AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, janeiro 20, 2009

AFINAL A CONTA ERA DE DIVIDIR

Sempre tive alguma coisa contra o goal-average. Acho que agora se escreve goalaverage (fica um bocado esquisito). Não me parece que o uso tenha corrompido a norma. Goalverage é uma conta de dividir e não de subtrair. Não é a diferença entre os golos marcados e o sofridos, é o coeficiente entre os mesmos. Todos percebemos que intenção de quem fez o regulamento disciplinar da Liga era um factor de desempate com contas de subtrair. Foi a pensar assim que os clubes entraram na competição. Foi isso que a comunicação social transmitiu. Mas nada disto valida um erro. O golaverage é que é. Trigo limpo, Farinha Amparo. É no que dá quando aparece o Belenenses nas contas. Um galo do caraças.

25 comentários:

Anónimo disse...

Com que então, "corrumpido"? E não foi V. que teve a lata de escrever uns posts a atacar, aliás de forma muito pouco digna, os professores?!...

Anónimo disse...

Esta posta deve ser por voce ser amigo do director desportivo dos Pasteis. Esse Freitas ja esta a faturar.

Tiago Araújo disse...

Olá a todos!

Eu no meu blog tenho mais uma iniciativa, e é de sócio.

Querem ser sócios do meu blog?

podem ganhar um cartão ( mas de imagem ).

Podem saber tudo em:

http://campeoesfcporto.blogspot.com

e depois escrevam na caixa de comentários se querem ser sócios do blog ou não.

Um abraço e conto com voçês.

bissaia disse...

Não li o regulamento mas penso que se não está escrito totalmente em português é mau.Os estrangeirismos dão nisto...digo eu.

aNNóNNimo disse...

Os professores(e até alguns de Língua Portuguesa) são capazes de muito pior...!

leão verde disse...

Vá lá, vá lá. Podia-lhe ter dado para pior. Imagina que ele tinha escrito currompido

Abdul Abdulaah disse...

E atacou muito bem, porque não o souberam ensinar!

Julio César disse...

"Afinal de contas era de dividir"

E alguma vez foi???
Desde quando essa forma foi aplicada à letra?

Será coincidência ser sempre a mesma equipa do "sistema" a tentar ganhar na secretaria o que nao ganha em campo???

Liga da vergonha e dos incompetentes.

Anónimo disse...

Já começa a ser típico estas reclamações do Belenenses quando as situações apertam.
Gostava era de perceber como fariam a conta, sendo a dividir, no caso de haver golos marcados e zero sofridos.

Como era?
3:0=?
2:0=?
...etc.


LAM

Anónimo disse...

O exemplo que dou no comentário anterior (de 3:0, 2:0 etc) não está correcto.

Fui ver como é que era isso de "average".
Então, há várias formas de "average":
-arithmetic average que penso que é o que interessará este caso, mas também "harmonic average", "geometric average", "quadratic mean average", etc.

aplicado aos casos de Guimarães e Belenenses, a fórmula "arithmetic average", que nunca foi usada nestes termos (veja-se até o goalaverage que era usado na taça UEFA)é assim:

Guimarães, 2 marcados 1 sofrido:
2+1=A+A
A=(2+1):2=1,5

Belenenses, 3 marcados 2 sofridos:
3+2=A+A
A=(3+2):2=2,5


LAM, numa de matemático.

Armindo disse...

Oh sôrGénio

Já tinha saudades...

Espectacular, é o termo que encontro para designar a explicação da nossa Liga da cerveja!

"A referida expressão "goal-average" reporta-se à diferença entre golos marcados e sofridos; tal corresponde ao entendimento comum na linguagem corrente do futebol"

Anónimo disse...

E se algum deles não tivesse sofrido golos? Quanto dá a divisão por zero? Infinito? Então se um tivesse marcado vinte golos e sofrido um e outro tivesse marcado 3 e sofrido 0 passava este? Isto é justo?

