AGORA ESTOU AQUI

sábado, setembro 27, 2008

Se vocês não compreendem posso fazer-vos um desenho



Aproveitando a frase do Zé Mourinho aos jornalistas italianos, aproveitando o encerramento da 4ª jornada, após a derrota do SCP no clássico lisboeta e dado que na 4ª feira vão jogar a Basileia, devem estar atentos à leis do Jogo.
Isto porque em Barcelona, no jogo da Champions League que o Sporting CP disputou, o árbitro francês Laurent Duhamel cometeu um erro grave.
Uma confusão instalou-se aos 50 minutos quando o árbitro exigiu a bola e correu para o guarda-redes, recomeçando o jogo com bolo ao solo quando deveria ter repetido o pontapé de baliza.
A bola ao solo é uma forma de recomeço de jogo e aplica-se depois de uma interrupção temporária provocada por uma causa não prevista nas Leis do Jogo.
O árbitro tem que deixar cair a bola no solo no local onde ela se encontrava no momento da interrupção.
O pontapé de baliza também é uma das formas de recomeçar o jogo. A bola é pontapeada dum ponto qualquer da área de baliza por um jogador da equipa defensora e os adversários devem ficar fora da área de grande penalidade até que a bola esteja em jogo. E como entra a bola em jogo? Só quando for pontapeada directamente para fora da área de grande penalidade. Se a bola não ultrapassar o risco da área de grande penalidade o pontapé de baliza deve ser repetido.
A bola ao solo de Barcelona que não sirva de exemplo aos árbitros portugueses, pois Duhamel cometendo um erro técnico pois a bola não saiu fora da área de grande penalidade na execução do pontapé de baliza e assim sendo deveria ter repetido o pontapé de baliza e não deveria ter recomeçado o jogo com bola ao solo no local da interrupção. O Sporting poderia ter protestado o jogo, pois há o princípio da aplicação errada das leis do jogo com desconhecimento da Lei por parte do árbitro Francês.
E neste caso, não foi só o francês que desconhecia a Lei…

4 comentários:

joao disse...

Sou benfiquista mas vi o jogo e se bem me lembro, essa situaçao deu-se quando a bola sai pela linha final mas foi atrasada para o guarda redes que, sobre pressao, chua a bola para a frente. Assim, o arbitro errou sim, por nao ter dado a bola ao Rui Patricio para que ele executasse, pela primeira vez, o pontape de baliza..

Anónimo disse...

Sr.Leirós,
já tinha saudades suas,folgo em voltar a lê-lo!
Aprender as Leis do Jogo recomenda-se a todos os apaixonados do futebol.
Boas crónicas no JN, porque o sr. sempre teve boas tendencias para a comunicação social desde o tempo do "Prado". E feche sempre o vidro!

Anónimo disse...

OH João não é isso exactamento o que diz o Sr. Leirós "e assim sendo deveria ter repetido o pontapé de baliza e não deveria ter recomeçado o jogo com bola ao solo "

Jose Leirós disse...

Prado Velhos tempos... Tem toda a razão.
Um abraço para si.