AGORA ESTOU AQUI

domingo, janeiro 27, 2008

Vieira reclamou

Como vi o trabalho da equipa de arbitragem ontem em Guimarães:

Luís Filipe com o braço atinge Desmarets, lance que João Ferreira não viu não assinalando a falta. Assinalou bem a falta quando João Alves desnecessariamente impediu Rui Costa de prosseguir derrubando-o.
Critério diferente de João Ferreira ao não assinalar a falta sobre Fajardo que foi impedido de prosseguir por Luís Filipe que o derrubou.
Rui Costa rasteirado e João Ferreira prova aqui a sua constante falta de critério,não assinalando a falta e exibindo o cartão. Verificou-se ser um árbitro cheio de dúvidas, pois hesitou demasiado na falta que marcou quando do primeiro golo.
Erro de João Ferreira ao exibir o cartão amarelo a Petit que não jogou a bola deliberadamente com a mão e apesar de ser permitido a exibição do cartão amarelo a Rui Costa na maca este foi injusto, dado que na falta anterior Rui Costa não simulou, foi rasteirado.
Bem exibido o cartão amarelo a Ghilas que não tem razão em protestar pois foi o ultimo a tocar na bola.
Decidiu bem João Ferreira ao assinalar livre favorável ao Benfica pois após ser empurrado Luís Filipe rasteirou o vitoriano.
Fajardo isola-se em posição de fora de jogo não assinalada por Luís Ramos.
Erro de Pais António que assinalou tarde e pensou demasiado e Cardoso não estava em posição de fora de jogo.
Golo legal e bem analisado por Pais António pois quando a bola chegou á cabeça de Ghilas já se encontrava em posição legal.
Protestos de Miljan na área do Benfica, mas naquela confusão só com novas tecnologias e a TVI não apresentou a repetição das imagens.
Outro lance que aconteceu em Guimarães, foi um corte de Sereno para Nilson que voltou a suscitar duvidas no seio da arbitragem e até nalguns ex-arbitros.
Uma vez mais, perante a visualização das imagens e com o comunicado hesitante elaborado pela Comissão de Arbitragem da Liga, que diz que os árbitros devem punir este tipo de lance, era bom que a CA esclarecesse afinal qual foi as instruções dadas aos árbitros neste tipo de lance. Será de considerar corte ou atraso? Isto porque se tem verificado em todos os jogos, decisões diferentes dos árbitros.

17 comentários:

rui disse...

Grande Helton a garantir os 3 pontos!!!

Já agora, ninguem fala da entrada assassina do anormal do bruno alves??? quase que tirava um testiculo( quilhao em portugues) ao moutinho!!!

nao da para sumarissimo, ou esses sao pro katso fazer gestos e pro binya ser caceteiro....

Anónimo disse...

"Golo legal e bem analisado por Pais António pois quando a bola chegou á cabeça de Ghilas já se encontrava em posição legal."
????
Agora percebo porque é que foste corrido da arbitragem...

Howard King disse...

O que o Vieira quer, sei eu!

Quer mostrar que o João "Pode ser o João" Ferreira não é o seu moço dos favores, por isso ataca-o.

nmarques disse...

Caro José Leirós:

Não contesto a sua análise dos lances, mas de um especialista em arbitragem exige-se que não diga coisas destas:

"Golo legal e bem analisado por Pais António pois quando a bola chegou á cabeça de Ghilas já se encontrava em posição legal."

Quando a bola chegou à cabeça? Eu não sei se o Ghilas estava ou não fora de jogo. Não analisei o lance ao microscópio. O que sei é que os foras de jogo não se assinalam no momento em que a bola chega ao jogador e isso até uma criança de 10 anos sabe.

Ricardo disse...

Uma pergunta caro Leirós. NO lance do primeiro golo, o árbitro assinala obstrução ( que não existiu diga-se) logo o livre deveria ter sido indirecto, e não directo como aconteceu.
No lance do terceiro golo há mão do avançado do Benfica que não foi assinalada.

