AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, maio 13, 2008

PRÓS e CONTRAS- apito final


Acabou agora mesmo o Prós e Contras sobre o Apito Final.
Mais uma vez Valentim Loureiro deu o seu show. Teve a seu lado o inefável presidente da APAF, o advogado António Sérgio, que continuou a rir-se para o major mesmo depois de este dizer que ele não sabia falar.
No outro lado, Dias da Cunha e Cunha Leal.
O ex-presidente do Sporting fez uma revelação: o básico do chamado sistema aprendeu-o com Marinho Neves.
O "autor" do Golpe de Estádio também esteve lá. Elogiou o ex-patrão e disse algumas coisas acertadas. O Marinho pode ter muito defeitos mas sabe do que está a falar mesmo quando não fala de panelas, escapes ou jarras.
Nesta salgalhada ainda apareceu um tal Miguel Beleza, manifestamente alterado. Ninguém percebeu o que disse. E ainda bem.
Ainda aparecerem, vindo do Dia Seguinte, Dias Ferreira e Guilherme Aguiar. O irmão de Manuel Ferreira Leite teve a intervenção mais vigorosa da noite, perdigotos à parte. O candidato a candidato à presidência da Liga que continuou a ser dirigida por Valentim Loureiro esteve igual a si próprio, ou seja, ridículo.
Ah, claro, ainda deu para ver na pantalha, via satélite, o homem de Fafe. Mesmo a tempo de adormecer as últimas criancinhas. Debitou banalidades e apagou-se sem deixar saudades.
Joaquim Evangelista, apesar de alguns exageros, voltou a ser coerente e aguentou-se à bronca.

Conclusão final: fez muito bem a Liga em não mandar ninguém a um circo onde escandalosamente se aplaudiu quando alguém gritou que é perfeitamente natural que um presidente da Liga ande a telefonar a árbitros só para os informar de arquivamentos de processos.

Enfim, um triste espectáculo.
PS - O 21.º lugar conseguido no ranking dos programas mais vistos de ontem confirma apenas o que já se sabia: novela por novela, os portugueses preferem as "verdadeiras"

26 comentários:

Coluna D'Águias Gloriosas disse...

``O candidato a candidato à presidência da Liga que continuou a ser dirigida por Valentim Loureiro esteve igual a si próprio, ou seja, ridículo´´

Nem mais, foi vergonhosa a atitude e comportamento de José Guilherme Aguiar, é um escândalo aquilo ele diz semana após, parece que vive noutro mundo, um mundo azul e branco claro.

P.S O marido da Judite não foi convidado?

nm disse...

Não haverá por aí um tsunami ou um terramoto que os leve a todos?

Golas disse...

Concordo, na íntegra!

Anónimo disse...

E do Cunha "Sai um sumaríssimo para o McCarthy" Leal não há nada para dizer? Nem que foi para lá falar em nome do patrão, nem lhe perguntaram pela "inscrição" Ricardo Rocha. Gajo sério...

+1doVitória disse...

por acaso, e só por acaso, assisti a um bocado do programa mas perdi a paciência com tanta bajulação por parte de alguns intervenientes!
Esse Prsidente do Sindicato dos Jogadores então é uma vergonha, se foi iqual a si próprio...nem quero tecer comentários!
Quanto ao resto...simplesmente nojento!
Ainda estou a interiorizar porque é que tenho tanto orgulho em ser Português quando tanta escumalha também o é e não são castigados.
Isto já só vai com muito sangue...

dragao vila pouca disse...

"O Marinho pode ter muito defeitos mas sabe do que está a falar mesmo quando não fala de panelas, escapes ou jarras."

Faltou-te dizer de matrículas de automóveis.
Tu sabes do que eu estou a falar, não sabes?

Anónimo disse...

Ó Azeiteiro, então não estava no programa o Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Liga?!

Andas muito esquecido...

Águia Real disse...

O candidato a candidato a presidente da Liga esteve como é normal ridiculo, diz você...
A qual deles se refere?
Se como eu entendo é o de Gaia, você acha ridiculo as suas (dele) declarações em que implicitamente admite os favorecimentos aos seu (dele) clube, enquanto era secretário executivo da LPFP!

Anónimo disse...

O mais importante da noite foi dito por Dias da Cunha:
O ex-presidente do Sporting afirmou no programa Prós e Contras, da RTP1, que "o que está a ser julgado aconteceu época após época". "O que interessa é acabar com o sistema. Se fôssemos ver cada clube que esteve em determinada momento no poder, desde o tempo da ditadura - e nem excluo o Sporting -, tentou exercer a sua influência. Porquê pegar agora no major Valentim Loureiro, no presidente do Leiria, no Boavista e o FC Porto? (…) Estão a ser transformados em bodes expiatórios e recuso isso", frisou.

LF disse...

"RENASCER PARA A GLÓRIA - reflexões sobre o passado, presente e futuro do maior clube português"

em: www.vedetadabola.blogspot.com

Anónimo disse...

e segundo o major parece que houve pessoas que subscreveram 100.000 acções....

Anónimo disse...

Enquanto este triste espectáculo ainda nem sequer tinha começado já as 9 da noite o Blog Futebolartte avançava com a noticia em primeira mão do Rochemback!

O seu a seu dono! Força Pessoal!

JB disse...

triste espectaculo onde se salvou os comentário de marinho neves, o tal inconciente dias da cunha (aquele que era velho e caquetico), e dias ferreira que esteve pouco tempo,mas o suficiente para constactar os tais factos, e para acusar o ridiculo valentim loureiro, que tanto quer fazer dos portugueses parvos...

