AGORA ESTOU AQUI

domingo, junho 08, 2008

A UEFA disse que não foi o quê?


Faz esta semana precisamente dois anos que foi divulgado o escandalo no Campeonato Italiano.
O árbitro italiano Massimo de Santis foi retirado da lista para arbitrar o Mundial 2006.
Foi a própria Federação italiana quem afastou o juiz por este ser um dos 24 árbitros investigados pela Procuradoria de Nápoles sob suspeita de corrupção.
Enviou uma carta à FIFA informando que retirava ao árbitro a capacidade de nomeação para o Campeonato do Mundo, a disputar entre 09 de Junho e 09 de Julho de 2006.
De Sanctis era considerado o árbitro número um de Itália e tinha sido escolhido para o Mundial juntamente com Roberto Rossetti.
A Procuradoria de Nápoles já tinha declarado que Massimo de Sanctis estava oficialmente sob investigação devido a suspeitas de associação criminosa destinada à fraude desportiva.
Os árbitros assistentes Alessandro Griselli e Marco Ivaldi ficaram também sem capacidade de nomeação, bem como Paolo Bergamo e Pierluigi Pairetto, que foram suspensos de exercer funções no âmbito de nomeação de árbitros.
As Procuradorias de Nápoles, Parma e Turim investigaram um alegado esquema de corrupção no futebol italiano, que levou à demissão de vários dirigentes.

9 comentários:

João Português disse...

Prezo a sua honestidade. Fica-lhe bem falar na verdade dos factos, que aos olhos de alguns benfiquistas queima como o vento solar!

Anónimo disse...

Tanta pressão para quê Geninho?

Tou a ver que vamos (tu não) ter uma boa surpresa do Comité de Apelo...

Anónimo disse...

Géninho olha aí as ultimas noticias:

Comité de Apelo vai autorizar a participação do Porto na champions league porque a decisão em portugal não transitou em julgado.

Prepara uma foto sorridente do Pinto da Costa e um texto a condizer.

Até eu sei mais que muitos juristas que andam aí a arrotar postas de pescada.

Anónimo disse...

Ah e ja agora, muitos falam da celeridade da justica italiana,
o que se esquecem de dizer foi que a FIFA disse ha Federacao Italiana
ou eles resolviam aquele assunto o mais depressa possivel ou entao podiam-se esquecer de participar no campeonato do mundo, e foi por isso que os espargetti se mexeram porque senao ate a justica da FPF os envergonhava.Ah...Ah...Ah....

Anónimo disse...

Gritaria da piolheira, da que lê, da que escreve, pareceres de lavrador, pressão, comparações (como esta de Itália) que não fazem o menor sentido)...o normal.

Joana disse...

Este país até mete nojo com tanta corrupção. O que mete mais nojo é que é feita à vista de todos, sem que ninguém faça nada. Querem fazer querer que isto do "apito final" é uma questão jurídica. A verdade é só uma, o Porto é corrupto, as escutas provam-no, e não me perguntem sobre legalidade das escutas porque isso para mim são tangas. E como corrupto que é tem de sofrer represálias. Quanto ao resto é tudo para entreter. Quando um presidente recebe em casa um árbitro antes de um jogo, quando um presidente arranja prostitutas para árbitros, isto é o quê?!?! E já agora tenham a bondade de acreditar que não foi só neste jogos, como muitos entendidos querem fazer querer.Como o MST quer fazer querer que o Porto nem precisava nestes jogos de ajuda. Meu caro MST, a unica diferença destes jogos para os outros é que nestes jogos foram apanhados.

JLF disse...

Se há corrupção, deve ser fortemente punida e os clubes despromovidos, sejam o Porto ou outro qualquer. Mas vai-me dar muito gozo se o Porto fôr mesmo à Champions, só porque o pessoal benfiquista já anda eufórico a ver-se lá no lugar do Porto, depois de terem ficado num miserável 4º lugar a vinte e tal pontos...

Anónimo disse...

Pois mas a UEFA não esta a julgar nehum caso de corrupção apenas poocedimentos adminsitrativos como a aquilo que voçê não têm o registo criminal limpo.

Anónimo disse...

Oh Joana, a tua maezinha nao deu um presente a senhora professora para ela dar uma ajudinha par ver se tu entravas para o liceu?
Ou o teu paizinho quando foi par emigrar precisava de um registo criminal limpo e entao untou as maos ao juiz para o conseguir.
Isto passa-se todos os dias, esta no sangue dos latinos olha so para a America do Sul,os costumes e descendencia de aonde?
Esta atitude esta no sangue e nao digas que o Pais mete nojo,
porque os cidadaos e que metem nojo e nao o Pais.
Mas no tempo do vosso avo,o A.O.S.
entao e que era, ate par ir a retrete tinha que se ter um conhecimento.
E mais nao digo!