Anónimo disse...

ao Anónimo da 20 janeiro, 20:41

Não. Inicialmente também caí nesse erro.
no caso que cita, por exemplo, de um 20 a 1
e outro 3 e sofrido 0

um:
20+1=A+A
A=(20+1):2=10,5

outro:
3+0=A+A
A=(3+0):2=1,5

as contas no average aritmético fazem-se assim.
Agora que também acho isso muito estranho, é verdade. Aliás e como digo num comentário atrás, as contas de goal average na UEFA nunca se fizeram assim. No caso de empate entre os golos marcados e os sofridos, NÃO ENTRANDO EM LINHA DE CONTA COM OS GOLOS FORA OU EM CASA que penso este regulamento não prevê, estão ambos os clubes com diferença de 1 golo entre marcados e sofridos. Logo passa o que tiver maior nº de golos marcados. Sempre assim foi e este é mais um dos costumeiros expedientes do Belenenses.


LAM

Adulcins Mirim disse...

Já percebi porque é que o aNNóNNimo só larga besteira...antes eu estava atribuindo à cor da camiseta dele, mas agora percebi, o sujeito está com um trauma de escola, algum mestre lhe terá dado uma tapa que deixou marca para o resto da vida...

Anónimo disse...

Há gajos burros...
Se no critério do goal-average tivessem que dividir por zero passava-se ao segundo critério de desempate, o tal que favorece o Guimarães. Como não é o caso, a razão é dos pasteis.
Os tipos da liga mais os da carlsberg têm sempre a hipótese de aprender a escrever até ao início do ano que vem.

Anónimo disse...

LAM

Até sabes umas 'coisitas' de Matemática...mas erraste a solução!
Não terás trocado os nomes dos clubes?!

P.S. - A 'pastelada' fica toda contente por os corruptos trazerem umas florecas e homenagearem - não sei as razões -um fulano que morreu com fome e tuberculoso...

VISCONDE D'ÁGUDELA disse...

Goal-average é o termo internacional usado para classificar um sistema de desempate que leva em conta os golos marcados e sofridos. Acontece que cada pais ou organização quando elabora os regulamentos descreve textualmente a forma como será feita a comparação, seja pela divisão entre GM/GS (caso da Champions) ou a diferença entre GM/GS, jamais se encontra em textos regulamentares a palavra goal-average.
Por cá, ... quiseram dar uma de finos e ecléticos british...e está a caldeirada montada...bem feito...mas prefiro ke sejam os pasteis a jogar que os espanhóis...

ps - AVERAGE É UMA FORMA MATEMATICA MT USADA NO DIA DIA, SEM KE NOS APERCEBAMOS, QUE IMPLICA SEMPRE A DIVISÃO PELAS PARTES, DO SEU SOMATÓRIO....

Anónimo disse...

Anónimo das 10:53

:)) tens razão, troquei os clubes e os resultados.

Esta merda de não se poder escrever a lápis aqui na net dá nisto. Quando um gajo repara....já foi.
:)


LAM

Anónimo disse...

Quando é que tiram as peugas da garganta ?

Nuno Nogueira Santos disse...

É ver na wikipedia e olhem que estes erros nem são virgens na Taça da Liga

Anónimo disse...

A fórmula de average aritmético é a que indico acima.

não é portanto uma mera divisão, pelo que situações como as comentadas atrás, de casos de 3-0 ou 2-0 em que o quociente seria infinito (3:0=? 2.0=?)não se colocam.
nesse caso seria:
3+0=A+A
A=(3+0):2= 2,5

(sendo que o divisor 2 é o número de partes envolvidas).


LAM
(passando esta fase das matemáticas vou passar a dar receitas de cabrito assado).

Anónimo disse...

= 1,5 digo

daa-se!!

é o que dá já estar a pensar nas receitas de cabrito.

LAM

Anónimo disse...

pelo que já li em vários locais, no caso da divisão por zero considerava-se mesmo infinito. O que acontece é que o goal-average em que se divide o nº de golos marcados por sofridos era quase impossível alguem ficar a zero. E não,não tenho fama de ser burro.

Vítor Serpa disse...

É só burros!

Então se o divisor 2 é a soma das partes, imaginem este caso:

Clube A 3-0
Clube B 0-5

Pelas vossas contas o goal-average será:

Clube A: 3+0=A+A
A=(3+0):2= 1,5

Clube B: 0+5=A+A
A= (0+5 : 2= 2,5


Quer dizer: Passa o clube que sofreu mais golos e marcou menos.

Anónimo disse...

Cambada de burros. Vai o Vitória e mais nada!

VISCONDE D'ÁGUDELA... toma marroquino!