AGORA ESTOU AQUI

quarta-feira, março 19, 2008

O SUMARÍSSIMO E AS SUMIDADES

Vai por aí um grande alarido a propósito do sumaríssimo que pelos vistos Bruno Alves não vai ter. Ok. Percebo a desatenção das pessoas num mundo cheio de solicitações. Mas seria bom que esses mesmos arautos do moralismo parassem um bocadinho. Por exemplo, para ler o que Ricardo Costa disse, no princípio da época, a propósito dos processos sumaríssimos. Em tempos usados como arma de arremesso. A nova Comissão Disciplinar da Liga tem dado suficientes provas de eficácia e independência e muita gente ainda nem sequer percebeu que não é comandada nem por um juiz, nem por um advogado. Ricardo Costa é "apenas" professor de Direito, sendo especializado em direito desportivo. Foi ele quem determinou, e muito bem, que o processo sumaríssimo é para ser usado com parcimónia, apenas no caso flagrante de um lance que não é analisado pela equipa de arbitragem e que decorre fora do seu campo de visão. Ou seja, uma situação verdadeiramente excepcional. Não sei o que o árbitro Jorge Sousa escreveu no seu relatório mas presumo que, mal ou bem, o lance foi apreciado por si. Sendo assim, nada mais havia para dizer. Mas pelos vistos há...

Para um cabal esclarecimento, recorde-se o comunicado da CD da Liga:
http://www.lpfp.pt/SiteCollectionDocuments/Proposta%20de%20decis%C3%A3o%20do%20Processo%20Sumarissimo%20n.%C2%BA1%20-%20%C3%89poca%202007-2008.pdf

14 comentários:

espi disse...

Dass já nem o leixoes defendes???? ainda estas nos states?? ja viste as imagens???? dass so falta tirar decapitar alguem em campo!!

parece que estas a ficar com medo de levar outra vez nas tronas! ao menos o marinho continua valente, tu estas um pau mandado!

Anónimo disse...

Caro amigo não concordo com o que diz. O Parati (como diz o Bento) não viu o Katsouranis a esticar o dedo para o Luisão? Claro que viu. E comparada com a agressão de sábado e ao João Moutinho em ALvalade o que é mais grave? O cheiro continua lá....

nandao disse...

Eugénio, o que escreves é tudo muito bonito, mas como é possível passar impunemente sobre estes lances?
O Bruno Alves este ano já fez 1 vez no Estrela - FCP, no SCP - FCP e agora no Leixões - FCP.

O que te pergunto é o seguinte, porque é que o Katso levou sumaríssimo, tal como o Derlei na época passada quando representava o maior clube do Mundo?

Toda a gente em Setúbal viu o que se passou entre o Katso e Luisão, o jogo inclusive esteve parado!

O que é certo é que existem dois pesos e duas medidas.

Esta lei, se é assim que se pode chamar tem de ser revista, é dar cobro a jogadores Kung Fu como Bruno Alves, quem ganha com isto é o FCP e mais nenhum clube.

NC disse...

Essa tal parcimónia presta-se sempre a decisões de duvidosa oportunidade e quando, como é o caso, vivemos num meio desportivo e numa sociedade em geral crescentemente desacreditados, todos desconfiam de tudo e de todos. Não é, portanto, o melhor caminho usar a tal parcimónia que se presta aos critérios da dar jeito hoje e não dar jeito amanhã...é que isso leva sempre à desconfiança que o verdadeiro critério são os interesses dominantes...o que, seguramente, não prestigia a justiça desportiva e leva a pensar que, assente a poeira, tudo continua na mesma...

Anónimo disse...

Os sumarissimos foram utilizados como arma de arremesso???!!!

Especialmente contra um clube ???!!!.....

JoãoPortuguês disse...

Como o residente opinador observa, e muito bem, os sumaríssimos foram já, em tempos, arma de arremesso. Mais concretamente, contra McCarthy do FCP, que a despesas dos tais, perdeu cerca de 10 jogos de liga. É perfeitamente óbvio que B. Alves deva ser punido. Agora, pedir a punição deste e querer escamotear as agressões à cotovelada de Cardozo, é da mais vil falta de seriedade intelectual. Só posso justificar esta falta de coerência, pensando que o sagaz opinador, resignando-se com os insucessos desportivos do seu clube, tente ganhar no campeonato dos "pontos morais". Parece-me curto, e como já referi, até nesse não me parece que ganhe.

PSousa*Bancada Directa* disse...

Meu Amigo, ainda acredita nessas histórias?!!! Deixe disso, que o senhor sabe como funciona o sistema....

Abraço

Anónimo disse...

deduz-se, então, deste seu comentário que vão continuar as patadas ...com parcimónia!


40 postas pescada

César disse...

Não está em causa a independencia de Ricardo Costa, mas sim a imagem que dá ao adepto mais distraido. Percebe-se pela na interpertação dos regulamentos, a inexistência do sumarissimo. O que não se percebe é a razão de ser de tão disparatados regulamentos. Quando a existência ou não do mesmo depende mais de para onde o árbitro estava a olhar, do que a gravidade da situação... está tudo dito!

sophie disse...

Ao menos por cá ainda se publica os comentários, ao contrário ali do batebola, que dá e, à vista de reação leve, foje, não dando mais a cara.

Gomez disse...

- Deixem lá... que se algum dia um jogador do Sporting fizer o mesmo, toma lá... e se calhar pela medida grande!!! Não será ... ??? Agora por violência... estou a lembrar da porrada que o João Moutinho leva, não num só jogo específico mas em todos, repito todos, os jogos!!! Ele não há um jogo que não saía do campo com uma mazela, o rapaz deve-se inquietar para dormir todas as noites de jogo!! E os árbitros sempre a olhar para o amanhã, e sumaríssimos nada!!! Estão à espera de partir uma perna ao miúdo para depois agirem, se agirem!!!
Gomez

(Tenho uma conta do Google mas o comentario nunca entra... porque será?? Diz Seleccionar uma Identidade, o que é que isto quer dizer?)

zesousa disse...

Ora, a Uefa é que não vai em cantigas e, toma, que é p'aprenderes, três jogos, pois.

E quem vê agora a jogada, tirada do ângulo certo, é que vê, o gajo por ali adiante, apanha o defesa distraído e, zás, a ti corto-te a cabeça assim, e tu já não corres atrás de mim.

Que grande palerma, esse Cardozo, se é que não estava c'os copos, ganzado de todo, ou então é tolo de todo, cum caray!...

Anónimo disse...

O irónico do comunicado é a SIC e o Correio da Manhã servirem de meio de prova do gesto. O grupo Controlinvest ficou de fora ! nem é necessário !

AF disse...

è tudo tanga. O que sei é que Bruno Alves agrediu violentamente o jogador do teu clube e nuns jornais o árbitro diz que viu, noutros diz que não viu e no meio da confusão, o jogador do Porto não levou qualquer castigo.
Se não houve caos Deco e Mourinho até podiamos engolir essa "fruta".
Agora como já sabemso que o hermínio te passa a escova de vez enquando não comemos o teu grupo.Para haver transparência ou comia o árbitro ou comia o jogador.
Como estava em NY não viste o lance, por isso não fales do que não sabes.