AGORA ESTOU AQUI

sábado, março 28, 2009

Em causa a imagem da Arbitragem.



Lucilio Batista, o mais antigo árbitro da primeira divisão, brindou uma vez mais o futebol português, com uma arbitragem de imensos erros.

Vítor Pereira, que acompanhou a equipa de arbitragem no Algarve, não deve ter gostado do que viu, pois certamente, não são essas as normas disciplinares, que deve querer introduzir, nos jogos em Portugal.

Ficou uma vez mais provado, que a primavera ainda não chegou ao sector da arbitragem, pois se o mais experientes árbitro português, deixa o jogo andar ao Deus dará no capítulo disciplinar, perante o olhar do seu presidente, que foi um dos mais conceituados árbitros portugueses, será muito difícil, por mais congressos, curso de formação e reuniões realizadas, demonstrar aos árbitros jovens, que o caminho das suas decisões, é, na direcção do rigor disciplinar, como se vê em outras latitudes. Lucilio, foi sempre um protegido pelos domínios da arbitragem, tendo chegado aos quadros da FIFA com a ajuda de alguns notáveis do futebol português.
Claro está, que não fez carreira de relevo a nível internacional, pois o acumular de erros a nível nacional, era a prova evidente que não tinha apito para outros níveis. Foi sempre permissivo e provou-o, no jogo que considerou de “prémio” de carreira, quando assinalou uma grande penalidade que não era, levou uma “peitada” do desesperado jogador do Sporting que não escreveu no seu relatório, exibindo a sua permanente falta de coragem e de segurança.
Foi, o habitual futebolisticamente correcto, ao não expulsar Paulo Bento, pelo gesto de roubo que exibiu.
Terminou o seu “prémio”, rodeado por todos os jogadores do Sporting, com todos os adeptos a exibirem o gesto de roubo e a gritarem, para o Lucilio ir receber a Taça.

Nota: espero que na 2ª parte aqui no Dragão, Portugal marque um golo aos Suecos

4 comentários:

Anónimo disse...

Reveja o Benfica /FCP, na Final da Taça de Portugal de há 4/5 anos e vai ver um critério disciplinar completamente diferente com mais uma vez GRANDE PREJUIZO do FCP.

Então em Sporting/FCP, para o campeonato ( o homem era quase sempre nomeado...) aquilo era impressionante, sempre com prejuizo do FCP, ele que vários penaltys marcou nestes jogos contra o FCP de uma vez em ALvalade perdoou ao Sporting QUATRO PENALTYS!!!!!!!!!!!!!

Enfim só agora descobriram a FALTA de QUALIDADE, deste Senhor!!!!!!!!

Anónimo disse...

4 penaltis?...Só???Que espectáculo de adepto...Tás perdoado, Lucílio. Há aqui mais um a ver os jogos com o olho do cu...

Adolfo Diaz de Alverca Galhonez disse...

Sim, caro Sr. Anónimo, houve um Sporting - FC Porto arbitrado pelo Lucílio Baptista em que ficaram por assinalar 4 grandes penalidades favoráveis ao FC Porto. Felizmente para a verdade desportiva, o FC Porto venceu o jogo com um golo do Costinha.

Por isso, e antes de insinuar que outros vêem jogos com o olho do cú, evite você mesmo debitar comentários provenientes do referido olho do cu.

Cumprimentos.

AindaPiorBlog disse...

Tendo em conta as imagens virtuais recentemente divulgadas, tenho que dizer que foi uma boa arbitragem:

http://www.youtube.com/watch?v=2DYL58p2dpE