AGORA ESTOU AQUI

sexta-feira, dezembro 28, 2007

JORNAIS



MÉDIA DE VENDA EM BANCA DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2007 E PERÍODO HOMÓLOGO DE 2006

Jornais generalistas diários e semanários

CORREIO DA MANHÃ – 115 285 (2007) / 111 264 (2006)

EXPRESSO – 113 898 (2007) / 123 122 (2006)

JORNAL DE NOTÍCIAS – 89 223 (2007) / 93 801 (2006)

SOL – 45 379 (2007 – 39 edições) / 124 805 (2006 – 3 edições)PÚBLICO – 36 922 (2007) / 40 144 (2006)

24 HORAS – 34 869 (2007) / 41 402 (2007)

DIÁRIO DE NOTÍCIAS – 30 154 (2007) / 31 011 (2006)

Jornais desportivos

RECORD – 74 454 (2007) / 78 641 (2006)

O JOGO – 35 492 (2007) / 40 438 (2006)

Newsmagazines

VISÃO – 60 834 (2007) / 52 167 (2006)

SÁBADO – 51 360 (2007) / 40 882 (2006)

FOCUS – 14 794 (2007) / 14 451 (2006)


Fonte:APCT


Um breve comentário: "A Bola" continua a ser o único diário português que não se submete ao escrutínio da APCT mas as suas vendas andarão perto das do Record. Nota para os mais de 26 mil exemplares/dia que o CM vende acima do JN, durante muito anos o rei dos diários. O Público, apesar do lifting, continua a perder dramaticamente leitores e os 24 Horas apesar de se atirar para o chão também segue a derrapar. O DN tenta pelo menos suster a queda, o que é um esforço que se regista num ambiente depressivo onde continua a faltar golpe de asa e onde impera a lei do garrote nos orçamentos. Assim, não vamos lá...digo eu, que sou do tempo em que os trissemanários vendiam bem acima da casa dos 100 mil exemplares do por edição, como era o caso até da "Gazeta dos Desportos" à 4.ª feira (tiragem recorde de 208 mil exemplares, em 1993).

8 comentários:

Fico triste disse...

O que fizeram ao JN.Está visto, o que o povão quer é sangue!...

ze da povoa disse...

Não me parece curial estar a comparar o JN com o CM. Enquanto o JN é um jornal sério que trata os assuntos com honestidade, ainda que com falhas, o CM não passa de um pasquim direccionado exclusivamente para a população da capital da pedofilia, inventando umas notícia e deturpando outras, de forma a que caiam no agrado de quem as lê que também não é muito exigente e não está preocupado em conhecer a verdade.

Anónimo disse...

Saudades do Verão quente na Luz...

Anónimo disse...

A "Gazeta" tinha um timaço nessa altura. Por amor à camisola

dragao vila pouca disse...

Concordo com o Ze da povoa, comparar o JN com o jornalismo rasca, de vão de escada do C.da Manhã, só de uma cabeça como a tua.Se Portugal fosse um país a sério,onde quem é ofendido, vilipendiado, caluniado, com primeiras páginas que são autênticos assassinatos de carácter,que visam vender papel a quaquer preço...tivesse um justiça que verdadeiramente os defendesse e punisse este jornalismo de porcaria,obrigando-os a pagar chorudas indemnizações, para que o crime não compensasse, o teu muito querido C.M já tinha ido à falência.

nmarques disse...

Caro Eugénio:

Estaremos mesmo a falar de vendas em banca? Então não escreveste aqui que a "Sábado" já tinha ultrapassado a "Visão"?

afonso disse...

O JN sobe as vendas assim que O JOGO fechar...
Já faltou mais...

Paulo Querido disse...

Era uma grande equipa, a da GD desses tempos. Aliás, basta ver onde estão hoje.
Um abraço 1984/85 :)