AGORA ESTOU AQUI

sábado, março 01, 2008

Derby no MInho



Porque o futebol português não é só os três grandes e o Leixões, que neste momento marcou o seu primeiro golo à Académica, numa grande penalidade bem assinalada pelo árbitro Carlos Xistra, empurrão de Vítor Vinha a Jorge Gonçalves, aliás penalidade um tanto ao quanto idêntica à que não foi ontem assinalada pelo árbitro Paulo Costa em Braga, aqui fica a análise ao trabalho da equipa de arbitragem ontem no Minho.
Braga e Guimarães, também são dois clubes grandes e com enorme apoio dos seus adeptos e associados, representando ambos uma das regiões mais importantes da península Ibérica.
Casos de difícil análise apenas na primeira parte. Mrdakovi marca o golo mas o árbitro assistente Vítor Carvalho, militar de profissão, analisou bem a posição em fora de jogo e anulou o golo.
João Pereira tem que ter mais cuidado, pois o cartão amarelo aos 30 minutos foi leve e ainda arriscou ser expulso da maneira como discutiu com Paulo Costa. E a seguir a forma como agarrou rasteirou e derrubou Alan poderia ter sido exibido pelo árbitro o segundo cartão amarelo e consequente expulsão, isto num espaço de três minutos.
45 Minutos de Jogo – Grande penalidade por assinalar Sereno empurrou João Pereira e no minutos seguinte novo erro de Paulo Costa ao não assinalar pontapé livre directo, pois João Pereira foi rasteirado à entrada da área.

1 comentário:

Anónimo disse...

O joão pereira é um raçudo, o sereno mal lhe tocou e atirou-se para o chao,se em vez de relava fosse pelado ele nao se atirava, e o arbrito so prejudicou o vitoria, pois esse jogador caceteiro ja devia ter sido expulso muito antes de cair na area