AGORA ESTOU AQUI

domingo, abril 27, 2008

GARGANTA FUNDA


Confesso que durantes muitas semanas me interroguei sobre a importância que poderia ter para o CM o "Diário de Carolina". Esta semana, finalmente, percebi que dessa cartola podem sair alguns alguns. Na sua última crónica, Carol fala novamente de um D. Corleone ("para muitos já falecido....acho que só mesmo ele é que não percebeu) que fez regressar de terras nordestinas uma amante que visita todas as quartas e sextas-feiras, sendo visto a caminhar pela Marechal Gomes da Costa "de ar satisfeito e saciado". Nesse entretanto, diz Carol, a D. Corleona só por satisfeita por ter "os bolsos cheios". Ou seja, conclui, "estão bem um para o outro".


Convenhamos. O exílio em Cabeço de Vide está a soltar a garganta mais funda do futebol nacional...

6 comentários:

Anónimo disse...

Que vergonha de blog.

JoãoPortuguês disse...

Parece que arranjou novo chulo a senhora! Esperem só por ela se zangar... O que é certo, é que quem lhe paga as "custas" agora, não lhas há-de pagar sempre. E, quando confrontada com a impossibilidade de comprar bens de primeira necessidade (aqueles que enchem os pneus de muito boa gente) a senhora terá de começar a falar noutra direcção. Espero pelo dia, pois sei que chegará. Espero que a credibilidade que lhe é agora granjeada, nessa mesma altura valha de igual modo!

P.S. Gostava de realçar o relevo dado a esse suposto diário pelo senhor Eugénio.
Repare bem caro amigo, lá se a senhora escreve que é com apenas 2500€ que se compra um BM-FCP, que depois já é SLB-FCP, e o senhor acha que isso é notícia, uma vez que lhe permite dormir sossegado, pensando V. que o SLB não ganha nada por interferências exteriores; é lá consigo.
Agora o caro amigo priveligia o escatológico, gutural e primitivesco que há nos homens, preferindo amiúde enfatizar os peidos de PC e as curvas que ele dá ou deixa de dar com quem muito bem quiser, em vez de se limitar a matéria de facto.
Ria-se à brava! Se um dia fosse a sua vida a ser conspurcada, em praça pública, o senhor rir-se-ia melhor!

dragao vila pouca disse...

Ó Eugénio vê se tens juízo, porque pode haver alguém que resolva falar de certos encontros, num determinado hotel de Vila de Conde.
Deixa-te de baixaria, porque para baixaria já basta essa pouca vergonha da "escritora".

Anónimo disse...

Vila do Conde?

O Malheiro ainda no outro dia quase que ficou nu no meio da rua.

E de que sova se livrou....


tão lindo ver estes lampiões a fugir..

maiskemaluko disse...

geninho, Vila do Conde ??? o titulo do teu post deixou-me excitado, recordei esse grande filme, em que fui actor principal, e a quem miseravelmente nao foi atribuido o Oscar. Mas falando de coisas menos agradaveis o teu post esta uma miseria, e depois levas na corneta do maralhal. Faz uma pausa e faz uma cura de sono aqui no julio de matos !!!! hahaha

zepingas disse...

Pelo cu
se mede a vaca.