AGORA ESTOU AQUI

quinta-feira, maio 22, 2008

Finalmente uma resposta a sério.

Leio muito e quase de tudo.
Sobre futebol e deporto todos os dias.
Tendo estado afastado desde segunda feira, das noticias do nosso país, hoje voltei e fui lendo na net e em alguns jornais que, amavelmente alguns amigos vão guardando e colocando no local habitual, quando me ausento.
Antes de qualquer considerando, não conheço pessoalmente qualquer dos intervenientes.
E li agradavavelmente a resposta de Rui Santos a Cunha Leal.
E finalmente li algo com substrato e bem estruturado e que deve ser lido por um maior numero de pessoas que gostam de futebol.
Permitam-me que publique aqui e agora a resposta de Rui Santos no Jornal Record.

Cunhal Leal está indignado. Tem toda a razão para estar. Ele foi mandado para a Liga pelo presidente do Benfica para contrariar o poder do major. Convenhamos que é um grande azar, sobretudo quando quem o mandou para a Liga confessou, perante a estupefacção geral, que seria porventura mais importante ter alguém naquele organismo do que contratar bons jogadores.
O estigma não fui eu quem lho pus. Aceitou-o, porque sabe muito bem ao que foi e não se pode confessar enganado. Se não soubesse ao que ia e se cumprisse o seu dever de isenção, não teria autorizado a farsa que constituiu a marcação do Estoril-Benfica para o Algarve, na jornada 30 do campeonato de 2004-05, cujo desfecho foi decisivo para a atribuição do título nessa temporada.
A sua credibilidade morreu nesse momento. Quem consente um escândalo dessa natureza (embrulhado noutros escândalos da época), quem se cala perante uma situação potencialmente subversiva, inquinando a verdade desportiva, não tem um pingo de moral para vir falar agora, como especialista de coisa nenhuma, a não ser o de defender interesses de um só clube e de uma só cor, de qualquer tipo de regulamentos, numa clara manobra de visar o FC Porto.
As “criadas de servir” dos clubes são, também, na Liga ou na FPF, grandes responsáveis para o estado lamentável a que o futebol chegou. Em causa está apenas a “clubitização da justiça” – e percebo o incómodo que a temática causa para quem aplica os regulamentos apenas em certas condições de pressão e temperatura.
Outro grande azar foi Luís Filipe Vieira ter afirmado – já depois de Leal ter cumprido a missão para a qual tinha sido incumbido – que o Benfica porventura não deveria ter conquistado aquele título de campeão nacional. Realmente, é demasiado azar para quem tanto se esforçou para justificar o “investimento” num director e não em jogadores.
Azar e... falta de nível! É o mais vulgar quando não se tem poder de argumentação.

PS – O extraordinário desempenho como figurante no filme ‘Corrupção’ diz tudo sobre a pobre figura

21 comentários:

Anónimo disse...

mais uma tentativa para branquear a podridão do foculporto , das arbitragens encomendadas.depois o senhor rui santos admira-se por levar com o pau

GeracaoBenfica disse...

Engraçada a publicidade de V. Exa dá a pessoas que NADA SABEM de futebol e pouco fazem para que o futebol evolua, procurando sempre estar no centro das polémicas e assim ganhar protagonismo e dinheiro.

Por falar em protagonismo... se lê tanto assim, por não lê os temas abaixo e encontra um texto tao bonito do Rui Santos para as explicar?

http://geracaobenfica.blogspot.com/2008/05/apitou-dourado-algum-me-pode-explicar.html

e

http://geracaobenfica.blogspot.com/2008/05/voltanto-ao-circo-da-imprensa-diria.html

Joana disse...

"numa clara manobra de visar o FC Porto."
Coitado do F.C.Porto, sempre a ser visado. É que não deixam o querido F.C.Porto em paz, tá sempre a ser visado e prejudicado com estas manobras sujas do futebol português. O Benfica é mau, mandou o Cunha Leal para destruir e visar o F.C.Porto.

Epah, tenham um pingo de vergonha e deixem-se dessas coisas. Poupem as pessoas com a vitimização do clube mais corrupto do mundo.

Anónimo disse...

Em causa está apenas a “clubitização da justiça” – e percebo o incómodo que a temática causa para quem aplica os regulamentos apenas em certas condições de pressão e temperatura.
___________________________________

"CLUBITIZAÇÃO DA JUSTIÇA"........

Há MUITO que hà criterios QUE DEIXAM MUITAS,MUITAS DUVIDAS???!!!

Anónimo disse...

E com artigos como esse e o abaixo trascrito o que havemos de pensar???!!!


