AGORA ESTOU AQUI

sexta-feira, julho 11, 2008

TROPA DE ELITE

Pensava que "Tropa de Elite" - um filme sensacional que mostra, sem rodeios, a triste realidade das favelas brasileiras e a forma vergonhosa como as autoridades se confudem com os bandidos - tinha estreado apenas nas salas de cinema cá da nossa terra. No entanto, as imagens da SIC, provam o contrário. A ficção, em Loures, virou realidade. Não me lembro de ver, em Portugal, dezenas de pessoas, de caçadeiras e pistolas em punho, a disparar no meio da rua. Isto está a ficar engraçado... E mais ficará se o Governo não utilizar as imagens para "engavetar" estes loucos que andam por aí à solta. E já agora deixo uma sugestão (mesmo correndo o risco de ser acusado de ser xenófobo): se entre estes atípicos praticantes de "tiro ao alvo" estiverem estrangeiros... façam o favor de os mandar para bem longe!

9 comentários:

Farto disto disse...

Num país a sério, sem complexos de acusações imbecis de xenofobia, os estrangeiros que vieram para trabalhar e para respeitar o país que os acolhe são bem recebidos e respeitados. Ou devem ser. Os outros, sejam brancos, pretos ou amarelos, ciganos, caboverdeanos ou romenos, deviam ser corridos à bruta prá puta que os pariu em vez de serem tratados com paninhos quentes como faz a chamada democracia portuguesa. Qualquer dia são os gajos a correrem connosco da nossa terra!

Anónimo disse...

"se entre estes atípicos praticantes de "tiro ao alvo" estiverem estrangeiros... façam o favor de os mandar para bem longe!

Frase extremamente infeliz. E se forem Portugueses?!? Já podem andar ao tiro?!?! Não merecerão o mesmo catigo que os estrangeiros?!?!

Anónimo disse...

Meu caro Avelãs, não é em Loures. É mesmo na Apelação.

Anónimo disse...

exactamente era manda-los para bem longe, o problema é que em portugal ninguem faz isso.
alias os espanhois, por vezes, quando detem emigrantes ilegais chegam a dizer-lhes para virem para portugal que é facil andar por ca...

Vitor disse...

Isto é só o principio.A crise vai dar fome e a fome vai dar mortes.Muiiitas mortes.Lembrem-se de Paris.Só é pena não acertarem o passo a alguns senhores da politica e da alta fionança,mas ainda tenho alguma esperança.

maiskemaluko disse...

Mandem os pretos para Africa !!!

Perafita Lavrense disse...

e isto cada vez vai ser pior. Este país está ao deus dará, a taxa de desemprego nunca esteve tão alta, os salários são muito baixos, não há oportunidades, não há oferta de emprego, a taxa de roubo vai disparar; a taxa de crime vai disparar. A justiça está um caos, ninguém obedece à lei, há esquadras que são alvo de cenas de pancadaria populares, isto está sem rei nem roque, as pessoas perderam o respeito à autoridade e às normas.

Cada vez mais, viver no interior, é igual a qualidade de vida neste país.

O PS é déspota, o PSD está na lama, não tem um único líder com credibilidade.

ai Portugal, para onde caminhamos...quem tem curso põe-se ao fresco...

Deixó's Poisar... disse...

E qual é o problema de andarem a disparar as caçadeiras e os revolveres uns contra os outros em plena rua? Foi por acaso no Porto ou nos seus arredores? Não? Então não é grave!
Grave seria se fosse no Porto e aí teríamos a pasquinada lisboeta, o inefável PGR a Mizé Tung, o Ministro da Justiça, o MAI e presidente da Asfic, o Moita Flores e muitos outros a defecarem a sua diarreia verbal através das televisões, cada qual com a sua explicação para o fenómeno, cada um com a sua proposta de resolver o problema e todos a covergirem num ponto: - O culpado é o Pinto da Costa!
Eu tambem tenho uma proposta de solução. Agarrem nessa gente toda, sejam ciganos,africanos,alentejanos beirões transmontanos ou minhotos,lisboetas, portuenses
armem-nos bem armados, metam-nos a todos num sitio onde não possam fazer mal a ninguém senão a eles mesmos e deixem que eles se matem uns aos outros até que não reste nenhum deles. Depois, arrazem o sitio e não se fala mais nisso.

Anónimo disse...

Mandem Pretos para a Africa e Ucranianas para a Asia ..

Alternadeira