AGORA ESTOU AQUI

domingo, dezembro 23, 2007

Como vi e analisei

Ontem no jogo Sporting - Paços de Ferreira houve três momentos do jogo, em que a equipa de arbitragem, teve que decidir.

09 Minutos de Jogo – Golo ilegal, pois Cristiano quando recebeu a bola para cruzar para Edson encontrava-se em posição de fora de jogo
13 Minutos de Jogo – Grande penalidade por assinalar o defesa do Paços apoia-se e impede Vukcevic de saltar à bola
63 Minutos de Jogo – Grande penalidade bem assinalada e bem exibido o cartão vermelho a Peçanha. O toque anterior do defesa não é suficiente para rasteirar Vukcevic e Cosme Machado deixou prosseguir a jogada.

4 comentários:

Anónimo disse...

Escama Dragões
Ora cá está, depois de conhecido o relatórios dos observadores muda-se a análise e o comentário. Era assim a arbitragem no tempo deste sr e para infelicidade a nossa ainda restam alguns (muitos) como ele.

Saudações Leoninas

ps

para o dono do blogue gostava de saber onde foi parar o cv do justiceiro do Paulo Bento que ontem estava aqui escarrapachado ?
Será que foi ameaçado pelo guarda Abel?

Anónimo disse...

O Anónimo esta muito enganado. O que aconteceu é que espero que a minha opinião seja publicada no Jornal. É uma questão de educação e de correcção.
José Leirós

Bola furada disse...

O primeiro toque no Vukcevic só não foi suficiente para o derrubar porque ele é duma escola com outra mentalidade, a mesma dos ingleses ou dos alemães que procuram antes de mais ganhar o lance, porque se o gajo fosse sul americano, especialmente brasileiro, ou africano ou português mal sentisse o vento ou visse a sombra do adversário atirava-se logo para o chão a rebolar-se e a gritar penalti! Já vi muitos penaltis por muitíssimo menos...

ATIRADOR ESPECIAL disse...

Ò leirós vai dar banho ao cão !!!