Mr. Shankly disse...

"Golo legal e bem analisado por Pais António pois quando a bola chegou á cabeça de Ghilas já se encontrava em posição legal. "

E foi você árbitro de primeira? Eu a pensar que o fora-de-jogo ocorria no momento do passe e não quando chega ao jogador...

ze da povoa disse...

Não vejo qualquer referência a um pontapé a ceifar as pernas de um adversário, dado pelo Nélson logo após ter levado amarelo por empurrões na área. Lance para vermelho directo, mas no mínimo justificava-se o 2º. amarelo. João Ferreira quis poupar o slb, reconhecido pela amizade e confiança evidenciados pelo Orelhas em escuta telefónica que é do domínio público. A actual agressividade do Orelhas contra Ferreira é só para disfarçar. Uma análise exaustiva às nomeações deste árbitro, quando o slb vem a norte a jogos difíceis, daria resultados interessantes!!!

Manuel Leão disse...

Só quero ver o que vai fazer a Comissão Disciplinar da liga ao Sr L. F. Vieira e ao Sr. Jesualdo Ferreira. É que Paulo Bento foi castigado por falar em dualidade de critérios!
Qual vai ser a desculpa agora?

Luís Avelãs disse...

Tenho uma dúvida que gostava de ver esclarecida por um especialista.

A seguinte passagem - "Bem exibido o cartão amarelo a Ghilas que não tem razão em protestar pois foi o ultimo a tocar na bola" - refere-se a um lance ocorrido a que minuto?

Não foi o mesmo jogador que, noutro lance, viu amarelo juntamente com Nélson?

Saudações

bancada16 disse...

O golo do Vitória é claramente fora de jogo. Aquando da marcação do livre, Ghilas encontra-se adiantado. Quando cabecei a bola está a aproveitar a situação de fora de jogo que se encontrava.

netking disse...

Pois o Ghilas levou 2 amarelos mas o Guimarães estava a prometer não valia a pena estragar o espectáculo.

Boa decisão de João Ferreira.

Anónimo disse...

O Ghilas só viu um e um só amarelo, que foi na sequência do canto.

Curioso que esse lance sobre o Miljan é claramente penalty, mas o sr. João Ferreira (como há 5 anos atrás) voltou a ser um habilidoso de 1ª.

Peterpan disse...

Caro José Leirós tenho uma dúvida que me vai esclarecer:

Quando o Luis Filipe cabeceou a bola ele quis pô-la no Ghilas? Não creio! Sendo assim o jogador do V. Guimaraes aproveitou-se de uma situação ilegal. Logo o golo não podia ser validado. Se me disser que naquela confusão era dificl ver cabeceou a bola, também concordo. Agora não pode é dizer o que afirmou pois o que conta não é a recepção de bola, mas o momento do passe.

Anónimo disse...

Golo legal e bem analisado por Pais António pois quando a bola chegou á cabeça de Ghilas já se encontrava em posição legal.

Ai, espera. O fora de jogo agora já não é assinalado quando a bola parte, mas sim quando chega. Cristo, anda cá abaixo ver isto.

Anónimo disse...

ó palhaço da póvoa, já que meteste o bedelho, porque não falas das 3 situações posteriores ao amarelo a Petit por mão na bola, de gajos do Guimarães que fazem o mesmo e saem incólumes?

PALHAÇÃO!

Anónimo disse...

Curioso que esse lance sobre o Miljan é claramente penalty

E que tal agora acordares?

xamir disse...

ó zé da povoa, vai pra tua terra de azeiteiros e paneleiros dar banho ao cão!e no caminho atira-te para um balde de merda!!
Se há pimbas neste pais são da povoa!!paneleiros que gostavam de ser citadinos do Porto!!fiquem por aí na vossa aldeia com a Maya e outros tertulianos no Budda e nem se atrevam a fazer 30kms até à cidade!