AGORA ESTOU AQUI

quarta-feira, março 05, 2008

MORREU O ZÉ BOMBA

Também conhecido por Paiva Henriques, o Zé Bomba deixou-nos por estes dias. Soube a notícia hoje. O Zé foi meu colega no CM, um bom amigo, bonacheirão, dedicadíssimo ao basquetebol e excelente garfo. Um homem grande com um coração também enorme, que só aparecia na redacção a meio da tarde e por ali ficava a fazer os seus telefonemas enquanto a rapaziada dava ao gatilho. Da noite sempre fez bom proveito e com ele recordo algumas tainadas, como um dia aconteceu, quando Zé chamou um táxi para o levar a um restaurante que ficava a 100 metros, enfim, no cimo de uma das ladeiras lisboetas. Memória de um bom tempo, quando a equipa desportiva do CM era também um grupo de bons amigos, o Zé Bomba deixa-nos a saudade de um espécime cada vez mais raro nas redacções dos jornais. Não te esquecerei, amigo.

Sem comentários: