AGORA ESTOU AQUI

domingo, dezembro 30, 2007

ESTE HOMEM É UM MISTER


Sempre me surpreendeu o facto de Humberto Coelho ser praticamente esquecido quando se fala na sucessão de Luis Felipe Scolari. O antigo capitão do Benfica foi um dos treinadores com mais classe que conheci, um verdadeiro gentleman que sabe muito, mas muito mesmo, de futebol. Os números a seguir expostos, compilados pelo José Guilherme, mestre desta arte, confirmam apenas aquilo de que eu já suspeitava: Humberto Coelho é uma mais valia que o futebol português desperdiça.

Rendimento JOGOS VITÓRIAS EMPATES DERROTAS GM GS Pts
Luz Afonso 80,00% 20 15 2 3 41-16 32
Humberto Coelho 75,00% 24 16 4 4 56-16 36
José Augusto 73,33% 15 9 4 2 29-12 22
Felipe Scolari 71,64% 67 39 18 10 133-52 96
António Oliveira 70,45% 44 26 10 8 102-40 62
Artur Jorge 65,00% 20 9 8 3 24-11 26
Carlos Queirós 60,87% 23 8 5 8 4 2 28-14 28
"Juca" 53,75% 40 17 9 14 53-51 43


VER mais no indispensável http://recordesdabola.blogspot.com/

8 comentários:

Anónimo disse...

E o Mourinho nao ninguém ?? foi o melhor

zé carlos disse...

alguém com o currículo nacional e internacional do humberto, no que diz respeito todo o tipo de títulos e conquistas é quase ímpar no panorama dos treinadores de futebol profissionais em Portugal...
é quase todos os outros ganharam qualquer coisita, por mais insignificante que seja!

Dragão Maronês disse...

O único treinador objecto de uma chicotada psicológica ao contrário.
Explicando:
Há uns anos, quando esta sumidade treinava o Sp. de Braga as coisas por lá não corriam nada bem. Para ser exacto corriam mesmo muito mal. Pois o que acontece normalmente nestas situações é correr com o treinador, mas em Braga como gostavam de ser originais correram com uma "catrefada" enorme de jogadores porque o mal não podia ser do treinador que trazia o selo de garantia do estádio da Luz, e todos sabemos como em Braga se apreciava e aprecia os produtos com esta denominação de origem. Passado pouco tempo, lá tiveram que fazer aquilo que deveriam ter feito logo de principio, correr com o Humberto
que tal como o Eusébio, não parece ter nascido para treinador.
É verdade que, depois disso, até nem faz um mau trabalho selecção, pelo que continuo a ter muitas dúvidas que se trate de um bom treinador.
O facto de ter sido um grande jogador quer dizer isso mesmo, mas só isso.

ze da povoa disse...

Ora aqui está um homem do futebol que admiro, apesar de ligado a um clube que detesto, que, não se sabe bem porquê, está sempre arredado das hipóteses de chegar a seleccionador nacional. Quando lá esteve fez bom trabalho, mas se calhar não "vai à bola" com o Madail?

Desconfiado disse...

Àh Geninho, já me parece demais. Porque não acrescentas ao currículo a passagem pelo Salgueiros?

voualiejavolto disse...

Como era de esperar, não foi publicado um post em que se perguntava quem era o luz afonso, que equipas tinha treinado. São questões cujas respostas são incómodas, concordo. Mas porque não referir Oto Glória, que esse sim, treinou a nossa selecção que alcançou o 3º lugar em Inglaterra?

Roger Gomez disse...

Óh Eugénio, então não te recordas que o Humberto foi vítima de uma campanha miserável pelos directores de O JOGO para que cedesse o lugar de seleccionador ao António Oliveira, o "patrão" desses jornaleiros?

Anónimo disse...

O Humberto é um bluff. Entrou na selecção graças a uma cunha de Miranda Calha quando Toni tinha sido o escolhido.
Depois, no Europeu, só podia fazer boa figura, tão boa era a equipa.
Mas Madaíl não foi na conversa e não lhe renovou antecipadamente o contrato como Humberto queria.
Se fosse bom já teria treinado o Benfica onde, pelos vistos, ninguém o quer, talvez por o conhecerem.
Ele anda há décadas a fazer-se a qualquer lugar, treinador, director técnico, até presidente.
Aliás, por algum motivo nenhum clube português o quis...