AGORA ESTOU AQUI

quinta-feira, agosto 14, 2008

Em Portugal caía o Carmo e a Trindade

Se a arbitragem de ontem em Guimarães, com dois erros graves, fosse efectuada por um árbitro português...
O certo, é que ninguém reclamou contundentemente, como fazem os mesmos intervenientes e outros, nos campeonatos portugueses, que seria tema nas diversas conferências de imprensa dos proximos treinos e jogos.

Falhas leves:

20 Minutos de Jogo – Erro de Grzegorz Gilewski que assinalou falta ao contrario pois foi Flávio quem sofreu falta
28 Minutos de Jogo – Erro de Maciej Wierzuvowski ao assinalar pontapé de baliza quando deveria ter assinalado pontapé de canto favorável ao Vitória
32 Minutos de Jogo – Cartão amarelo por exibir a Huggel que deliberadamente rasteirou Marquinho
34 Minutos de jogo – Novo erro de Grzegorz Gilewski ao assinalar falta de Fajardo que não existiu pois apenas jogou a bola
67 Minutos de Jogo – Rotação do braço e o cotovelo a atingir a face de Andrezinho e Stocker deveria ter sido expulso com cartão vermelho

Boas decisões:

08 Minutos de Jogo –Bem analisado por Rafal Rostkowski a posição legal de Stocker que se isolou em posição legal com Andrezinho a colocá-lo em jogo
18 Minutos de Jogo – Protestos injustificados dos Vimarenenses Andrezinho cometeu falta
21 Minutos de Jogo – Bem exibido o cartão amarelo a Stocker que agarrou Fajardo
23 Minutos de Jogo – Gelabert sofreu falta com um toque nas costas mas Grzegorz Gilewski decidiu bem apenas punir tecnicamente o Vimarenense
41 Minutos de Jogo – Douglas deixou-se cair dentro da área não havendo lugar a grande penalidade
50 Minutos de Jogo – Carlitos procurou a falta dentro da área de grande penalidade agarrando e deixando-se cair decidindo bem Grzegorz Gilewski não assinalar
2ª Parte

Duas Falhas graves:

30 Minutos de Jogo – Erro de Grzegorz Gilewski ao não assinalar grande penalidade pois Ergic jogou a bola deliberadamente com o braço
33 Minutos de Jogo – Nova grande penalidade por assinalar pois Marque jogou a bola deliberadamente com a mão.

6 comentários:

Deixo's Poisar... disse...

Se calhar até houve erros graves na arbitragem do tal senhor que andava lá no meio dos jogadores, mas do meu ponto de vista a do cotovelo não foi um deles. Eu vi o lance na televisão e o que aconteceu, embora de forma aparatosa nas consequências para o Jogador do Guimarães, foi um lance normal em que dois jogadores se fazem de cabeça a um bola e, num movimento normal o jogador do Guimarães foi atingido pelo cotovelo, mas de forma perfeitamente casual.

Anónimo disse...

quando é que vamos perceber que vamos ser um povo pequenino até pararmos de chorar e começar a encrar as coisas como homenzinhos?

os gajos nos jogos olimpicos queixam-se dos arbitros, o benfica nao vai á champions é dos arbitros.. que raio de povo.

Zé da Póvoa disse...

Não concordo com o "deliberadamente". É certo que ouve bolas nas mãos, mas não tenho a certeza que tenham sido intencionais. E como o critério do árbitro é livre ...!
De resto a apreciação do Sr. Leirós prima pelo chauvinismo porque houve pelo manos 2 cantos a favor do Basileia que o árbitro transformou em pontapés de baliza para o Guimarães.

genoveve disse...

Cá na minha,
faltou lá um bom fax
do Gama Lobo.

pedro disse...

Já o de Braga apitou bem, bem apitado, diz o mesmo Jesus, e não sou eu que o renego de novo.

Zurc disse...

Pois caía...e caía com toda a razão, porque em Portugal já há muito tempo que ninguém acredita na seriedade da arbitragem. Porque será?...Será porque somos todos uma cambada de alucinados ou...porque basta não ser completamente idiota?...