AGORA ESTOU AQUI

domingo, setembro 14, 2008

CARLOS TEIXEIRA, O PESADELO DOS FUTEBOLEIROS


«Durante anos foi quem fez tremer os homens que mandam no futebol. Pôs sob escuta e mandou deter Valentim Loureiro e Pinto da Costa no âmbito do Apito Dourado, o processo que permitiu desvendas vários dos segredos dos bastidores da bola. E chegou a pedir à juíza de instrução criminal que aqueles dois dirigentes ficassem em prisão preventiva.
Não o conseguiu, mas logrou ser odiado pelos visados no processo, que o acusaram de perseguição e de, cirurgicamente, não ter direccionado a investigação contra os clubes do Sul, o Benfica e Luís Filipe Vieira mais concretamente.
De 43 anos, Carlos José Nascimento Teixeira está agora de saída do Ministério Público de Gondomar, após 16 anos de trabalho como procurador-adjunto. Foi promovido a procurador da República e começa a trabalhar amanhã na Madeira.
Cerca de 70 colegas e amigos ligados ao Tribunal de Gondomar promoveram-lhe uma festa de homenagem na passada quinta-feira. Um jantar e uma prenda seguiram-lhe a um "sprint" final de acusações em processos pendentes do Apito Dourado contra Valentim e pessoas próximas.
O caso "Quinta do Ambrósio" - em que o major e mais 10 ou 11 arguidos deverão ser acusados na próxima semana - é o mais sonante, envolvendo interesses e lucros de milhões em terrenos e circulação de dinheiros em "off-shores".
Licenciado em Direito em Coimbra, Carlos Teixeira andou três anos a estudar para padre num seminário e chegou a pensar em ir para médico. Desde miúdo que os amigos da aldeia de Rebordelo, Vinhais (Trás-os-Montes), lhe conheciam o gosto pelos estudos e... a falta de habilidade para o futebol. Também não tinha jeito para a agricultura, mas - revelou o pai numa entrevista - aos 12 anos já sabia conduzir o táxi Mercedes que era o ganha pão da família. Pai de dois filhos, Teixeira está separado.
Após deixar marcas em Gondomar e contribuído para o abalo no futebol nacional, tem agora outro desafio. Nos bastidores, há inclusive quem diga que a sua ida para a Madeira não acontece por acaso e que Alberto João Jardim não terá descanso...»

NUNO MAIA, no JN

13 comentários:

Anónimo disse...

Um grande VIVA...
Viva quem tem coragem...
É com exemplos destes, de frontalidade, isenção, dignidade e coragem que têm de nortear todos os Portugueses, e em particular toda a escumalha política, que nos rodeia... o verdadeiro cancro destruidor da nossa prosperidade e o verdadeiro epicentro desta teia de podridão de relações entre política, construção e futebol...
Há que desmoronar toda esta pirâmide de interesses de promiscuidade danosa dentro destas relações mafiosas e seus protagonistas....

PARABÉNS AO SR DR. JUIZ CARLOS TEIXEIRA.

Armindo disse...

"...Também não tinha jeito para a agricultura, mas - revelou o pai numa entrevista - aos 12 anos já sabia conduzir o táxi Mercedes que era o ganha pão da família."

Oh sôr ohgénio.

Então ná é aos 18 aninhos que se pode conduzir?
Lá por ser um ilustre perseguidor dos corruptos (de alguns, digo eu), vangloria o feito de já conduzir o táxi mercedes aos 12 anos?
12 anos???

Tsssss.

genoveve disse...

Coisa é certa, estes pacóvios teixeiras costumam dar tudo por um nome, um tacho de nota que os torne fodidos, safados, quão ignota a berça que os pariu. E são mesquinhos, vingativos, além de fanáticos. Lembre-se o ricardo das costas, amarais e ora este, como a morgada sem canabiais.

dragao vila pouca disse...

Vai tu ó Gordo, este "senhor" foi muito corajoso para uns ,mas para outros...a coragem ficou-lhe na cor da camisola e tu, meu hipócrita, sabes isso muito bem pois acompanhaste o processo.
Explica-me como é possivel este "senhor" ter emitido uma certidão que fez com o Pr. do F.C.P. fosse ouvido e constituido arguido - conversa com Pinto de Sousa sobre o árbitro de um Leiria-Porto - e não tivesse sequer ouvido, repito ouvido!!!,o Pr. do Benfica?

Anónimo disse...

Sabia conduzir, mas não o fazia na estrada publica, nem com intuito profissional.

Ver nao e a mesma coisa que observar.

Anónimo disse...

O AD, foi muita parra e pouca uva ?!

E quanto custou ?!

Anónimo disse...

Coitado do carlos Teixeira ! Meter-se com o Alberto João será de gargalhada...

simon disse...

Por falar em gordo, ó Geno, consta que a mumadona mais kadhafy, além da Uefa, estão condenados a pagar uma indemnização ao FC Porto, por calúnias e má-fé, dito na blasfémia, de caras

E eu só digo, num acardito, que tão a brinkar ka gente, mas era bem feito, se fosse, mais que justo, tudo isso. E até me dá riso, carago! Ai, dói-me a barriga de, a não ser verdade, poder ser mentira, quando eu só queria vê-los a deitar fumo pelas beiças.

Mas nos deixemo de tretas, que eu sempre disse que a mentira e a inveja são feiosas, coisa feia, da fugire, kum karamba.

Pois, se não, até freitas de amarais lhes seguiriam na condemna dessa onda de mal-querença e inveja, ó geno, e mais que todos aquela galinhola, fanática, que se diz superior na ética. Lembra? Essa toda, Eça!

maiskemaluko disse...

Anda por aqui um gajo que deve ser socio do Tallon ????

Carlos Filipe disse...

Geninho... o teu deus Carlos Teixeira levou nas trombas como gente grande na Relação do Porto. Agora, graças a esse teu deus ultra corajoso, vais ter que inchar que nem um chibo para pagar ao presidente do Porto. Que tal, hem?

Anónimo disse...

Um vaidoso ... que viu uma grande oportunidade para alimentar algum protagonismo, sem olhar a meios! O tribunal da Relação já lhe deu a primeira resposta!
ACL

Anónimo disse...

E agora? Quem vai pagar a indemnização?Também é ele?

simon disse...

Tamém digo,
E agora? Quem vai pagar a indemnização?Também é ele?
Tamém será esse mesmo mosca morta, vingativo quão vaidoso?

Que rais parta gente sedenta de protagonismo e assim mesquinha, fanatica e mentirosa, quais tais teixeiras, morgados e costas, mais fretosas! Sem vergonha!