AGORA ESTOU AQUI

sexta-feira, julho 10, 2009

O QUE A CASA GASTA

9 comentários:

simon disse...

Ali, no Benfica, repito, no Benfica, repete-se tudo, até "tou me cagando" pa ele e pò presidente. Mais grave, repito, no Benfica a gente tasse é a fazer o que sabe, repito, cagando.

Natálio Santos disse...

Vejam lá que até corruptos, mafiosos que mandam espancar quem ousar fazer-lhes frente (não é sr Queiroz e sr bexiga), traficantes de marfim, são ilibados pela nossa justiça...!!!REALMENTE...

Anónimo disse...

Quinta-feira, 9 de Julho de 2009
Ribeiro e Castro popular no Porto?
Houve muita gente que ficou de boca aberta quando Paulo Portas convidou José Ribeiro e Castro para cabeça-de-lista do CDS-PP no distrito do Porto, tendo em vista as eleições legislativas que se vão realizar em 27 de Setembro.

Eu também fiquei surpreendido mas, ao contrário da maior parte das reacções que vi e li na comunicação social, a minha surpresa não tem nada a ver com as conhecidas divergências politicas (e até pessoais) entre o actual e o ex-líder do CDS-PP.
A minha incredulidade em relação a esta escolha tem a ver com as paixões clubísticas.

É que o cabeça-de-lista escolhido pelo CDS-PP para o distrito do Porto não é um mero adepto do SLB. José Ribeiro e Castro é um benfiquista militante, foi vice-presidente de Vale e Azevedo e ainda o ano passado, como eurodeputado, organizou uma exposição no Parlamento Europeu sobre o Benfica onde, ao lado de Luís Filipe Vieira, não teve pejo em afirmar que "a primeira presidência portuguesa na Europa aconteceu quando o Benfica ganhou a taça dos campeões em 1961".


O DN de Sábado passado, na secção 'A vespa', também dá uma "ferroada" neste tema:
«Depois da surpresa que constituiu para muitos democratas-cristãos a escolha de José Ribeiro e Castro para cabeça-de-lista do CDS no Porto, o espanto deu lugar à preocupação. E esta não se deve a qualquer reminiscência do passado conflituoso entre a actual direcção e o ex-líder, mas a algo muito mais prosaico. Leia-se... futebol. Isto porque José Ribeiro e Castro, conhecido e reconhecido benfiquista, apareceu por estes dias a comentar as polémicas eleições no clube da Luz.
No CDS há quem tema os efeitos da paixão clubística do eurodeputado, que não será muito popular entre muitos votantes do Porto...»
DN, 04/07/2009


Bem, mas como diz um amigo meu, a escolha podia ser ainda mais "provocadora". É que Paulo Portas podia ter-se lembrado de convidar um dos grandes amigos e aliado interno (no partido) de Ribeiro e Castro: o Presidente da Assembleia Municipal de Gaia, Sílvio Cervan!
Blogue reflexão portista


"novo paraquedista" ???!!!

Anónimo disse...

E gastei eu 3 preciosos minutos do meu fim de semana, e da minha vida, a ouvir esta baboseira! Estou mesmo a perder qualidades!

Anónimo disse...

O que a casa gasta!...

É maduro tinto em caneca.

Fez o discurso e caiu.
Estava piéla...

O PORTO È GRANDE VIVA O PORTO.

aNNóNNimo disse...

Democracia é mesmo naquele clube que tem o mesmo "Padrinho", há 30 e tal anos, reeleito nos jantares do Casino...
Democracia é mesmo naquele clube em que "Padrinho" concorre contra uma "outra" lista cujo presidente da assembleia geral é o mesmo que concorre pela sua lista.

AG disse...

FUTEBOL? IDE, ide, falar com o caralho.

Feiticeiro do Bessa disse...

Isto foi à noite?
Se foi, então está tudo explicado!!!
Neste clube as conferências têm que serem logo pela manhã, para que esta cambada de bêbados, estejam com alguma lucidez.

Anónimo disse...

O Benfica do Barbas, do Vieira e do taxista, não merecia um presidente da Assembleia geral melhor do que este. O clube está bem identificado por estes marmanjos.