AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, fevereiro 24, 2009

CARNE VALE

A minha filha perguntou-me se foram os brasileiros que inventaram o Carnaval. Podem não ter sido, mas reinventaram-no bem. Mais uma vez também se viu que por cá a folia foi grande, com o Sol a ajudar, nesta pequena antecipação de Primavera, após um Inverno a sério. Já anda qualquer coisa no ar...e Março promete aquecer também as notícias do Apito Dourado, com o julgamento de PC em Vila Nova de Gaia. Sei que isto nada tem a ver com a imagem que acompanha esta breve prosa ou se calhar tem. Não sei. Ainda estou a ressacar da vodka de ontem...

4 comentários:

Anónimo disse...

Os processos vão sendo sucessivamente arquivados contra Pinto da Costa. Só avançará o "caso do envelope" ao árbitro Augusto Duarte, alegadamente recebido em casa do presidente do FC Porto na véspera de um jogo com o Beira-Mar, na época 2003/04. Tudo isto significa pelo menos duas coisas: a primeira, e essencial, que convém o Ministério Público arranjar provas antes de acusar alguém; segundo, que os julgamentos públicos são apenas uma parte da nova sociedade que construímos - e ainda bem que assim é. Mesmo quem, como eu, vê personificados no dirigente desportivo Pinto da Costa (e Valentim Loureiro, e Pimenta Machado) muitos dos males do futebol português não pode deixar de perceber que houve aqui uma tentativa de claro linchamento do ser humano.

Sejamos justos: a senhora Carolina Salgado, testemunha credível para acusar Pinto da Costa, o homem com quem viveu durante quase seis anos, não foi sequer processada quando no seu livro diz muito claramente que foi ela quem fez os contactos para mandar sovar um vereador de Gondomar, de seu nome Bexiga. O homem acabou, certamente por sorte, vivo, apesar de barbaramente agredido, mas a senhora ficou impune e tornou- -se numa estrela do jornalismo-benfiquista militante. Diz agora um juiz que o testemunho não é credível. Ou seja, afinal a justiça tem lógica.|

João Marcelino in DN de 14/02/09

Anónimo disse...

Não é da vodka Eugénio.

...carnaval no Brasil, julgamento em Gaia...isso é jet-lag.


LAM

Deixó's Poisar... disse...

Claro que tem tudo a ver.
Não foi por causa de pachacha fresca que o Pinto da Costa se tramou com a alternadeira que parece que agora é especialista em blow jobs? Pachacha é pachacha! E se um homem não é panasca, quando vê uma assim, tão linda, tão apetitosa, quem passa a comandar os seus actos é cabeça de baixo. E quando é só a cabeça de baixo a pensar, normalmente o homem (f...-se)lixa-se.

pintor belga disse...

Sei que isto nada tem a ver com a imagem que acompanha esta breve prosa ou se calhar tem.

Não tem? Espera aí, que eu já te trago de Braga a Polícia!