AGORA ESTOU AQUI

quinta-feira, fevereiro 26, 2009

UM OSCAR PARA MOTA

"Se estivesse de fora, não teria dúvidas em dizer: que grande campeonato está a fazer o Leixões!" As palavras são de José Mota, o treinador leixonense, que até considerou ser merecedor de um Oscar para melhor treinador da Liga, reagindo a um repto lançado pelo Fardilha, do Porto Canal, depois de uma "fuga" a propósito de uma pergunta para o novo TVI sobre a estatueta entregue a Kate Winslet. Nada há de pior que a falsa modéstia e mais uma vez José Mota mostrou ser um homem genuíno e nada ressabiado, ao contrário de outros que andam por aí encharcados em perfumes e com toques de vedeta. Se não for possível entregar-lhe um Oscar, proponho que lhe seja pelo menos entregue uma réplica do mais precioso troféu conquistado pelo Leixões, a tal Taça de Portugal ganha no Estádio Nacional das Antas, em 1961.

4 comentários:

xutos disse...

mas no ano que desceu o paços de ferreira que oscar merecia? de pior realizador?

Francisco Fardilha disse...

É Fardilha Eugénio, é Fardilha..um abraço e viva o Titanic!

Anónimo disse...

Ó queiróz, se não fosses um monte de merda querias ser o que?

Anónimo disse...

O que é que o Antonio Medeiros disse na entrevista "abola" ?!