AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, dezembro 17, 2007

GRANDE MELÃO

O nosso Ronaldo não conseguiu disfarçar o melão quando soube que ficou atrás de Kaká (indiscutivelmente o melhor jogador do ano) e de Messi. Nem o nosso Nuno Luz, da SIC, que acabo de ver a justificar o bronze de R7 com o facto de o seleccionador angolano, Oliveira Gonçalves, um dos melhores treinador que conheci, não ter votado no puto-maravilha da Madeira. Sou um admirador do futebol de Ronaldo há muito tempo mas acho justa esta eleição, o Aveiro tem ainda muito tempo para ser consagrado como o melhor do mundo. Não me importava nada era de ter estes três na minha equipa. Sempre queria ver se o Liedson jogava!

8 comentários:

Bigsousa disse...

Acho a vitória do Kaká natural. Já o segundo lugar do Messi é muito discutível.

Bruno Pinto disse...

Eu se tivesse jogado o que Ronaldo jogou em 2007 e ficasse atrás de dois jogadores que jogaram menos que ele, tb ficaria com um grande melão. O primeiro lugar do Kaká é injusto mas aceita-se. Já o segundo do Messi é uma autêntica vergonha. Enfim, nada de anormal neste tipo de prémios.

paixaodofutebol.blogspot.com (desculpem a publicidade!)

androctonvs disse...

Kaká bate no céu

O brasileiro Kaká, no pico da sua carreira, ganhou o prémio de Melhor Jogador do Mundo de 2007.

Compreende-se a sua vantagem perante um jogador mais novo, que ainda tem muito (mais) para mostrar (e dar) ao desporto-rei, Cristiano Ronaldo. Kaká ganhou títulos muito importantes este ano, consolidando o seu currículo, já de si rico, agraciado com títulos anteriores ao serviço da Selecção e do AC Milan. A sua regularidade em níveis no limiar da perfeição, a sua atitude sempre correcta de good-boy e o seu percurso justificam um prémio merecidíssimo. Em suma, o jogador tem o seu mérito, mas o contributo das suas equipas para o sucesso do jogador não pode ser ignorado.

O que foi dito acima para explicar, em parte, a distância entre o planeta Kaká e o planeta Ronaldo, no entanto, não pode ser dito para justificar a diferenciação entre os prémios do português e de Messi. São ambos jogadores excelentes, mas a tal "equipa de Messi" não esteve ao nível da "equipa de Ronaldo".
Ronaldo foi campeão em Inglaterra, teve um percurso notável na Champions, e ficou em quarto lugar no Mundial de 2006.
Messi não foi, sequer, figura de proa na curta caminhada da "selecção das pampas" na Alemanha, perdeu o campeonato para o Real Madrid e a Copa América para o Brasil. Trata-se de um jogador temível.

Lembro-me de certos sorrisos cínicos e comentários jocosos quando Ronaldo afirmou, ainda (mais) novo, que queria ser o melhor do Mundo. Já esteve mais longe. Para o ano, com um excelente Europeu às costas, falamos novamente.

-
Rui

ze da povoa disse...

Não vale a pena bater no ceguinho. Sabendo-se como estas escolhas são feitas, não há que admirar, até porque é justa a escolha do Káká (deixemo-nos de chauvinismos). Sobre o 2º. ou 3º. é que podemos questionar. Mas o CR é muito novo, continua em forma e vai ganhar este prémio várias vezes. Para já convém que mantenha o fair-play.

Tiago Pinto disse...

a mim não me preocupa o 1º lugar do kaká (apesar de ter feito menos do que o ronaldo, mas venceu a champions) o pior é ficar atrás de messi que deve ter-se penado todo para jogar metade dos jogos de ronaldo...

o problema não foi, como é óbvio, o treinador de angola, mas sim os treinadores europeus ressabiados com as maldades que ronaldo fez às suas equipas.

resumindo: inveja.


http://footballdependent.blogspot.com/

samueli disse...

...
mas claro ki
pra mim, pra mim,
era o minino ronaldo
ki ganhava... diz ele,
sabujo, o scolas sargento,
como si o minino não tivesse
lá seu tempo de sobra, prò
ano ou dipois, e kaká
não fosse tão bom,
pà milhò, além
de mais cota
e velho

mas são assim ,
sabujos, como esse que lá
dava o soco e falhou, só por difender
o minino... diz um sargento,
coisa mais vendida,
desonesta
e podre...

girtruds disse...

ó de resto, malta, se conceda que o kaká, além de milhò e mais celebrado, com o maior score de vitórias, c'um caray, é o mais bonito dos três, como de maioris dos soccers...

jeromias disse...

ai, ai, ronaldo
é mais peta, um salta
à bola que, lhe apanhe um
gajo o jeito, já não dá nada,
qual sargentão mal-feito,
que rende o zero, num
jogador de treta