AGORA ESTOU AQUI

sábado, setembro 13, 2008

O NOVO PRESIDENTE DO CJ

[O juiz Joaquim Sousa Dinis] "Redigia sentenças ao som de música instrumental, gosta de construir barcos em miniatura e já publicou três romances. Foi desta forma que o jornal Região de Leiria apresentou, há alguns anos, Sousa Dinis, escolhido por Madaíl para a presidência do Conselho de Justiça da FPF. Começou a sua carreira como delegado do Ministério Público na Madeira, mas em 1973 ingressou na magistratura judicial. Chegou a presidente de Círculo em Leiria e Coimbra, e desembargador na Relação de Lisboa. Em 1998, foi para o Supremo Tribunal de Justiça."
in PÚBLICO

Sousa Dinis chegou a estar indigitado para presidente à Alta Autoridade para a Comunicação Social, sucedendo a...Gonçalves Pereira (juiz de Arganil). Mas não tomou posse. O seu perfil foi assim apresentado no site da AACS, que é uma espécie de ASAE da Comunicação Social:
O juiz conselheiro Joaquim José de Sousa Dinis, oriundo da Benfeita, foi indicado pelo Conselho Superior de Magistratura para ocupar o cargo de presidente da Alta Autoridade para a Comunicação Social.Filho de Mário Dias Dinis, o Dr.Joaquim José de Sousa Dinis iniciou os estudos liceais em Leiria, concluindo-os em Aveiro, cidade onde se encontrava colocado como médico seu tio Urbano Dias Dinis.Concluída em Coimbra a licenciatura em Direito, o Dr.Joaquim José de Sousa Dinis iniciou a carreira como delegado do Ministério Público na Madeira e, em 1973, ingressou na magistratura judicial, tendo sido, posteriormente, presidente de Círculo em Leiria e Coimbra, e desembargador na Relação de Lisboa até 1998, ano em que ascendeu ao Supremo Tribunal de Justiça. O Dr.Joaquim José de Sousa Dinis vai suceder no cargo de presidente da Alta Autoridade para a Comunicação Social ao Dr.Gonçalves Pereira, pessoa também muito ligada a Arganil, vila onde construiu sólidas amizades aquando da sua estada como delegado do Ministério Público e que, recentemente, reforçou na sua deslocação para participar nas cerimónias do centenário do nosso jornal.Atingido pelo limite de idade, o Dr.Gonçalves Pereira vai assim ser rendido pelo Dr.Joaquim José de Sousa Dinis que, para além de trabalhos de cariz forense, tem também editadas publicações de feição literária como os "Contos do Aquém, do Além e do Mar" e o romance "Varandas do Atlântico", obra inserta no âmbito das comemorações dos 500 anos do achamento do Brasil.Presentemente o Dr.Joaquim José de Sousa Dinis prepara um romance histórico, baseado em aspectos obscuros da vida de D.Sancho II e que tem Coimbra como cenário.

6 comentários:

Cobola disse...

No Jornal Público também diz que é «"Doido" pela Briosa».

Fica por saber em que medida esta "insanidade" para com um clube (e seus protocolos estratégicos) condicionará as decisões da "justiça" (com letra pequena) desportiva.

Anónimo disse...

Tinha quase a certeza que o Gonçalves Pereira era advogado... estava errado?
Ricardo

Anónimo disse...

mantorras de saida do benfica?
vejam aqui: http://www.bazul.org/index.php?topic=17807.0

Miguel Fernandes disse...

omg o rui costa telefonou mesmo lolol

Anónimo disse...

QQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQWWWWWWQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQWWWWWWQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQ

Anónimo disse...

- Mas não é Bitorino, aquele tachista dentolas?

- Não, não é, só outro tachista igual.