AGORA ESTOU AQUI

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

VELÓSIO

O requiem por Miguel Veloso ai está. Primeiro foram os penteados, depois as passagens de modelo, a seguir os tiques de vedetismo...enquanto isso o brilho futebolístico foi-se apagando. Para perceber o que se está a passar com Miguel Veloso temos de ver quem é que está por detrás de Miguel Veloso. Ups, Paulo Barbosa! O ex-tradutor de russo do Benfica onde mete as mãos é sempre para criar confusão. A gestão da carreira de um futebolista é um eufemismo quando falamos destas coisas. É um facto que muitos deles são potenciados pelos empresários - veja-se o caso de Costinha, que foi do U. da Madeira para o Mónaco e do Mónaco para o FC Porto e etc,. - mas também há o reverso da medalha. O fascínio dos milhões é imenso e há que potenciar a mercadoria. E quando os papás também se metem ao barulho, pronto, está o caldo entornado. Para o Sporting sobra também o dilema de castigar o "craque" ou de também tentar ganhar algum. Em definitivo, não contará com o rapaz do gel até ao fim do campeonato. Não tarda nada e vamos vê-lo a jogar num qualquer clube romeno.

10 comentários:

Alan C. Hunter disse...

Depois da excelente época que fez no Sporting quando regressou do Olivais e Moscavide, tem sido sempre a descer. E se ele pensa que na Inglaterra eles lhe aturam os desfiles de moda, os amuos, as faltas ao treino e outras coisas que lhe têm aparado cá, está muito enganado...lá o profissionalismo é a sério e os que não o levam como tal são rapidamente chutados.

Anónimo disse...

O costinha no U. Madeira? É boa! Para quem é jornalista, podias estar mais bem informado, mas enfim...

JL

Anónimo disse...

Também me parece que de grande promessa (mais uma) das escolas de Alvalade, o seu comportamento nos últimos meses (e já são muitos meses), estão a apontá-lo para passar ao lado de uma grande carreira. Como jogador estagnou quando as suas qualidades começaram a ser notícia. E a grandeza dos clubes interessados nos seus serviços têm vindo a ser inversamente proporcionais à sua ambição: começou com o Manchester, já vai no Bolton, qualquer dia um da 2ª liga inglesa a que se seguirá a glória num qualquer clube cipriota.

LAM

Anónimo disse...

Costinha: 93/94 e 94/95 Oriental, 95/96 Manchico, 96/97 Nacional da Madeira, 97/98 a 00/01 Monaco. E espero que o Miguel Veloso ganhe juizo na cabeça, pk pes para a bola ele tem, só precisa de massa cinzenta na cabeça.

sonicmale69 disse...

Costinha:
Os primeiros passos como futebolista, foram dados no Oriental Lisboa, clube dos arredores de Lisboa, que militava na Zona Sul da II Divisão B. Entre 1993 e 1995 Costinha impôs-se como titular no Oriental. Na temporada 1995/1996 foi jogar para um clube da Ilha da Madeira, o Machico, também da II Divisão B, onde foi titular indiscutível. As suas exibições chamaram a atenção de outro clube Madeirense, o Nacional, igualmente da II Divisão B. Assim, na época 1996/1997 foi passada ao serviço do Nacional, também aqui na condição de titular.

Anónimo disse...

Não é só o comissionista Paulo Barbosa que é o culpado.O Pai,António Veloso, que também foi futebolista( e que foi "pau para toda a obra" nos seus tempos na Luz e de onde foi corrido), não o tem ajudado em nada ao pôr-se a seu lado, na sua contestação em jogar em vários lugares na equipa do Sporting.Para mim,ou ele (Pai) quer que o filho saia o mais depressa possivel do Sporting para logo a seguir o ver no Benfica ou então está sedento de dinheiro, tanto ou mais que o filho.Por vezes há Pais que projectam nos filhos aquilo que eles nunca tiveram, sem olhar a meios.

Anónimo disse...

Este parece que é mais uma promessa que não vai passar disso, só está a olhar para os milhões lá de Inglaterra e já nem no clube dele é titular. Por este andar qualquer dia já nem os Boltens o querem, só se fôr o empresário a conseguir empurrá-lo...

Bigsousa disse...

Eugénio: Costinha foi do Nacional da Madeira para o Leça, onde não jogõu porque não pôde ser inscrito. Foi depois para o Valência, onde não convenceu e aí sim saltou para o Mónaco. Não esquecer o LEÇA!

Anónimo disse...

Este gajo podia ser um jogador a sério, tinha possibilidades disso, mas ou é profissional de futebol ou é modelo, ou treina para ser um verdadeiro jogador de futebol ou anda mais a pensar nos penteados, na roupa e nos contratos milionários, a faltar aos treinos e a fazer ronha, por este andar não vai a lado nenhum, é mais um a passar ao lado de uma grande carreira.

joaquim agostinho disse...

As notícias da sua morte são exageradas.