AGORA ESTOU AQUI

quinta-feira, janeiro 17, 2008

LIGAS E LIGAS

Ninguém me levará a mal se tomar como referência nacional o FC Porto. Vem isto a propósito de uma notícia sobre a renegociação de contratos televisivos em Itália, onde o próprio Estado acaba de autorizar os clubes a negociarem em bloco os direitos televisivos, o que vai acontecer já na época de 2010/2011. A ideia é aproximar orçamentos e aumentar a competitividade. A expectativa aponta para um crescimento de 14 milhões de euros para 25 milhões de euros no que respeita aos clubes do fundo da tabela. Ora bem, meus senhores, 25 milhões de euros ultrapassa o orçamento do Sporting! Por cá, os nossos clubes "dos fundos" recebem pouco mais de 1 milhão de euros da empresa de Joaquim Oliveira e não há expectativa alguma em relação a aumentos substanciais. Ou seja, continua a cavar-se o fosso entre as nossas equipas e as grandes ligas europeis, sendo cada vez mais um milagre o facto de o FC Porto continuar na alta roda do futebol europeu. Um clube cujas receitas anuais foram no último exercício de 81,4 milhões de euros, por contraste com 276,2 milhões de euros conseguidos pelo Manchester United. Convenhamos, aqui a diferença não é tão pronunciada como nos direitos televisivos mas continua a ser muita fruta.
Fonte: Futebol e Negócios

14 comentários:

carla disse...

É verdade, convenhamos, mas o MU só ultrapassa o FCPorto por estar em Manchester, Inglaterra, onde a disparidade entre ricos e pobres não se aproxima da que temos, fruto de uma tradição religiosa e política à portuguesa...

isto, enfim, mais pa chamar atenção á foto, acima, em que estou em grande pose, uma vez mais, desde já aqui há uns tempos.

granadeiro disse...

Joaquim Oliveira em queda livre

Controlinveste deixa de ter participação qualificada na PT


A Controlinveste Comunicações vendeu 200 mil acções da Portugal Telecom (PT) na passada sexta-feira, deixando assim de ter uma participação qualificada na empresa. De acordo com um comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a participação da empresa detida por Joaquim Oliveira na PT passou a ser constituída por 20.421.247 acções, o que representa 1,99% do capital social e dos direitos de voto da empresa.

in "Meios e Pubicidade"

Visigordo disse...

Terminaste em grande, continua a ser muita fruta.
Muita fruta para o Sporting que não a pagou e o Porto continuou a pagar durante anos e foi acesso atrás de acesso à champions, e o dinheiro sempre a entrar, e os campeonatos à base da fruta, tammbém tinham café com leite, e etc. etc. etc., e hoje em dia é o que se vê. Sem os constantes acessos à champions, onde é o que o Porto tinha capacidade para ir buscar um Lucho? Um Lizandro? Um Quaresma?

Anónimo disse...

Então mas agora retiram posts anteriormente colocados? censura? ou arrependeu-se de mostrar a palhaçada e a quem está entregue o futebol na TVI... acho sinceramente que devia pelo menos explicar porque retirou o video... é uma falta de respetio pelos leitores, que penso serem a razão da existência deste blog... para quem não viu:
http://youtube.com/watch?v=Ecv7wtn4AP0

nandao disse...

http://www.esporteinterativo.com.br/noticias/index.asp?Id_Noticia=1024

Cala a boca. disse...

Mas porque não comparas com o slb? Deixa em paz o clube de que não gostas.

Mr. Shankly disse...

"um milagre o facto de o FC Porto continuar na alta roda do futebol europeu","continua a ser muita fruta"

Anónimo disse...

Agora vai perguntar aos Presidentes dos clubes "dos fundos" se eles querem mudar o modelo competitivo de modo a termos jogos mais atractivos que possam justificar aumento de receitas... Vais ver o que te dizem e é por isso que todos se vão afundando (até porque os mais fortes também parecem não perceber!)

Nota: Os 81 milhões justificam-se pelos 26,4 milhões de mais valias nas transferências. Se os tirares ficas com 55 milhões e é esse o número que deves comparar com os 276,2. É que se o Manchester vendesse o Ronaldo ou o Rooney ou o Ferdinand ou ... também chegava aos 300 milhões.

Os direitos televisivos são o "busilis da questão" do futebol europeu, só que por cá ninguém parece querer perceber! É que a culpa não é, como alguns parecem querer fazer parecer, da habilidade negocial do Oliveira. A culpa é o nosso futebol que, pela dimensão do país, vale pouco.

Anónimo disse...

Ó Eugénio... o título do post abaixo é que é aqui em cima....certo?

Anónimo disse...

se esses 200 milhoes de receitas fossem divididos, de uma forma justa, talvez se comecasse a ver melhores resultados das equipas mais pequenas, é de realçar que em inglaterra, o ultimo classificado, que desce de divisão portanto, acaba por receber sensivelmente 30 a 40 milhoes de euros, por isso é que qualquer clube "rasca" em inglaterra paga balúrdios aos jogadores, ou porque é que o benny maccarthy quis ir para inglaterra jogar no blackburn, quando sabia que jogaria quase sempre na liga dos campeões pelo porto? Ou o rochembak que foi ganhar 250 000/mes para o middlesbrough, quem ganha neste jogo é o oliveirinha e os seus compinchas, o Porto, o Benfica e o Sporting, que são quem mais recebe, depois o resto leva 1 milhaozito e dão-se por satisfeitos, o mal é não cortarem definitivamentre com este tipo de subserviencia, o futebol em portugal nao vai passar disto enquanto nao se despacharem os vieiras os costas e os francos, que só olham para os seus umbigos e que se degladiam sobre quem é o maior, parece que só querem saber quem é o maior, se isto continua assim qualquer dia os 3
estarolas não tem adversarios porque lhes aconteceu a eles o que aconteceu ao farense e ao salgueiros...campeonatos competitivos com equipas com 3,5 milhoes de euros de orçamento contra equipas com orçamentos de 25/35/45 milhoes?

saunde disse...

As cheerleaders também contam.. vejam a foto..

Olheiro disse...

Gostei da parte final...muita fruta. Só assim consegui perceber a foto que ilustra o post e para a qual só me vem à cabeça essas 2 palavras...

Anónimo disse...

Antigamente é que era bom. Um clube protegido pelo estado, e cujo onze inicial se protegeu durante anos a fio. O seu melhor jogador foi impedido de sair do país, pelo facto do comandante supremo dizer que ele era património do estado. E na altura não havia fruta, nem calabotes, nem nada. E era tudo discutido entre dois clubes à beira de uma circular da capital. Era prático e barato. Bons tempos!...

Anónimo disse...

É milagre é o Benfica ter ficado à pouco tempo nos 20 mais ricos da Europa! Aki se vê a boa gestão financeira! Só ñ se ganham os campeonatos, pq o clube da fruta é a Norte!

P.S. nos últimos 2 anos o benfica tem feito mais ptos na Europa k as lagartixas do norte, mesmo ñ se apurando o ano passado para a 2ª fase da champions!