AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, fevereiro 05, 2008

Ronny chutou ao poste e jogou no ressalto...

Aos 54 minutos de jogo no Estádio do Restelo, Ronny, na marcação de um pontapé livre directo, rematou ao poste. A bola não tocou em nenhum jogador do Sporting nem do Belenenses e Ronny apanhou o ressalto e voltou a jogar a bola, tendo o arbitro internacional Jorge de Sousa interrompido o jogo.
O árbitro levantou o braço e assinalou pontapé livre indirecto.
No estádio, fruto da emoção do lance, alguns espectadores devem ter julgado que foi assinalado posição de fora de jogo a algum jogador.
Isto porque o "off-side" é punido com livre indirecto e, obrigatoriamente, os árbitros têm de levantar o braço, pois é esse sinal que diferencia o pontapé livre indirecto do directo.
No entanto, no Restelo, Jorge de Sousa não interrompeu o jogo e assinalou a infracção ao abrigo da Lei 11 - Fora de Jogo.
O que Jorge de Sousa fez foi interromper o jogo, ao abrigo da Lei 13-Pontapés Livres.
É nesta Lei que estão descritos os tipos de pontapés livres, os locais de execução, as infracções e sanções.
Assim, quando a bola veio devolvida do poste no remate de Ronny, este, ao jogar uma segunda vez antes que a bola tenha sido tocada por outro jogador, fez com que Jorge de Sousa (que considero o melhor árbitro português na actualidade)assinalasse a infracção com um pontapé livre indirecto, concedido ao Belenenses e que foi executado no local em que a falta (segundo toque na bola) foi cometida.

2 comentários:

JB disse...

mais grave que os adeptos, é os jornalistas terem mencionado que foi fora de jogo, ao que eu do meu belo sofá lhes chamei tudo, e posso dizer que burro foi o mais fraquinho. não seria altura dos jornalistas lerem as leis de jogo, aquilo até se lê bem... façam os trabalhos de casa antes ...

Pinho disse...

Tenho uma dúvida que gostaria que me tirassem: num penalti, se o jogador rematar ao poste sem o GR ter tocado na bola, pode recarregar para golo?


Obrigado