AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, maio 05, 2008

ÁRBITROS OU PICHELEIROS


Hoje, no apito, em Gondomar, apareceu um dirigente dos Dragões Sandinenses, equipa que está a ir pelo cano abaixo, a afirmar que desconhece se o seu clube, de que era na época de 2003/2004 director do futebol, oferecia relógios desportivos aos árbitros. E que só sabe que o fazia em relação a picheleiros, carpinteiros e outros artistas manuais. Uma advogada ainda o convidou a olhar para trás, para o banco dos réus, para ver se ali estava algum picheleiro. O homem olhou para os árbitros José Manuel Rodrigues e Manuel Valente Mendes e não reconheceu neles qualquer artista que tenha passado pelo Estádio do Tourão para arranjar torneiras e canos. Por acaso, os dois árbitros em questão receberam relógios das mãos do senhor Ferreira. E um deles até num jogo que os Dragões disputaram fora de casa... Provavelmente, foi por causa de um qualquer orçamento de pichelaria.

3 comentários:

PPA disse...

Ontem tinha esperança de ver no resumo alargado, um golo de cabeça anulado ao Wagnão do Estrela; porque como é sabido, este atleta é um deficiente com mutações genéticas, tem uma 3ª mão na testa.

Mas parece que o Pedro Proença não tem um olho de Abutre com tão boa visão como a do Duarte Gomes.

maiskemaluko disse...

Que interessa um deficiente com mutacoes geneticas ?? Estamos a comentar relogios e a nobre arte da pichelaria.. alguns andam a precisar que lhe facam uma derivacao na tola !!! hahahaha

aNNóNNimo disse...

maiskemaluco

O ppa(pobre pateta alegre!) é uma osga verde e venenosa!Pisa-a...!