AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, outubro 14, 2008

DIA DE APITOS


Desculpem qualquer falta de atenção mas hoje foi um dia...daqueles. Apito em Gondomar, apito em Lisboa, online para despachar, o papel também, amigos que telefonam, sms que chegam e o corpo sempre a pagar o erro de casting que foi escolher uma camisola de lã para sair de casa logo pela manhã... Acabou por ser um dia importante para o processo que todos acompanhamos. Em Gondomar, a surpresa foi o facto de o procurador Gonçalo Silva não ter respeitado a hierarquia, não pedindo a pronúncia de Pinto da Costa para julgamento, ao mesmo tempo que pedia a de Rui Alves, Augusto Duarte e António Araújo. Muito provavelmente o procurador terá de recorrer do que não pediu no caso de o juiz Pedro Miguel Vieira decidir não pronunciar Pinto da Costa para julgamento no caso do Nacional-Benfica. Falando do juiz, foi giro ver a forma como se picou quer com o advogado de Augusto Duarte, quer com o de Pinto da Costa, ao ponto de no final ter falado para dizer que não cede a pressões mediáticas e que se está a borrifar para o que se passa entre Pinto da Costa ea Comissão Disciplinar da Liga. E falou um antigo júnior do FC Porto... Em Lisboa, o juiz de instrução Carlos Alexandre, O Grande, produziu um despacho de pronúncia no caso da viciação das classificações dos árbitros muito, mas muito violento. Ainda estou a ler as 455 páginas do mesmo e promete trazer aqui algumas passagens. O que posso dizer é que Alexandre acusa Pinto de Sousa de ser o estratega de um sistema de viciação da verdade desportiva, num conselho de arbitragem da FPF do qual apenas Carlos Silva e Carlos Esteves escaparam de acusações, muito embora tivessem sido constituídos arguidos. Prometo voltar à carga.

8 comentários:

Anónimo disse...

........ninguém saberia desta pouca vergonha, ficaria tudo escondido para alguns enquanto o Povão cá fora empenha-se por toda a vida para ter uma casa.

O que fizeram Abecassis, Sampaio, Soares, Santana e Carmona para resolverem essas injustiças depois de tomarem posse?

Depois, na televisão e nos jornais, vemos esses senhores comentar como símbolos da transparência e das boas práticas...

Infelizmente, isto não acontece só em Lisboa espalha-se por todo o País!!!

Mas infelizmente isso já não tem nada de admirável aliás até é uma prática normal, pois o nosso regime é claramente um regime gerido por cunhas, onde se obtém altos cargos ou regalias, não pelo trabalho ou mérito. Mas sim através de amizades, para arranjar-se um bom tacho basta se pertencer a alguma juventude socialista ou social-democrata que serás bem tratadinho e terás um bom tacho, enquanto o país é mergulhado numa crise de todos os níveis, desde crise económica à crise de valores.

A Câmara de Lisboa atribuiu 3.200 casas por cunha, segundo a edição deste sábado do Expresso. Em causa estão moradias, palácios, lojas ou apartamentos dados à Câmara Municipal de Lisboa como contrapartida de benefícios atribuídos a cooperativas de habitação. Segundo o semanário, o esquema existe há mais de 30 anos e contemplou amigos, artistas, jornalistas, familiares, entre outros. O Expresso revela ainda que “tem sido o vereador da Habitação, ou os seus serviços — quando não o próprio presidente da Câmara —, a conceder aquelas habitações de forma directa”. A média das rendas cobradas é de 35,48 euros, mas desconhece-se a percentagem das que são pagas. Estas casas fazem, segundo o Expresso, parte do chamado Património Disperso e, segundo um estudo da Universidade Lusófona, “a CML não sabia, nem sabe, do que é dona”.


Mário Rui Cruz

Bússola Departamento urbanístico

Anónimo disse...

E convem não esquecer que todos estes processos já foram,salvo o erro, arquivados pelo MP !!!

Silvestre disse...

mais outra derrota em toda a linha para o Salazar_Lisboa e Benfica!

perderam a dignidade toda, não são ninguém a nível desportivo, nem na secretaria conseguem ganhar.

o benfica acabou há mais de 30 anos com o 25 de Abril de 1974.

dragao vila pouca disse...

Mais uma vez digo: tanta honra perdida para nada.
Mas tinhas do que disse o juíz, para disfarçares as azias e falo no plural, porque não é só a tua...se me compreendes.

Anónimo disse...

incha Orelhas !

Zé da Póvoa disse...

O complot montado contra Pinto da Costa vai-se desmoronando como os icebergs polares. O Orelhas fez grandes investimentos em pessoas, livros e filmes. Pôs os seus Cunhas Leais espalhados pelos órgãos desportivos- e não só desportivos - mais importantes. A ordem era meter PC na prisão fosse de que maneira fosse e recolocar na sociedade portuguesa o slb, como nos tempos em que era a equipa do regime fascista e ganhava provas por decreto.
Afinal, os juizes não vão na conversa e não aceitam transformar meras suposições em factos provados e não acreditam na palavra de quem já foi pronunciada em Tribunal por mentirosa.

maiskemaluko disse...

lagartixa de bila pouca, o ires para o piano, na hora que os outros vao bulir, resulta que escrevas comentarios que so tu deves compreender !!!!!

Anónimo disse...

455 páginas? É a versão incompleta, porque a oficial tem 505...