AGORA ESTOU AQUI

domingo, dezembro 16, 2007

Os últimos quatro (5) golos do FC Porto


Aproveitando o intervalo do jogo do Sporting nos Barreiros, jogo que estou a assistir para analisar no Jornal de Noticias, o trabalho da equipa de arbitragem chefiado por Jorge de Sousa, o melhor árbitro português da actualidade. O arbitro portuense é o que se encontra em melhor forma e o que menos vezes tem errado nas ultimas três épocas. Por muito que custe engolir a outras paragens a A.F. Porto volta a ter um dos melhores árbitros portugueses na sua estrutura. E neste intervalo recordei-me da Lei 11 Fora de Jogo, aquela que é considerada por muitos a mais difícil e a mais discutida. Nos últimos dois jogos do FC Porto, com o Besiktas de Istambul e o Vitória de Guimarães, aconteceu cinco lances todos inseridos na famosa Lei 11. Três árbitros assistentes decidiram correctamente em quatro lances. Eis aquilo que vi e escrevi no JN na 4 feira e hoje Domingo;
Liga do Campeões
12 Minutos de Jogo – Gritou-se golo no Dragão só que foi mal anulado por Fredik Nilson, pois Lisandro ainda tinha dois adversários entre si e a linha da baliza.
44 Minutos de Jogo – Golo Legal e bem analisada por F.Nilson a Lei do Fora de Jogo. Quando Tarik recebe a bola e quando a passa tinha dois adversários entre si e a linha de baliza.
62 Minutos de Jogo – Golo legal de Quaresma em linha com o penúltimo defensor sendo bem analisada a sua posição por Henrik Andren.
Liga Bwin
55 Minutos de Jogo – Golo legal e Tarik muito inteligente pois recuou no preciso momento para não ser apanhado em posição de fora de jogo
73 Minutos de Jogo – Mais um golo legal agora de Lisandro numa situação bem analisada por João Santos, pois todos os jogadores estavam em linha com o penúltimo defensor

5 comentários:

voyeur disse...

oh, quem sabe sabe
e não são botas como os
há aí que hão-de vir dar lições
a Leirós, que mais vezes vê o que eu
também vejo, equidistante, e mais não tem óculos

bigboss disse...

ora ainda bem que o vê até o Eugénio, como o sistema, sistema eterno, de antes e de agora, anda...

que vem da outra sinhora, tudo, já, ó Eugénio, a par de muita moença de inveja!...

bem_visto disse...

por í se vê o sistema

pois fosse o Benfica a pagar, assim, fosse o Sporting ou outro clube ao pé do Tajo, e tába a azáfama, magistrados e escutas de Lisboa, com mais algum apito de prata...

Sir disse...

Já se viu a parcialidade deste senhor, pela vontade que demonstra em justificar os golos do fcp.

PS: O golo do Tarik resulta de uma jogada em que a bola sai pela linha lateral e o árbitro deixa seguir. O segundo golo, do Lisandro, também é ilegal, pois este recebe a bola com a mão. O pior cego é aquele que não quer ver.

samueli disse...

"O pior cego é aquele que não quer ver."

tá erro, julgo eu, ó Eugénio, que na minha terra, que eu saiba, correcto era dezer:

O pior cego é o que num quer ber!

quanto ò mais, não comento mentiras, grandes nem pequenas, não é assim mesmo?, oh, pra quê?...