AGORA ESTOU AQUI

domingo, agosto 24, 2008

LAVAGENS CEREBRAIS AO DOMICÍLIO


"Quando os jogadores são chamados a prestar declarações aos órgãos de comunicação social no final de um jogo, eles são chamados a comunicar com o exterior, falando em nome do clube que representam. Vem isto a propósito da divergência de opiniões entre João Moutinho e Paulo Bento sobre a grande penalidade inexistente a favor do Trofense que resultou no primeiro golo sofrido pelo Sporting na Liga 2008-2009, num jogo em que ganhou por 3-1. Quando o jornalista da Sport TV pediu a João Moutinho uma opinião sobre o caso do jogo, ou seja, perguntando-lhe se Anderson Polga derrubou o adversário fora ou dentro da área, o "capitão" do Sporting limitou-se a responder assim: “Não sei. Espero que o árbitro tenha acertado...”. Bom, se João Moutinho tinha dúvidas, deveria tê-las dissipado antes de se apresentar aos microfones."
LUÍS PAULO RODRIGUES, no LEÃO DA ESTRELA

ps - Com todo o respeito e admiração, com esta, Luís Paulo, meteste um golo na própria baliza. Por acaso o árbitro e o assistente decidiram depois de consultarem o Vítor Pereira? Para lavagens aos cérebro aos jogadores já bastam as que são feitas durante a semana... O Mourinho respondeu com sinceridade. Para ele, ficou a dúvida. Os árbitros tiveram a certeza ou uma certeza razoável. Quem o viu lance sentadinho no sofá viu CLARAMENTE que não foi penálti. Ou melhor, foi, pois o árbitro marcou-o...
p2 - "Sobre a expulsão poderei dar o benefício da dúvida ao árbitro, mas que é fora da área não tenho dúvidas. O que disse ontem, tenho hoje ainda mais segurança e convicção. Alguns disseram que fui um mau exemplo, mas alertei para o que aí vinha", palavras de Paulo Bento, O Determinista.

6 comentários:

Anónimo disse...

Quem é a equipa que em Portugal beneficiou de mais penaltys nos ultimos 10 anos????!!!!.............

Anónimo disse...

Ó badocha lampião, o Moutinho estava no meio campo do Sporting, como é que podia ter visto alguma coisa? O filho da puta da bandeira é que tinha obrigação de não inventar, até porque foi ele que disse que viu o que não existiu...
já começam os pasquineiros lampiões a tentar desculpar o que não tem desculpa - ESCANDALOSO, este penalti foi uma VERGONHA... e ainda vamos na primeira jornada!!!!

Captomente disse...

Que inocentes que nós somos... Eu lembro-me de ter visto, no final do jogo da Supertaça da época passada, um elemento do Porto (acho que se chama Antero de Quental ou algo assim parecido) a informar o Jesualdo Ferreira do "penalty" do Tonel, momentos antes de entrar em directo prá flash-interview. Numa equipa profissional, todos têm de ter uma matriz idêntica, discursos idênticos, ou já imaginou como seria se o caro jornalista escrevesse o que lhe apetecesse no seu jornal? Ah, pois, não pode escrever o que quer, não é? Por isso é que criou um blog...

Às vezes é melhor pensar duas vezes antes de se escrever o que lhe vem à cabeça. Mesmo que seja num blog.

Cumps.

Anónimo disse...

Lá para os lados do Leão da Estrela, em quase todos os cometários que fazem, metem golos na própria baliza.Há gente assim.E o mais grave, é que nunca lhes serve de emenda.

Anónimo disse...

Há males quem vêm por bens...

O caso do penalty mal assinalado contra o Sporting, é um desses casos.
Um penalty "inóquo" já que nem mesmo assim o Trofense conseguiria ganhar o jogo. Mas que vai dar grande jeito ao Sporting para, como vem sendo habitual época atrás de época, aproveitarem-se dessse facto para começarem já com as queixas que lhes tem valido muitos pontos.
Assim como nos outros anos, lá para Abril ainda vamos ouvir o choradinho do penalty do Trofense.
Vai render.

Anónimo disse...

Fazer Render o Peixe.

Há males que vêm por bem.
E isto do penalty mal assinalado contra o Sporting vai servir, assim como em épocas anteriores serviu, para as queixas do costume.
Um penalty "inóquo", porque nunca seria por aí que o Sporting perderia os 3 pontos com o Trofense, vai render muito choro.
Lá para Abril ainda vamos ouvir o choradinho deste penalty...como de costume.