AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, janeiro 28, 2008

Um País de emplastros

Num País onde é possível um ex-funcionário de uma instituição bancária ser dispensado a troco de uma singela indemnização de 10 milhões de euros - à qual se deve adicionar um pequeno extra de 35 mil euros/mês, 14 vezes ao ano, até ao último dos seus dias -, se calhar também é normal ligar o rádio antes do Sporting-FC Porto e deparar com uma entrevista a um tal de Fernando, mais conhecido como Emplastro por ter o dom de conseguir, em qualquer situação, surgir atrás dos jornalistas que fazem os directos para a televisão.

Será que, hoje em dia, basta ter ar de tonto para ser figura pública?

Mas, o mais inacreditável de tudo é que o homem do sinal antigo e dos dentes novos, fez questão de explicar que cobra dinheiro a quem pretende tirar uma fotografia com ele. E consta que essa iniciativa empresarial tem grande sucesso.

Se tudo isto fosse um sonho até teria piada. Acontece que é verdade...

9 comentários:

ze da povoa disse...

É do mais elementar mau-gosto este texto, mas vindo de quem vem não será de estranhar.
A infelicidade do Fernando pode tocar a qualquer um de nós. Nem ele nem os pais têm culpa de ser assim.
O facto do Fernando, na sua inocência, se assumir como Portista, leva a que alguns escrivas vejam nele o alvo ideal para atingir outras pessoas. A pobreza de espírito no seu mais alto nível, personalizada em intelectualóides de trazer por casa!

Anónimo disse...

Escama Dragões

Hoje em dia basta ter ar de tonto para ser pseudo jornalista, mas no seu caso já vem de alguns anos a esta parte.

Saudações Leoninas

`´Aguia Real disse...

A sua admiração é ácerca da capacidade empresarial do Fernando,"Emplastro",não é?
Poi, só pode,porque tudo o resto é "normal".
Mas,fiquei intrigado...
Qual é a diferença,que nota, entre ser fotografado ao lado do emplastro ou acompanhado do presidente "doirado" - seu "pai"?

Anónimo disse...

O chamado "bater no ceguinho".

Já agora, desde quando o individuo é figura publica?

Acúrsio disse...

É o que dá ser "Filho do Pinto da Costa"...

Anónimo disse...

E eis que de repente os labregos porkistas fingem ter sentimentos.

O Fanã pode ter ar de tonto mas pelo que o Sr Luis Avelãs diz, de parvo não tem nada. A não ser que a massa que ele arrecada vão directamente para o bolso do Macaco, ou do Bobby, ou do Tareco, ou do Flatulas...

atirador especial disse...

Para o tal zé das couves todos os textos, que não digam bêm dos andrades, são de mau gosto !!!!
Será que o "cavalheiro", não se enxerga ? e os posts que escreve não são de mau gosto.... são mais que execráveis.

Anónimo disse...

aberrante, aberrante, é tu e o anão lobotomizado do Barrocas comentarem jogos da NBA.

Z

Makula disse...

num digan asneiras,
copadres, ku gajo
é o privilegiado
olheiro no
des_Norte do L Vieira