À letra, José Leite, Pereira, Director

1 - A Coca Cola teve em tempos uma publicidade em que se dizia mais ou menos isto "Primeiro estranha-se, depois entranha-se"- uma bela frase da autoria de Fernando Pessoa. Lembrei-me disto quando ontem lia duas notícias de capa de jornais de Lisboa. Numa delas, na linha do que vem sendo hábito, o Benfica atirava o F.C. Porto para fora da Europa do futebol. Na outra notícia, avançavam-se mais uns pormenores do chamado Apito Dourado.

Ao princípio estranha-se. Estranha-se que alguém ache possível passar consecutivamente a mensagem de que a corrupção atingiu todos os passos dados pelo F.C. Porto. Estranha-se ainda mais quando vem um jurista defender a possibilidade de uma justiça retroactiva, impossível à luz de qualquer princípio do Direito. Estranha-se que coisas destas sejam utilizadas para intoxicar, para torcer a realidade, para criar um clima. Nem a maioria dos seis milhões de benfiquistas acreditará serem possíveis tais coisas. É por isso que, depois se estranhar, não se entranha. Repugna.

No outro caso, o que se estranha é uma colagem notícias com origem na mesma pessoa são preferencialmente publicadas no mesmo jornal. Não se estranha que as coisas vão sempre no mesmo sentido, pois o objectivo é consolidar a acusação. O que se estranha é que já nem a fonte sinta a necessidade de diversificar os meios que utiliza para a divulgação. Começa-se por estranhar e acaba por também repugnar tamanho à vontade.

Quem julgar que tudo isto é apenas futebol, desengane-se. É bem mais do que isso.

IN "JN"

Anónimo disse...

Curiosa esta opinião que anda aí pela net:


Maldito futebol


Se era suposto eu escrever alguma coisa sobre este filme do "Apito final", aqui fica.
Em Portugal, é comum ser adepto de futebol, e essa é uma condição que tolhe a racionalidade. Em Portugal, que tem, cada vez mais, um só centro de decisão, os cordelinhos são maioritariamente movidos por gente que, mais do que nas virtudes da pátria ou no milagre de Fátima, acredita nas propriedades patogénicas do presidente do F. C. Porto. Ou seja, como os que mandam e julgam, regra geral, odeiam mais o Pinto da Costa do que amam as próprias mães, é impossível que haja equilíbrio. Adeptos que são - e essa é a camisola que mais custa a despir -, agem como tal, mesmo que escondidos atrás do diáfano manto da incorruptibilidade.
P.S. - E mais, não posso deixar de dizer mal desse "Lone Ranger" fanhoso que encheu os programas televisivos, dizendo que é bom todos os dias e que, fizesse ele as leis, mais implacável e justiceiro seria.
Pedro Olavo Simões
(jornalista)

Anónimo disse...

Isto está a virar e agora serão os benfiquistas a ter de levar com a corrupção.

Tanto querem mudar leis que estas ainda serão mudadas para aí sim algum clube grande ir para a 2ª!

E eu a rebolar a rir!


O benfica é o maior corrupto que para aí anda!


Zé Trinchas

Anónimo disse...

Lembrando:

A curta experiência de trabalho com o FCP confirmou, infelizmente, o que tínhamos identificado no diagnóstico inicial: existe uma anormal coligação de interesses que procura impedir a expressão pública da vossa instituição, mesmo quando se trata de situações que poderíamos descrever como de legítima defesa.
Luís Paixão Martins

Coluna D'Águias Gloriosas disse...

Este post revela que o seu autor está ao mesmo nível do Rui Santos, parabéns pela baixeza de carácter......

Quantas vezes o Porto jogou com o Salgueiros e outros clubes no Estádio da Maia?

Quantas vezes jogou?

O Sporting nunca jogou contra outros clubes em estádios emprestados?

Esta resposta do Rui Santos revela o seu sportinguismo reles que não esquece o título do Benfica.

Rui santos o defensor da verdade do futebol português não veio dizer QUE O SPORTINF FOI LEVADO AO COLO PARA A CHAMPIONS E PARA A VITÓRIA NA TAÇA DE PORTUGAL....

Quem devia entrar directamente na Champions era o Vitória de Guimnarães, mas o escandaloso penalti de Romagnoli em Alvalade no penúltimo jogo e o golo precedido de uma falta que não foi em Paços de Ferreira empurraram o Guimarães para a pré-eliminatória da Champions....

Por acaso lembro-me que o José Leirós escreveu aqui que nos quartos-de-final o Sporting eliminou o Estrela com um golo em fora-de-jogo.....disfarçadamente e envergonhadamente a imprensa desportiva se referiu ao tal golo que entrou no Guiness pois esteve em fora-de-jogo no início, meio e fim da jogada!

