AGORA ESTOU AQUI

quarta-feira, maio 14, 2008

DE VEZ EM QUANDO ACHO IMPORTANTE PAGAR AS QUOTAS

Comunicado do Sindicato dos Jornalistas:
SJ exige cumprimento de normas nos estádios. Tendo tomado conhecimento das agressões a vários jornalistas perpetradas, no passado dia 9 de Maio, nos estádios do Dragão e do Bessa, no Porto, a Direcção do Sindicato dos Jornalistas: 1.Expressa o mais vivo repúdio pela violência exercida por adeptos do Boavista e do Futebol Clube do Porto contra jornalistas, que não pode ser tolerada em circunstância alguma e que nem mesmo a exacerbação de estados emocionais pode justificar. 2.Recorda que os clubes desportivos e outras entidades organizadoras de iniciativas estão obrigados a garantir a segurança e integridade física dos profissionais da comunicação social em serviço nos recintos onde ocorrem acontecimentos susceptíveis de interesse jornalístico. 3.Considera que a garantia de segurança é especialmente exigível quando se trata, como foi o caso, de iniciativas dos próprios clubes – no caso em concreto, uma conferência de imprensa – e além do mais versando assuntos que, pela sua natureza, geram paixões que podem redundar em actos de agressividade gratuita. 4.Exige que sejam cumpridas as regras sobre acesso e permanência dos jornalistas aos recintos desportivos e outros locais onde ocorram acontecimentos com interesse noticioso, apelando também às autoridades policiais para que prestem especial atenção a acontecimentos que envolvam riscos para a segurança dos profissionais. 5.Congratula-se com o facto de jornalistas agredidos terem apresentado queixa e expressa publicamente a sua solidariedade, mas considera que os clubes envolvidos e a Entidade Reguladora para a Comunicação Social devem apurar os factos e extrair as devidas consequências.

7 comentários:

Asa Negra disse...

estaria tudo muito bem se não soubessemos que é tudo uma hipocrisia. O presidente do Sindicato é apenas vaidoso, imbecil e incompetente. Nunca as regalias dos jornalistas foram defendidas. O comunicado é inócuo e só serve para agir como "betadine" para ajudar a curar as feridas dos jornalistas.
Lembram-se quendo este mesmo Alfredo Maia, depois de agressões a ojornalistas no Porto se sentou na mesma mesa de Pinto da Costa para falar à CS do assunto?
Rua com esta gente.

dragao vila pouca disse...

É pena que o Sindicato ao mesmo tempo que condena e bem as agressões aos jornalistas, não condene também o jornalismo rasca, de vão de escada, de alguns jornais do grupo Cofina.
Será que vais censurar?
Vou guardar o comentário para depois me dares explicações.

Anónimo disse...

Jornalismo de qualidade é o do Grupo Controlinveste, é uma categoria. Oube lá ó dragon bila pouca, bai-te catar.

jonel disse...

Tou a ber, eh,
lá debe sobrar tal
enxame da manha, 24 delas
e da bola, que, por livrar-se
das vespas, a malta lá começa
a sacudi-las, filhas da mãe,
corriqueiras, benfiquistas, trapalhonas, sempre a tecer
a maldade sobre o Norte, rais
parta as feras, tamém eu lhes
daria o caldo, trogloditas,
trapaceiras, oh, faz bem,
malhar nas parasitas Lisboa.

bobi tareco busca disse...

Depois choram...
Andam semanas após semanas a exercer violencia psicologica sobre a cidade do Porto, mais concretamente sobre os adeptos de futebol e depois admiram-se.
Uma dica: alguns de voces são conhecidos, informem mas com verdade, não andem a reboque de intereses de ocasião!
Aqueles que me vão insultar só lhes digo isto : quando e onde quiserem.

PS: anonimo das 22:26 vá-se confessar

Anónimo disse...

Os jornalistas corruptos, deveriam voltar para a escola e terem professores como antigamente. Levarem umas valentes reguadas até aprenderem o que é independência, ética e comportamento cívico.

maiskemaluko disse...

dragao de vila pouca, sera nome de familia ? o homem julga-se importante, ja agora como diz o outro vai-te catar.