AGORA ESTOU AQUI

quarta-feira, outubro 01, 2008

ADEUS ARTUR!

Estas são as tais notícias que chegam sempre sem aviso e que nos deixam sem palavras. Morreu o Artur Azevedo. Foi meu companheiro in A BOLA, nos seis fabulosos anos que lá passei, e era um dos "Marretas" da redacção, pelo menos segundo o Nuno Maia, que assim os tratava para mim carinhosamente. O Artur lá chegava ao fim da tarde para tentar conseguir um espaço para a natação mas nadava também noutras águas na área das modalidades. Embora nem sempre nos conseguisse ouvir na perfeição, devido a um ouvido teimoso, era um excelente conversador, um camarado mais velho que ali estava para apoiar. Mais cedo do que ele partiu o Avelino Simões, o senhor Avelino, que era o homem do voleibol, o primeiro sempre a chegar à redacção, sempre cheio de histórias de viagens para contar, pois também era operador turístico. As redacções vão perdendo estas referências, estão cada vez mais cheias de estagiários (nada contra eles pois também fui) e...tudo isto só confirma que também nós estamos velhos, cada vez mais próximos do precipício fatal. Por isso mesmo é que há que concluir que não devemos correr tanto.

2 comentários:

Beto Quadros disse...

Meu Caro Eugénio Queirós...

Sou leitor aqui do Bola na Área, devido à paixão que nos move aos dois, penso eu. Jornalismo e desporto.

Não podia deixar passar este post sem comentar, isto porque, sou relator desportivo dos jogos de hóquei em patins da Oliveirense e como tal privei em vários encontros com o Artur Azevedo.

O jornalismo fica mais pobre, muito mais pobre. Resta-nos lembrar os seus grandes trabalhos de reportagem...

Grilo Falante disse...

"Foi meu companheiro in A BOLA" Quão mal pode um "jornalista" escrever?