O Rui Santos grande defensor da verdade desporttiva não falou nisto!

Depois ao Benfica foram-lhe espoliados 2 grandes penalidades na primeira parte em Alvalade, para além de um golo de DI MARIA igual ao de ROMAGNOLI NA FINAL DA TAÇA FDSE!

O de ROMGANOLI É...O DI MARIA JÁ NÃO É GOLO!

Na segunda parte o jorge sousa fez aquilo que já veio aqui neste blog explicadinho em desenhou ou imagem não me lembro agora, ou seja como lixar uma equipa.....foram 3 ou 4 amarelos seguidos para cortar a agressividade da equipa para além de deixar defender o Sporting em determinada fase da segunda parte como se fosse Rugby e não futebol que se estava a jogar!

Na final o Porto foi roubado á grande e á francesa e o que decide o jogo é o penalti de Polga sobre o Lisando na primeira parte e a falta com os mesmos intervenientes na segunda parte antes do golo do Sporting.......

Isto FOI O COLO DE FINAL DE ÉPOCA LEONINO!

Está de Parabéns o Vítor Pereira....

Se fosse com o Benfica o que não se diria em Portugal?

Ainda vêm falar do Estorilgate?

O Benfica já teve algum penalti a favor no novo estádio de Alvalade?

Quantos teve o Sporting na nova Luz?

No primeiro jogo na nova Luz o penalti do Silva fica para a história....tal como ficou o de Jardel no último jogo da antiga Luz...

Tal como o penalti de Armando no fim do jogo com o Benfica a ganhar 1-0 no último jogo do velho Alvalade....

Quantas vezes nos últimos anos o Benfica ficou reduzido a 10 em Alvalade?

E o Sporting na nova Luz alguma vez ficou?

Estão de parabéns os Sportinguistas, tanto barulho fazem, tanta encenação que fazem que deu nisto, são altamente e constantemente beneficiados e depois falam no Estorilgate....

O Benfica não têm ninguém que defenda o clube a sério, teve lá o José Veiga, aperceberam-se do que ele podia fazer no clube e trataram-no de o lixar e fazer com que saisse de lá.....

Se fosse o Benfica a ganhar a Taça de Portugal como ganhou o Sporting este ano e não se falava noutra coisa nos próximos 10 anos....

A protecção que á dada ao Sporting na Imprensa Desportiva é um case study.....

Parece que neste país há mais medo do Dias Ferreira e do Rui Santos que do Pinto da Costa e do Bruno Pidá....

Anónimo disse...

Afinal quem agrediu o RS ?!


Pelo silencio......


E em que ponto das investigações estarão aquelas "denuncias" em papel timbrado da PJ ???!!!

Miguel disse...

Lê muito? Pois olhe que não parece.

Anónimo disse...

País de atrasados e corruptos.
Estão a tentar esquecer o guimaro e os quinhentinhos,cadorin,viagens ao brasil,calheiros,produtos toxicos no balneario do adversario,espancamento ao vivo de jornalistas,guarda abel,espancamento a marinho neves e a bexiga,ameaças a jose mourinho,pidá a guarda-costas do papa,os jogos no estadio da cidade da maia.....

atirador especial disse...

No tempo do adriano pinto e dos "xitos", é que era tudo maravilha, creio que era no tempo em que o senhor era arbitro !!!

JFA disse...

... eu não sei é como pessoas como cunha leal ainda têm credibilidade!

Anónimo disse...

A coluna das águias (sem gloria) enlouqueceu de vez, agora vira-se contra o sporting, o que será a seguir? uma conspiração mundial dos treinadores contra o benfica? já vão na oitava escolha e nada.

Anónimo disse...

E a "inscrição" do Ricardo Rocha que deu direito a invasão em directo do estúdio da SIC? E os sumaríssimos?

Anónimo disse...

Não podem consentir...
Hélder Pacheco, Professor e escritor

No Grande Auditório do Soviete Supremo do Nacional-Centralismo, reuniu a respectiva assembleia-geral para análise, discussão e propostas relativas aos pontos únicos da agenda «Pode o Império Centralista continuar a consentir que o F. C. Porto ganhe campeonatos? Pode o Império consentir que uma equipa da província, sem representatividade nacional, mantenha a supremacia sobre as glórias do centralismo?»

