AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, setembro 30, 2008

EU "SHOW" CARLOS PEREIRA*


O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, que se tem eternizado no poder, entrou como um leão no tribunal de Gondomar e saiu à sendeiro. À segunda resposta ao procurador em tom arrogante e desafiador, a juíza Manuela Sousa pô-lo na linha. Sobre o Marítimo-Nacional da época de 2003/2004, na 31.ª jornada, quando a equipa maritimista lutava mano a mano com o Rio Ave por uma posição (6.º lugar) europeia, Pereira disse displicentemente que foi um "jogo normal, como tantos outros em 25 anos de dirigismo, foi normalíssimo". O procurador Paulo Sérgio Ferreira insistiu: "É verdade que falou a António Henriques e revelou algum mal estar pela nomeação do árbitro Martins dos Santos?"Falo com ele desde os dez anos de didade, falo todos os dias com ele...", respondeu, com um sorriso nos lábios, o presidente do Marítimo. E foi aqui que a juíza saiu do sério. "Se falava com ele todos os dias, como é que não se recorda que falou com ele sobre o árbitro?" Instado a revelar alguma coerência, Carlos Pereira mudou de registo e seguiu-se este delicioso pergunta-resposta:

PROCURADOR – Tem contactos de mais algum árbitro de futebol?
CARLOS PEREIRA - Não.
PCR- Estava apreeensivo quanto a resultado do jogo Marítimo-Nacional?
CP - Estou apreensivo em todos os jogos, são tantos os jogos...
PCR - Não tinha receio de que o desfecho fosse desfavorável à sua equipa?
CP - Não vinha mal ao mundo, o Marítimo já não descia de divisão.
PCR - No final desta época quantas equipas iam às competiçoes europeias?
CP - Seis equipas
PCR - Em que lugar terminou o Marítimo?
CP - 6.º lugar.
PCR - Isso não lhe causava nenhuma apreensãoo?...
CP - Não.
PCR - Em que lugar da tabela estava o Marítimo nesta jornada, faz ideia?
CP - Não.
PCR - Recorda-se do jogo anterior a este?
CP - Não. O meu sonho é chegar à Liga dos Campeões! Há sempre três resultados possíveis...
PCR - Nessa época, o objectivo era colocar o Marítimo nas competiçoes europeias?
CP - Não. O meu sonho é chegar à Liga dos Campeões. Primeiro objectivo é nao descer de divisão, segundo a Taça UEFA, a seguir ir à Liga dos Campeões.
PCR - Tinha conhecimento que o Nacional teria aliciado alguns árbitros com prostitutas?
CP - Aquilo que posso confirmar é o que li na comunicação social, agarrei e mandei para a Liga.
PCR - O sr tinha conhecimento ou não antes da informação na comunicação social de que eventualmente o sr presidente do Nacional utilizaria alguns métodos menos leais para obter favores de certos árbitros?
CP - A esta distância não posso afirmar, o que posso afirmar é que era voz corrente na região.
PCR - E isso não lhe causava um certo receio?
CP - Cada um é responsavel pelos seus actos. É evidente que discordo...
MANUELA SOUSA (a juíza) - Sabendo que da outra equipa utilizavam determinados expedientes para agradecer aos árbitros, não receabava que a sua equipa fosse prejudicada?
CP - Se tivesse presenciado, receava, mas tudo quanto era rumor...
MS- Tanto não receou que remeteu para a Liga...
CP - Por isso é que mandei para a liga
MS - Porque receou?
CP - [encolhe os ombros...]
MS - Deu conta desse receio a António Henriques?
CP - Não.
PROCURADOR- Comentou essa situação ou deu conta dela a António Henriques?
CP - Acho que não.
PCR- Sabe se António Henriques tinha conhecimento desses rumores?
CP - Ele é bom cidadão, conhece a região.
Lourenço Pinto, advogado de Martins dos Santos, face a este cenário obviamente nada quis perguntar a Carlos Pereira.


* um retrato impressionista do dirigismo desportivo na Tugolândia.


3 comentários:

catão disse...

Oh, ó Eugénio, não exageres, não te estiques, onde está a arrogância do dito Pereira? Querias que amuasse? Que confessasse o que fez ou não fez e disse ou não disse?

Ui, é demais, fantástico, doutoral e subido o que faz gente dos tribunais, procuradores e juízes ou juízas, de cima dos seus pedestais, quantas vezes folhas da mãe, arrogantes como uns trastes?

Não vejo, francamente, onde o Carlos Pereira foi impróprio e arrogante.

E já será jeito de se ser critico, imparcial, ou estar antes co mais fortes, ser-se subserviente.

Anónimo disse...

A tentar outra vez limpar a imagem dos corruptos Srº Queiroz?

Muito irónica esta posta de pescada.

NONY

coelho disse...

Ui, falando de juízes, tribunais e públicos ministérios da procuração, caga-se de alto a baixo o pgeno, cas calças na mão, me desculpem, eu sou todo pelos mais fortes, como eles sou dos bons.