AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, janeiro 14, 2008

Pato Fenômeno


A primeira vez que assisti a uma partida de Alexandre Pato ele era um juvenil do Internacional. O jogo era um clássico Gre-Nal, valendo o título Estadual da categoria.
A grande atração da tarde era Anderson, que estava sendo negociado com o Porto. Mesmo já profissional, Anderson quis disputar a partida ao lado dos antigos colegas do Grêmio.
O resultado do duelo? O Inter venceu por 3 a 2, em grande atuação de Alexandre Pato, um menino de 15 anos naquela altura. Pato anotou o golo decisivo, numa arranca fulminante pela direita e arrematou na saída do guarda-redes gremista.
Voltei a ver Pato na final do Campeonato Brasileiro de Juniores. Novamente um Gre-Nal decidia o título. O Inter massacrou o Grêmio. Goleou por 4 a 0, com direito a golaço de Pato e atuação fenomenal. O "guri" foi artilheiro, melhor jogador, melhor tudo da competição.
Diante disso, pouco depois, Pato foi promovido para os profissionais do Inter. Aos 17 anos, fez sua estréia diante do Palmeiras, no penúltimo jogo do Campeonato Brasileiro de 2006. Em menos de dois minutos Pato abriu o placar, em jogada genial. Depois, fez assistência para gol de Iarley. Pato destriu o Palmeiras. O Inter venceu por 4 a 1. O Brasil todo ficou espantado querendo saber quem era aquele monstro.
Estava decidido, Pato seria titular no Mundial de Clubes da Fifa. E foi. Pato marcou o primeiro golo colorado diante do Al-Ahly, abrindo o caminho para a classificação à final, diante do Barcelona. Pato foi discreto diante do Barça, deixou o time antes de Adriano Gabiru fazer o golo que eu ao Inter a conquista do Mundial. Mas aos 17 anos Pato já era campeao do mundo, tendo feito apenas três partidas profissionais.
Em 2007, Pato seguiu fazendo grandes atuações. E mais uma vez foi decisivo. Na final da Recopa Sul-Americana, contra os mexicanos do Pachuca, fez assistência para Iarley, que sofreu pênalti. Alex bateu: Inter 1 x 0. O craque ainda perdeu dois gols. Na segunda etapa, Pato arrancou pela esquerda, driblou o zagueiro e arrematou forte, Inter 3 x 0 ( Pinga tinha feito o 2-0). O jogo acabou 4-0. Com 17 anos, Pato foi campeão da Recopa, depois de ganhar o Mundial Fifa.
O Inter não queria vender Pato. E não vendeu mesmo. O Milan pagou os 20 milhões de dólares da multa rescisória e levou o jogador, por uma bagatela, já que Pato valia o dobro, talvez o triplo.
Pato é um garoto simples, tímido nas entrevistas, mas muito descontraído com os colegas. É gente boa, atencioso. Tem uma boa família. O pai dele, Geraldo, é uma pessoa simples, mas esperta. Já sua mãe, dona Roseli, é uma senhora muito simpática. Tive a felicidade de conviver e de ficar amigos de todos eles. Por sorte, fiz a primeira matéria publicada em jornal brasileiro destacando o talento de Alexandre Pato.
No domingo, apenas confirmei aquilo que soube lá naquela tarde quente do verão de 2005, quando Pato destruiu os juvenis do Grêmio e tornou Anderson um coadjuvante. Pato brilhou em sua estréia no Milan. Marcou golaço e apenas confirmou, como se precisasse de confirmação, o que todos já sabiam: Estamos diante de um novo fenômeno da bola.

11 comentários:

Anónimo disse...

Ena marcou um golo contra uma equipa fraca do Napoles que já estava com a defesa completamente desorientada e desmotivada. Este é que deve ser o novo Pélé. Geninho não há maneira de dar o fora nesta brazuca?

Anónimo disse...

este anonimo nao viu o jogo

ou entao é o CRonaldo e nos nao sabemos.

gama7 disse...

aposto que se fosse portugues o senhor andre ribeiro nao tinha a mesma opiniao!

androctonvs disse...

então mas vocês estão a acusar o escritor de ser xenófobo, antes dele o ser (se é que o é!)... o que faz de vós XE-NÓ-FO-BOS. Ganhem vergonha.

O jogador é bom, o C. Ronaldo é muito bom, e o Kaká é melhor. So what?

O Pato será muito bom, o CR o melhor do mundo e Kaká continuará a ser fenomenal.

Tirem as palas e apreciem o belo jogo.

Anónimo disse...

Podias acrescentar: Anderson chegou a uma final do campeonato do mundo sub-20.

Pato só não foi eliminado na primeira fase, porque na altura até o terceiro do grupo passava para a ronda seguinte.

Mas espero para ver mais do Pato.

tiago disse...

o miúdo é, realmente, um fenómeno. um rapaz com enorme potencial e que foi parar à casa certa para aperfeiçoar essas qualidades...

http://footballdependent.blogspot.com/

Olheiro disse...

Eu concordo e "assino por baixo".

Com excepção ao facto de ele ter "arrematado" na saída do "guarda-redes gremista". Deve ter, suponho REMATADO.

Mas isto sou eu que sou picuinhas...e fiz o teste do Queirós e do Avelãs...

"Lá vai o Pato, pata aqui, pata acolá. Lá vai o Pato para ver o que isto dá."

sonicmale69 disse...

Golaço ? Ah, ah, ah.

Golo de merda, isolado com o guarda-redes. Até eu marcava.

Donald disse...

O que dirá o Pato Donald quando souber que este marmanjo anda com o nome dele nas costas. Devia ser proibido. Este mísero moleque comparar-se a um ídolo de infância que rompe gerações.

Anónimo disse...

O que te deve roer de inveja é o grande ídolo dele ser o CRISTIANO RONALDO (foi ele que o disse publicamente).

Estranho, vindo de um compatriota do "melhor jogador do mundo de sempre"...

atirador especial disse...

Cá por mim, só gosto de pato com laranja, ou então "pato lacado".
Quanto ao pato dos futeboís,devia levar com um processo, pois pato donald só existe um o da Disney e mais nenhum !!!