A tais questões, pronunciaram-se os seguintes representantes dos Organismos Tutelares do Centralismo da Confraria dos Centralistas Devoristas, que advertiu; da Confraria Centralista dos Gestores 7+ (acima dos 7 empregos), que berrou; da Confraria Centralista dos Gestores 7/5 (entre 7 e 5 empregos), que uivou; da Confraria Intelectual Centralista, que bolsou; da Confraria dos Assessores Centralistas, que gritou; da Confraria de Legisladores Centralistas, que decretou; da Confraria dos Grandes Incompetentes Centralistas, que dejectou; da Confraria dos Médios Incompetentes Centralistas, que arengou; da Confraria dos Provincianos Convertidos ao Centralismo, que grunhiu; da Confraria dos Centralistas subvencionados pelo Estado, que cuspiu; da Confraria dos Centralistas nomeados por proximidade do sistema, que ganiu; da Confraria dos Centralistas infiltrados nos Meios de Comunicação, que ladrou; da Corporação dos Centralistas Avençados, que exortou; da Corporação dos Centralistas Disfarçados, que invectivou; da Confraria Centralista da vista grossa à Insegurança no país, que programou; da Confraria dos Consultores Centralistas, que bradou; da Corporação Centralista de Comentadores de TV, que expeliu; da Corporação Centralista dos Acumuladores de Subsídios, que ejaculou; da Corporação Centralista promotora do abastardamento da Língua Portuguesa, que perdigotou; da Corporação Centralista do Cosmopolitismo Importado, que mesurou; da Corporação do Proteccionismo Centralista, que rezingou; da Corporação Centralista dos Exterminadores de Serviços Regionais, que peidorreou; da Corporação dos Yes-Men and Job for the Boys Centralization System, que arrotou; da Corporação dos reality-shows Centralistas, que discorreu; da Corporação dos Esbanjadores Centralistas, que vituperou; da Corporação Centralista dos Saudosos da Censura Prévia, que baliu; da Corporação Centralista dos Grupos de Trabalho, que praguejou, e todos em uníssono votaram: «Não podemos consentir!» e «É ultrajante!».

Face à unanimidade, a Assembleia aprovou as seguintes conclusões:

1.º - Uma cidade a que o centralismo retirou quase tudo: emprego qualificado, sedes de empresas, serviços, investimento público, etc., não pode manter um clube que ganha campeonatos consecutivamente;
2.º -A única coisa que o centralismo ainda não conseguiu extorquir ao Porto são os campeonatos; 3.º - Como os clubes centralistas não ganham no campo, é preciso fazê-los ganhar em jogos fora do campo.

Para isso, serão adoptadas medidas imediatas a) lançar uma OPA sobre o F.C. Porto, transferindo-o para a capital; b) aumentar o IVA do F. C. P., em 80% e os impostos em 90%, para o fazer ir à falência; c) depois do dourado, lançar apitos prateados, verdes, laranjas, vermelhos e até PINK - cor favorita dos centralistas - para descredibilizar o F. C. P.; d) formar um consórcio editorial para publicar exclusivamente livros de autores de nomeada - designadamente mortos ou moribundos - contra o F. C. P.; e) classificando-o como local altamente perigoso para o centralismo, expropriar o Estádio do Dragão por razões de Estado; f) fazer aumentar a taxa de desemprego da Área Metropolitana do Porto para níveis que obriguem à emigração dos adeptos do F. C. P. para trabalhar na Galiza; g) legislar no sentido de impedir os menores de 90 anos de assistirem aos jogos do F. C. P.; h) em caso de insucesso destas medidas, determinar que, no início dos campeonatos, os clubes do centralismo partam com 20 pontos de avanço.Mal esta notícia chegou à cidade, na Vitória, na Sé, em Campanhã, em Lordelo, no Aleixo, no Cerco do Porto, no Monte Crasto, no Monte da Virgem, nas Cachinas, em Rio Tinto, na Feira, em Avintes, Custóias, Valongo e por aí fora, em toda a parte onde há dragões, milhares de bandeiras azuis se agitaram. E, enquanto os mais velhos cantavam a Maria da Fonte «Pela santa liberdade / Triunfar ou perecer», todos faziam o gesto do zé-povinho na direcção do antigo Sul (agora mudado pelos centralistas para West Coast) e os jovens portistas cantavam: «Esta vida de dragão / Só dá campeão! Tra-lará-lará - lará, lará-lará.»

in JN/HP

Anónimo disse...

Meu caro amigo, antes de publicar a resposta devia ter publicado o texto que a originou.

aNNóNNimo disse...

Você e o ANÃO são de tão baixo nível, quer intelectual quer pessoal, que não vale a pena perder tempo convosco!!!

maiskemaluko disse...

Estou cheio disto, vou dar o piro, é só dragões, leões, e agora uma coluna de aguias !!!! estes gajos parece que habitam no Jardim Zoológico.

Anónimo disse...

o leixões também não jogou com o FCP fora do seu estádio na época seguinte?

alguem se deu ao trabalho de comparar as receitas que o Estoril teve no Algarve com as que teria se tivesse jogado no seu estádio?