AGORA ESTOU AQUI

sexta-feira, dezembro 21, 2007

Caso em Estudo?


Pedro Henriques árbitro de Lisboa, continua a não convencer.
No passado, a sua grande lacuna era no critério técnico.
No presente, evoluiu negativamente para a falta de critério uniforme nas acções disciplinares.
É caso para dizer que uniforme só a farda que usa no dia a dia.
E razão começa a ter Vitor Pereira, quando o considerou um study case.

53 Minutos de Jogo – Filipe rasteirou Mariano Gonzalez.
Pedro Henriques assinalou a falta e exibiu correctamente o cartão amarelo a Filipe, tendo reiniciado o jogo com o pontapé livre directo favorável ao FC Porto.
Terá sido uma decisão acertada do árbitro?
A falta foi cometida:
a) dentro da área?
b) em cima da linha da área de grande penalidade?
c) ou fora da área?
Deveria ou não ter sido assinalado um pontapé da marca de grande penalidade?
Podem ler daqui a cerca de seis horas a minha opinião no Jornal de Noticias

22 comentários:

Anónimo disse...

Você vem para aqui fazer PUB em vez de se meter a escrever.

Faça um favor ao blog - escreva.

Anónimo disse...

todos os adeptos do fcp dirão que foi penalty; qual é a novidade?

Anónimo disse...

d) foi falta?

KOSTA DE ALHABAITE disse...

Penalty claro; tenho a forte convicção que se fosse na área do Porto era marcado, assim, já é um filme visto e gasto. Mas deixe que lhe diga, que é uma derrota cruel para os adversários do Porto: cruel porque lhes dá esperança...

Anónimo disse...

A justificação de uma derrota invocando uma falta duvidosa é desculpa de mau pagador. Qual é o problema de perder? Não foi Jesualdo que disse que as vitórias já não tinham sabor? Aproveite esta derrota, sabor há-de ter, nem que seja amargo.

Anónimo disse...

Esperança em quê?

Anónimo disse...

Esperança em quê?

Anónimo disse...

dá pra ver que já bebeste muito café com leite.....

Anónimo disse...

d) não foi falta...

Ou melhor a falta foi meter uma nulidade daquelas a jogar!

Sir disse...

Cá está mais uma reafirmação do seu portismo. Eugénio, porque é que não dás antes alojamento a um sem-abrigo? É que este só vem para aqui publicitar o seu jornal...

César disse...

Ridiculo! É como classifico estes textos. Primeiro vemos vaticinar que Olegário poderia ter sido mais que 4ª àrbitro no Europeu, e depois o mesmo autor queixa-se de Pedro Henriques. Até ver Pedro Proença e Pedro Henriques são destacamanente os melhores árbitros Portugues. Deve agradar ao autor um célebre golo não validado num Benfica - Porto (que diga-se em abono da verdade foi de menor responsabilidade de Olegário que do fiscal). Faço este comentário sem ver à partida o lance, nem o jogo em questão...

amigo zé disse...

esperança de que o quaresma não jogue mais para mostrar aos da "invicta" que precisam de um mouro preto para ganhar o que quer que seja...

emot disse...

Eu mantenho a firme convicção que Pedro Henriques é, actualmente, o melhor árbitro português.

ze da povoa disse...

Na altura não tive qualquer dúvida de que era penalti. PH teve receio e na dúvida prejudicou o FCP.
Todavia, há que dizer que não foi por isso que o FCP perdeu. Perdeu porque não jogou o suficiente e jogar com Postiga é o mesmo que jogar só com 10.

Filipe disse...

em primeiro lugar gostaria de dizer o obvio: que espectaculo de blog!!
em segundo gostaria de dar publicidade ao meu blog: www.romanticfootball.blogspot.com

di martin disse...

uns falam sem ver o lance, são livres, como eu, depois ver nas tvês (ou não?) o lance, que é penalti óbvio, of course, mas, fraco ou encarnado, o árbitro anda a dormir ca carola ou a mando da morgado

dragao vila pouca disse...

Zé,já li o teu comentário no J.N.e concordo em absoluto: foi penalti claro, mas o P.H.parece que não gosta de marcar grandes-penalidades.Duas perguntas: tu que conheces o Jorge Azia Coroado, sabes explicar o porquê de tanto ódio ao F.C.Porto? Sabes se existe alguma norma interna do C.de Arbitragem, que proíba a marcação de penaltis a favor do F.C.P.?
Também acho mal que o Jesualdo, crítique o arbitro, mas o treinador do F.C.Porto comparado com o P.Bento é um menino de coro.
Um abraço

dragao vila pouca disse...

Zé, vi a tua análise no J.N. e concordo com ela.Foi penalti claro, mas, o homem não gosta de marcar, que havemos de fazer?
Tenho duas perguntas para te fazer:tu que és amigo do Jorge Azia Coroado, sabes a razão de tanta raiva ao F.C.P.? Sabes se existe alguma norma da C.Arbitragem que proíba a marcação de penaltis a favor do F.C.P.?É óbvio que estou a ironizar, mas lá que parece, parece!
Um abraço

Anónimo disse...

prendas de Natal.

Anónimo disse...

A dor de corno é grande de gentinha que detesta os arbitros.
Enfim parolos que nem merecem viver pois nem a sua vida conseguem conter.Frustados..
Gonçalo - Senhora da Hora

ÁGUIA REAL disse...

José Leirós

Pedro Henriques,por erro de visão,tem uma falha clamorosa.
Deveria ter exibido o cartão amarelo, ao jogador que o tentou enganar e marcar a respectiva falta a favor, e não contra o Nacional.
Só você terá certeza absoluta, de que-isto faz-me lembrar alguém-não houve simulação por parte do jogador do FCP.
Não é com essa propaganda que me leva a ler o JN,garanto-lho eu.

ANNTÓNNIO disse...

GONÇALO

Olha lá rapazelho, em vez de me convidares a ir à SENHORA DA HORA,por que não me convidas a passar uma HORA com a tua SENHORA.