Quanto ao evangelista, pode dizer-se que numa semana estragou toda a credibilidade que tinha ganho, depois de ter vindo dizer que so dois clubes estavam em dia com os ordenados, ontem mais uma tirada para a sua semana negra, dizer que o sporting não é exemplo na formação pois não forma pessoas... mas dias da cunha colocou a vedeta de variedades no sitio certo dizendo que na formação do sporting os jogadores se não têm resultados na escola são excluidos da mesma... digam ao evangelista para estudar um pouco mais antes de ir para estes eventos...

Anónimo disse...

Triste espectáculo montado com um único objectivo. Mas, afinal, foi mais um show do major Valentim Loureiro, que voltou a dar um xito às virgens idilicas que têm como empregados Marinho Neves ou Cunha Leal. Os árbitros estão mesmo bem representados por um individuo que diz que andou na Universidade, talvez a passear algum livro e como lhe disse o major não sabe dizer coisa nenhuma. Se não percebeu Miguel Beleza, então o seu nível não é nada de recomendável.

O Vingador disse...

A conclusão final foi:

O Boavista F.C. é um bode expiatorio!

Esta sim foi a conclusão final do Debate!

Depois disto acho que a pena aplicada ao Boavista F.C. vai ser corrigida!

Aí sim, vai ser necessario policiamento nas instalações da Liga......

Anónimo disse...

Pelo que vi no programa cumpriu com tudo o que se tinha proposto ou seja audiências e resolver coisa nenhuma. Mas pelo meio deu para ouvir falar em um nome que esse sim teve e continua a ter toda a responsabilidade no que se passa no futebol português[c.p]. Quanto ao major que dizer e um artista português. Mas pelo menos fico contente como Adepto sentir que ao contrário de a uns anos atrás como dizia o dias ferreira era so nos cafés que se falava, hoje já há mais gente sem medo a fazer barulho. Mesmo assim não acho que o porto vá deixar de ser o clube que é se esta palhaçada levar um fim. O porto
E sem duvida o clube mais bem organizado no futebol português desde a uns anos a esta parte.

Anónimo disse...

Eu sempre disse que esta merda de futebol é mesmo para Cornos ,pois entre adeptos e dirigentes é tudo uma historia de Cromos

Zé da adega leixoes

Anónimo disse...

eu vi o cartaxana sentado a ouvir tudo.

M de Fátima dos Pastorinhos disse...

O Cunha Leal disse alguma coisa?

Mas podia dizer que enquanto esteve na liga (e parece que ainda ajuda à missa, ao menos o secretário do desporto sugeriu isso) nunca se apartou de favorecer até ao ridículo o Benfica.

Quant' òs mais, na sua fúria de repetir o já dito, atinado para as ideias feitas, o Dias ferreira, tirando as biscas, ou mais por elas, não passa do iluminado, um quaker e Joaquin de Flora, deus ma livre, cuidado, que o tipo é um possesso.

Aguiar, simplesmente, não está ao alcance aí do poeta, parece, e mais alguns outros. Não aingem, como o Ricardo Costa, todo dado a galinholas.

E aquele tal dos árbitros, ai... dotor?, cum carago, colega do Leal nos trabalhos do secretário do desporto, só falçava quando não devia e não disse chavo, porra.

Valentim, oh, que trapalhão, que vaidoso de homem, que se se calasse até uma pessoa podia sentir alguma simpatia, mas ele chaga, mói e desespera a gente, vai, cala pra í valente, te caya, porra!

E salva-se o Dias da Cunha, na sua bonomia de pessoa pacata, séria e inteligente.

Marinho, se disse bem, não ouvi, o Valentim não deixou, atrapalhando, rais o parta, sempre.

carmen disse...

Eh, vocês não entenderam mesmo nada, né? Ceguinhos, eh, não vão ao Elefante Branco...

http://norteamos.blogspot.com/2008/05/alienao-desportiva-no-norteia.html

Anónimo disse...

Finalmente Queiros...
Assim sim... sem medo!
Gostei deste teu post..

Força, junta te ao Marinho, juntos podem ter grande impacto!

Cumps

dragao vila pouca disse...

Quem é que colocava lagosta no balneário dos árbitros.
Só sei que nada sei.

Anónimo disse...

quem é que esteve ridiculo? o homem que fez o regulamento e que disse que as penas nao estavam a ser aplicadas correctamente.. segundos os mesmo regulamentos??

isso é tudo vontade de mandar o boavista pa segunda?? tu achas mesmo que o leixoes ALGUM DIA vai conseguir ocupar o lugar do boavista?..

continua a tentar.. estás muito soft ainda.


H.Lowe.

beças disse...

Tá bem, o tribunal da inquisição, com livro e filme de polícias e juízes lampiões, é tal a pide de intenções caluniosas

e nao ligues a bufos, cum carago, lampionada de almeidas, galinholas, que a imbeja tá à mostra, é muito grande, porra!...

Ricardo disse...

Então censuraste-me, Eugénio? Que bom. Sinto-me o Dias da Cunha do Bola na Área. É o Sistema.

nm disse...

Pinto da Costa distraído?

Do regulamento da Liga dos Campeões (original em "inglês"):

To be eligible to participate in the competition, a club must fulfil the following criteria:
a) it must have qualified for the competition on sporting merit;
(...)
d) it must not be or have been involved in any activity aimed at arranging or influencing the outcome of a match at national or international level;

Nota: O prazo para o FC Porto recorrer da sentença do processo "Apito Final" terminou ontem.

Tribo do futebol