AGORA ESTOU AQUI

quinta-feira, agosto 28, 2008

Eu estou desolado com o afastamento de Paulo Batista


O presidente da UEFA, Michel Platini, disse estar “desolado” com o afastamento do Guimarães da fase de grupos da Liga dos Campeões, devido a um erro de arbitragem (golo mal anulado)
“Penso que o árbitro assistente está desolado [por este erro]”, referiu Michel Platini, explicando que a situação mudou a vida do clube português, já que desse modo não se qualificou para Liga dos Campeões. Michel Platini sublinhou ainda que o árbitro do jogo seguiu as indicações do seu árbitro auxiliar e que ele, enquanto presidente da UEFA, sentia-se desolado com a situação e frisou ser necessário aumentar o número de árbitros. O dirigente, que se opôs à introdução do vídeo em matéria de arbitragem, disse defender e ser favorável a um aumento do número de árbitros em campo. “Defendo uma arbitragem a cinco. Devemos intensificar os testes. Já propus ao presidente da FIFA [Blatter] para se testar nas competições jovens da UEFA. Não acredito que os árbitros sejam desonestos ou injustos, é um desporto com árbitros a menos e terreno a mais”, acrescentou Platini. Para o presidente da UEFA a solução passaria por “um árbitro central, dois assistentes e dois adicionais, com ou sem bandeirinha, que estariam no campo ou nas imediações”, adiantou Platini, defendendo a medida, sobretudo, para jogos com transmissão televisiva.

Paulo Batista foi o unico prejudicado do passado fim de semana. O árbitro de Portalegre foi o unico que assumiu as culpas de um erro que não cometeu, pois tal como o árbitro Holandês, apenas seguiu as indicações do seu árbitro auxiliar Luís Ramos.



Paulo Bento que já há muito estava para retirar Polga do jogo e não o fez é culpado?
Vitor Pereira, presidente dos árbitros e defensor das equipas fixas também terá culpa por ter nomeado um árbitro assistente que não pertence á equipa de Paulo Batista e que fez com ele o primeiro jogo?
Será que o dinheiro investido na formação dos árbitros em Portugal está a ser bem aplicado e a ter os resultados que Vitor Pereira espera?
A pressão rápida e sem consitência do projecto para o profissionalismo, que Vitor Pereira quer que os árbitros concordem, estará ou vai perturbar a arbitragem?
O afastamento do presidente dos árbitros, não dando a car pelos árbitros nos momentos dificeis, vai contribuir negativamente na classe?

Em suma, o unico que teve a coragem de assumir um erro de outros, afirmando na comunicação social que a grande penalidade foi mal assinalada é agora o unico prejudicado, pois já não vai arbitrar esta semana, se calhar para tranquilizar os dirigentes do clube do actual presidente dos árbitros.

6 comentários:

isso agora... disse...

"Paulo Bento que já há muito estava para retirar Polga do jogo e não o fez é culpado?"
COMO DIZ QUE DISSE?!?!?

Anónimo disse...

Sr. Leirós, muito bém, muito atento e conhecedor da matéria.
Quando a defesa da imagem publica se sobrepõe à defesa dos seus homens, está tudo dito!
As clientelas importantes ficam satisfeitas:
- os clubes que votam;
- a imprensa vira os holofotes para os expulsos. E fica-se com a imagem de justiceiro e implacável.
E a vida continua!!!

Anónimo disse...

E José Leirós.Qual é o seu clube? Será o Cascalheira Futebol Clube?

Anónimo disse...

Não acredito que os árbitros sejam desonestos ou injustos, é um desporto com árbitros a menos e terreno a mais”, acrescentou Platini. Para o presidente da UEFA a solução passaria por “um árbitro central, dois assistentes e dois adicionais, com ou sem bandeirinha, que estariam no campo ou nas imediações”, adiantou Platini, defendendo a medida, sobretudo, para jogos com transmissão televisiva.


Este sr. é estu.... senil ...
Este tipo de lances, clarinhos e cristalinos, como água, a representar neste caso um roubo de 5 milhões de Euros, a um pobre do FUTEBOL EUROPEU, não só é ferido, de intencionalidade, como mais gravoso ainda, de premeditação...

O gotemburgo já tinha sido eliminado,
em circunstâncias idênticas e como não há 2 sem 3, mais quem se apresentasse iria ser complicadíssimo lutar de igual para igual...

Já é doloroso ter que presenciar e conviver com estes ...cozinhados... agora ainda vem este c_r_lh_....fazer o papel de lobo fdp vestido em pele de ovelhinha...

Estes e outros casos só são eliminados com recurso ao video...Estamos numa prova multimilionária com condições e recursos tecnológicos de ultima geração e todos os clubes estariam em igualdade ... não estamos no campeonato português a jogar em gamelas e a filmarem o jogo das casas de banho...

É CLARO QUE NÃO HAVERÁ NUNCA RECURSO A VIDEOS, POIS DESSA FORMA INVALIDARIA OS COZINHADOS DOS GRANDES E ENDINHEIRADOS CLUBES... 5 ARBITROS???!!! esse viu o que toda a gente viu, decidiu como só ele quis mediante o PODER que lhe concedem, PODER esse INTOCÁVEL, para assim gozarem e se masturbarem...

Anónimo disse...

Ja agora porque nao um arbitro para cada jogador, ha boa moda dos schoxulistas assim nao ha falta de empregos e mais uns coines para o sindicato.
Este platini ja mete nojo.

Schmeichel disse...

Há erros aceitáveis e erros inaceitáveis. Se eu a quase 100 metros vi que foi fora como é que o fiscal de linha e o árbitro não viram?
E mais, se já vimos no passado árbitros a alterarem decisões do auxiliar porque é que este não o pôde fazer.
E porque é que, no jogo do Vitória, o mesmo fiscal que não vê aquele fora de jogo do primeiro golo vê algo que não existe no segundo?
Não consigo compreender.
Tal como não consegui compreender que, num jogo a que assisti num estádio nacional, o árbitro estando de costas para o lance (talvez por ser um dos famigerados "Costas" do nosso futebol) tenha resolvido expulsar um jogador só porque viu o adversário no chão agarrado à face (e aqui sem receber qualquer sinal do auxiliar, num tempo em que não havia auriculares)?
Se algo cheira mal...