃO É ISTO. DEVIAM SER TODOS TOCADOS DAQUELA FORMA COM ESPELHOS NA CABEÇA PARA VEREM SE É BOM.

condor disse...

Tch!Eh pá,que azar do caralho!!!Então o Pinto falhou a puta e atropelou o fotógrafo?
Lamentavelmente a idade não perdoa e a pontaria não é a mesma!

gosmetic disse...

É confusão, de certeza. Há anos que um bando atropela o Presidente do FC Porto, entre jornalistas e melâncias. Ora acontece que entre eles, hoje, ao que parece, um se meteu à frente, inesperadamente, numa ruela estreita. Resultado, em meio à confusão, ia sendo atropelado, tamém ele, inocentemente. Mas é no que dá a ânsia de fazer notícia, à força, por vezes.

Anónimo disse...

O jornalista estava na passadeira?

AG disse...

ESPANTO, e... CHOQUE. Queres ajuda para tanto choque? Já te restabelecestes? Precisas de morfina? Jornaleiros de merda. 1500 aérios para merda?

Anónimo disse...

Atropelar:

1. Deitar ao chão e passar por cima.
2. Fig. Passar por cima de (sem fazer caso).
3. Menosprezar.
4. Postergar, fazer injustiça a.
v. pron.
5. Apressar-se e empurrar-se mutuamente.

Ora, como bem diz o comunicado da FC Porto, SAD, não houve atropelamento algum, mas sim um toque.

Outra coisa: o fotógrafo não ficou caído no chão - levantou-se e foi a correr atrás do carro (para tirar uma foto?) só quando viu que não o apanhava é que decidiu ir para o chão em definitivo.

Portanto, parece-me que há uns sublinhados a mais.

Anónimo disse...

Já dizia o humorista brasileiro:
UM ESPANTO!
O QUE MAIS ME IRÁ ACONTECER!.

Tribunal já decidiu,obrigou o jornalista a pagar o retrovisor,não tinha nada de tirar bonecos à Carolina!!??

Os Policias do Porto e os seus superiores, têm entrada gratuita para todos os jogos decisão da SAD, pela brilhante conclusão, -NÃO FOI EXPLICITA,
Claro, têm razão então não tinham armas, não tinham carros para perseguir o infractor?

Mas comunicado da SAD po alma de quem, o julgamento era sobre a corrupção do Porto aos arbitros?

Cuidado o PINTO DA COSTA è capaz de tudo, a´té foi o único no Mundo, que levou uma Puta ao Papa!

Avisen o Papa que ele è menino para mandar o motorista atropelar o Papa, não tinha nada que receber a Carolina

ESTES COMAMDOS DA PSP, são mesmo obra desenganada, eu estou cá para ver!!!????

dragao vila pouca disse...

Achas sério colocares no teu blog, o link daquele... - que adjectivo devo utilizar para não censurares...- berrador?

Explica aos anónimos quem manda e por quem torce, o responsável pela polícia. A este propósito, tu que mandavas umas bocas ao DR.Fernando Gomes quendo era Ministro da A.Interna por ir às Antas e depois ao Dragão, porque não dizes nada do homem que passa a vida na tribuna da Luz?

AG disse...

E estão muito bem um para o outro. Grande dupla.Percebi perfeitamente.
Felicidades.

LC disse...

"Achas sério colocares no teu blog, o link daquele... - que adjectivo devo utilizar para não censurares...- berrador?"

Entre ele e tu a merda é a mesma, são 2 facciosos avençados que deviam era ter vergonha.

Anónimo disse...

DESPACHO EMANADO SUPERIORMENTE;
COMANDO DA PSP
MINISTÉRIOS
PROCURADOR DA RESPÚBLICAS
GOVERNADORA À CIVIL OU NÃO SÓ RECEBE OS RCADOS DO PODER.
E SE O CASO FÔR ABAFADO O PS PODE CONTAR CON OS VOTOS DA SAD,DA EQUIPA TÉCNICA, DOS MACACOS, DAS CLAQUES ETC ETC ETC !!!!?????

A moradora que ouviu o motorista do Pinto da COSTA;
"...arrumem-se quem vai aqui è o PINTO DA COSTA.

Palavras para quê se é um motorita
do papa tripeiro!!???