AGORA ESTOU AQUI

sábado, abril 18, 2009

A LUTA CONTINUA


Confesso que tenho algumas saudades do país que se indigna por motivos válidos - e não porque recusa dar mais de si à missão que o Estado paga, como é o caso dos professores - e que não fica indiferente a um escandaloso vídeo no qual um empresário repete várias vezes que o primeiro-ministro é corrupto e burro. Por isso, esta marcha do Boavista é um acontecimento. Os adeptos do clube do Bessa sabem que o clube está na lonas mas não desistem. O protesto que realizaram ontem nas ruas do Porto foi sentido. Os adeptos não querem que o clube morra e a verdade é que o futebol português precisa do Boavista. É certo que há erros que se devem pagar. Mas aí, meus senhores, tem de ser usada a mesma bitola para todos. O Boavista, reconheça-se, foi o alvo fácil do Apito Dourado/Final. É a vítima de um processo com poucos culpados. Álvaro Braga Júnior é que não desiste. Ei-lo marchando e atrás de si um boavisteiros dos sete costados, o Cipriano, que faz o favor de ser meu amigo, um boavisteiro para todos os momentos. O faz-tudo do Bessa merece, mais que ninguém, que o Boavista recupere a saúde que outros lhe tiraram. E quando falo de outros não falo apenas das instâncias disciplinares.


4 comentários:

David "Jericho" Pereira disse...

Boas, vim por este meio pedir-vos para que adicionassem o meu blog de futebol aos vossos links sff

http://portal-futebol.blogspot.com/

O nome do blog é Portal Futebol


Depois quando adicionarem comuniquem-no no nosso blog para que nós também vos adicionemos

Saudações!

Rafael disse...

Alguém Viu os Familia LOUREIROS ?!
era só para saber...

LAM disse...

Grandes verdades ditas em poucas linhas.
Parabéns pela lucidez que vai faltando a quem mais tinha de a ter.


LAM

Anónimo disse...

Sr. Eugénio, costumo acompanhar o seu blogue frequentemente, mas nunca comentei qualquer noticia. Faço-o desta vez apenas para dizer, que falar sem conhecimento de causa ultrapassa a linha entre o ser incisivo, o que muitas vezes consegue, e o ser idiota. E ao falar da causa dos professores, neste texto, passou essa marca. Se quer comentar como alguem minimamente inteligente e informado, consulto o diário da republica, consulte professores e outros afectados no processo e só depois estará em posição de criticar uma classe que defende aquilo que lhe parece impraticavel. Ou talvez, até esteja eu errado: mas coitado do povo que vê nos principais pilares da educação, o problema, e não a solução!