AGORA ESTOU AQUI

domingo, agosto 10, 2008

DIATRIBES


Colocando a matéria em dia, fui surpreendido também pelo acórdão da CD da Liga sobre o recente castigo aplicado a Luís Filipe Vieira. Aí se lê que este castigo, que resulta de uma queixa do presidente do Conselho de Justiça por ora suspenso, foi consideravelmente atenuado devido a declarações produzidas pelo anterior presidente do CJ, o juiz jubilado Herculano Lima. Declarações feitas numa reunião ocorrida em Julho de 2007 na sede da FPF na presença também de Gilberto Madaíl e do presidente do Conselhod e Disciplina, Arnaldo Marques da Silva. Nesse encontro, Herculano Lima terá dito, segundo LFV, e o CD da Liga acredita que tal tenha acontecido, que no Cj da FPF "quase todos os membros primam pela isenção". Mais disse mais: "Estou farto deste futebol" e "tenho a certeza que há corrupção no futebol". Não deixa de ser curiosa sobretudo esta última afirmação se tivermos em conta que o mesmo Herculano Lima, numa entrevista a uma revista de distribuição gratuita, afirmou, depois de se ter demitado por não concordar com a redução para 100 dias de um castigo aplicado a Valentim Loureiro (que assim pôde continuar a ser dirigente da Liga), que o Apito Dourado ia parir um rato. Para quem tem miúdos é fácil perceber que um rato pode ser também um grande "chef", como o Ratatui, e também que por norma é o primeiro a dar à sola quando o barco começa a meter àgua. Bem, pelo menos o homem avisou, quando disse que estava farto "deste futebol". Quem não está?

PS - Obviamente, o "quase" usado pelo senhor doutor juiz foi uma forma elegante de fazer o diagnóstico do que se passava, e passa, no CJ da FPF

Sem comentários: