AGORA ESTOU AQUI

quinta-feira, novembro 06, 2008

PORQUE A BOLA É...REDONDA

Desde 1964 que o FC Porto não soma quatro derrotas consecutivas. Há 44 anos, portanto. O tempo vai continuar a correr sobre esta performance horrível. Em Kiev, o FC Porto esteve a um passo de repetir o "feito" mas o golo de Rolando deu a esperança que faltava para a reviravolta. Que se consumou mesmo no fim do jogo. No mesmo lance, o Dínamo falhou o 2-1 e Lucho não falhou na outra baliza. O futebol é bonito porque é assim. O mesmo curto passo separa o desastre da glória.

4 comentários:

Anónimo disse...

Apito: penalistas contra uso de escutas em processos disciplinares
[ 2008/11/06 | 17:01 ] Redacção CM

Os professores de Direito Penal Costa Andrade e Germano Marques da Silva reiteraram esta quinta-feira que nem a lei nem a Constituição da República Portuguesa permitem que as escutas telefónicas obtidas em processo-crime possam ser utilizadas em processos disciplinares, a propósito do acórdão do Supremo Tribunal Administrativo que entendeu ser «ilegal» a utilização daquelas gravações no processo disciplinar instaurado pela Liga contra João Bartolomeu, presidente da União de Leiria, e que provinham de um outro processo em que o dirigente era arguido.

«A lei é claríssima nessa matéria, ou seja, as escutas só podem ser utilizadas em processo penal», afirmou Germano Marques da Silva, autor de um parecer sobre este assunto num dos processos-crime do presidente do F.C. Porto, Pinto da Costa.

O penalista lembrou, ainda, que se as escutas não podem ser aplicadas a processos-crime com moldura penal inferior a três anos não faria sentido que pudessem ser utilizadas num processo disciplinar, cuja gravidade não é comparável. Idêntica posição tem Costa Andrade, que acrescentou: «Num Estado de Direito as pessoas continuam a ser pessoas quando comunicam por telefone.»
"MAISFUTEBOL"

Anónimo disse...

Caro Eugénio,
fico feliz pelo facto de destacar a vitória do FCP, e não o facto de o SCP andar a "bater recordes" na CL. Uma primeira página que, asseguro-lhe, fez as delícias de todos os adeptos do FCP, porque...pasme-se (ou não) a afirmação está ERRADA.

Aqui fica um artigo do Portal dos Dragões a respeito. Melhores cumprimentos...

Voltando à capa de ontem do Record,
eis um artigo do Portal dos Dragões, sobre o tema....

Opinião: A super mentira

07/11/2008

Nós percebemos o entusiasmo dos Sportinguistas pelo facto de, pela 1ª vez, terem ultrapassado a fase de grupos da Champions League. É notícia!

Em contraste, não é notícia o FC Porto passar essa mesma fase. É normal. Toda a gente - nós, e a Europa - sabe disso.

No dia a seguir a uma importante vitória do FC Porto em Kiev, e que é um bom passo para o futebol Português poder ter...2 representantes nos 1/8 de final da prova, o jornal Record publica esta 1ª página: «Sporting bate recordes, nunca uma equipa Portuguesa se qualificou tão depressa».

Volto a repetir: percebo o entusiamo dos Sportinguistas, continuo é a não perceber como é que o mesmo sentimento impeça o dito jornal de ser objectivo e de, pelo menos, ser exacto nas suas afirmações. Dizer que o Sporting bate recordes numa prova onde raramente está já é um disparate, já para não falar na tentativa bacôca e provinciana de diminuir o único representante forte que Portugal tem tido na prova. É que, ainda por cima...a afirmação está ERRADA.

Cada um lê e/ou «consome» o que quiser, mas factos são factos. Eles aqui estão: o melhor arranque e apuramento mais rápido de uma equipa portuguesa para a fase seguinte foi protagonizado pelo FC Porto em 96/97.

Sem mais demoras, aqui vão os FACTOS:

1ª Jornada: Milan-FCP 2-3, IFK-Rosenborg 2-3
Classificação: FCP 3, Rosenborg 3, Milan 0, IFK 0

2ª Jornada: FCP-IFK 2-0, Rosenborg-Milan 1-4
Classificação: FCP 6, Milan 3, Rosenborg 3, IFK 0

3ª Jornada: IFK-Milan 2-1, Rosenborg-FCP 0-1
Classificação: FCP 9, Rosenborg 6, Milan 3, IFK 0

4ª Jornada: Milan-IFK 4-2, FCP-Rosenborg 3-0
Classificação: FCP 12, Milan 6, Rosenborg 6, IFK 0

O FC Porto ficou apurado aqui mesmo. E com um registo de 4 vitórias, uma delas alcançada em...Milão. Foi igualmente o melhor arranque de sempre de uma equipa portuguesa na prova.

Aqui ficam os factos, longe das primeiras páginas, como é óbvio...

JC

aNNóNNimo disse...

E já viram alguém a quem foi paga uma pequena fortuna(20 000 VINTE MIL euritos, por cada parecer)para defender esta tese no início do processo, vir agora defender o contrário, não aproveitando a opinião deste Tribunal, para voltar a terreiro...??!!!
P.S. - - O.K.! As escutas serão ilegais...!
E os CRIMES terão sido praticados com base na Constituição!

aNNóNNimo disse...

NÃO HOUVE....

Nada se passou...!

Não houve agressões,
não houve coação,
não houve compadrio,
não houve "fruta", "rebuçadinhos" ou "chocolates",
não houve limpeza de imagem de jogadores,treinadores e presidente (sempre do mesmo clube!!),e por
uma imprensa 'empalada'!
não houve envelopes recheados de 'quinhentinhos',
não houve réus transformados em testemunhas de acusação,
não houve viagem de árbitros ao Brasil,
não houve facturas dessas viagens 'pagas por engano' por determinado clube - sempre o mesmo,
não houve 'calorosos' negócios durante a noite,
não houve falta de honestidade e justeza nas classificações dos árbitros,
Não houve,etc, etc, etc e tal.

NÃO HOUVE (NUNCA!) CORRUPÇÂO des...PORTO...iva!


P.S. - Uma dúvida me assalta...se é que HOUVE escutas! - os escutados terão sido os 'bonecos' do Contra-Informação?!